O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Factos do Porto - Milan

Porto e Milan defrontam-se pela primeira vez em 18 anos numa altura em que ambas as equipas procuram recuperar terreno no Grupo B.

Gennaro Gattuso e Deco (à direita) no mais recente confronto entre o Porto e o Milan na  decisão da Supertaça Europeia, em 2003, no Stade Louis II, no Mónaco
Gennaro Gattuso e Deco (à direita) no mais recente confronto entre o Porto e o Milan na decisão da Supertaça Europeia, em 2003, no Stade Louis II, no Mónaco Icon Sport via Getty Images

Porto e Milan defrontam-se pela primeira vez em 18 anos e numa altura em que ambas as equipas precisam de recuperar terreno no Grupo B, embora a história favoreça o clube italiano, pois nunca perdeu em oito anteriores visitas a Portugal.

• Ambas perderam em casa na segunda jornada, o Porto por 5-1 com o líder Liverpool e o Milan por 2-1 diante do Atlético. Estes resultados deixaram a equipa italiana no último lugar do agrupamento, uma vez que foi derrotada por 3-2 em Anfield na primeira jornada, quando o Porto somou o seu único ponto graças ao empate a zero no terreno do Atleti.

Confrontos anteriores
• As duas equipas enfrentaram-se nove vezes anteriormente, mais recentemente na Supertaça Europeia de 2003, quando Andriy Shevchenko (10), do Milan, marcou o único golo no Stade Louis II, no Mónaco.

• Essa foi a quarta vitória do Milan sobre o Porto, três das quais aconteceram na fase de grupos da UEFA Champions League. No entanto, da última vez que se defrontaram nesta competição, em 1996/97, o Porto recuperou de duas desvantagens para vencer por 3-2, em San Siro, graças a um golo de Mário Jardel aos 82 minutos, o seu segundo no jogo, antes do empate 1-1, em Portugal. O actual treinador do Porto, Sérgio Conceição, alinhou nos dois jogos.

• O Milan levou a melhor sobre o Porto na fase de grupos em 1992/93, altura em que ganhou por 1-0 fora e em casa, e em 1993/94 (3-0 c, 0-0 f), tendo atingido a final em cada uma das ocasiões e erguido o troféu na última.

• O único outro triunfo do Porto sobre o Milan aconteceu no primeiro embate entre as equipas, na primeira eliminatória da Taça dos Campeões de 1979/80, quando Duda marcou, na segunda mão, em San Siro, o único golo dos dois jogos.

• O Milan nunca perdeu no Porto, onde o seu registo é de V1 E3 e sofreu apenas um golo.

Resumo: Porto 1-5 Liverpool

Guia de forma
Porto
• Esta é a 25ª campanha do Porto na fase de grupos da UEFA Champions League, menos uma apenas do que Real Madrid e Barcelona (ambos com 26).

• A equipa portuguesa qualificou-se para os oitavos-de-final nas quatro últimas campanhas na fase de grupos.

• Em 2020/21, o Porto foi segundo no Grupo C, atrás do Manchester City e à frente de Olympiacos e Marselha. Os “dragões” perderam por 3-1 na estreia em Manchester, mas depois não sofreram mais nenhuma derrota, nem mais golos, nos cinco desafios seguintes (4V 1E).

• Nos oitavos-de-final, o Porto bateu por 2-1 a Juventus na primeira mão em Portugal e apurou-se devido aos golos apontados fora após uma derrota no prolongamento em Turim, por 3-2, com Sérgio Oliveira a ser decisivo ao marcar de livre aos 115 minutos – o seu segundo tento no jogo.

• Os dois jogos dos quartos-de-final com o Chelsea foram disputados em Sevilha; o clube inglês venceu a primeira mão por 2-0 e seguiu em frente apesar de ter sido batido por 1-0 na segunda mão.

• O Porto terminou no segundo lugar da Liga portuguesa em 2020/21, a cinco pontos do campeão Sporting.

• O Porto perdeu sete dos últimos 16 jogos na UEFA Champions League, contando a partir da fase de grupos (V7 E2), mas venceu sete das oito partidas em casa na fase de grupos da competição, tendo empatado o outro encontro, antes de perder com o Liverpool.

• A derrota diante da Juventus, por 2-0, na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2016/17 é a única do Porto nos últimos dez jogos em casa frente a visitantes italianos (V5 E4), tendo ganho os últimos dois.

Resumo: Milan 1-2 Atlético

Milan
• Vencedor da Taça dos Campeões Europeus em sete ocasiões, o Milan está presente na fase de grupos pela primeira vez desde 2013/14. Esta é a 18ª ocasião em que participa, menos quatro do que o recorde italiano de 22 da Juventus.

• O Milan chegou à fase a eliminar nas suas 11 campanhas mais recentes na UEFA Champions League, embora cinco das últimas seis tenham terminado nos oitavos-de-final.

• Os "rossoneri" foram derrotados pelo Atlético nos oitavos-de-final de 2013/14 (0-1 c, 1-4 f) e terminaram em segundo lugar no seu grupo, atrás do Barcelona, com nove pontos em seis jogos.

• O Milan participou nas competições europeias apenas três vezes desde essa derrota em 2014 com o Atlético, todas na UEFA Europa League. Chegou aos oitavos-de-final em 2017/18, tendo sido eliminado pelo Arsenal (0-2 c, 1-3 f), antes de não conseguir ultrapassar a fase de grupos na época seguinte.

• Em 2020/21, a equipa de Stefano Pioli terminou em primeiro no Grupo H com 13 pontos, à frente de LOSC Lille, Sparta Praga e Celtic, antes de eliminar o Estrela Vermelha devido à regra dos golos fora nos oitavos-de-final (2-2 f, 1-1 c). Mais uma vez, não conseguiu levar a melhor contra um adversário inglês nos oitavos-de-final e foi eliminado pelo Manchester United por 2-1 no total (1-1 f, 0-1 c).

• Os "rossoneri" perderam os últimos quatro jogos da UEFA Champions League e somaram uma vitória nos últimos nove jogos na competição (D3 L5). Uma vitória por 3-0 no terreno do Celtic, na quinta jornada de 2013/14, é a única vitória nos últimos seis jogos fora, da fase de grupos até à final (D1 L4).

• O Milan é a única equipa italiana com mais do que um título na UEFA Champions League, tendo triunfado em 1994, 2003 e 2007. Também foi finalista derrotado em 1993, 1995 e 2005, mas não chega aos quartos-de-final desde 2011/12.

• Os "rossoneri" visitaram Portugal pela última vez na época passada, no "play-off" da UEFA Europa League, vencendo um épico desempate por penáltis frente ao Rio Ave por 9-8, após empate a dois golos tendo alcançado o segundo tento já nos descontos, através de penálti. Alexis Saelemaekers converteu a primeiro tentativa dos milaneses, seguindo-se Ismaël Bennacer, Simon Kjær, Theo Hernández, Brahim Díaz, Davide Calabria, Sandro Tonali, Rafael Leão e novamente Kjær, que decidiu o duelo. Bennacer também dispôs de duas grandes penalidades mas falhou a segunda.

• Foi o sexto empate consecutivo do Milan em Portugal, onde nunca perdeu (V1 E7).

• Dois dos sete triunfos do Milan na Taça dos Campeões Europeus foram frente ao Benfica, arqui-rival do Porto, em Londres em (1963, 2-1) e Viena (1990, 1-0).

Ligações e curiosidades
• Sérgio Conceição, treinador do Porto, jogou na Serie A ao serviço de Lazio (1998-2000 e 2003/04), Parma (2000/01) e Inter (2001-03). Ganhou a Taça das Taças de 1998/99 com a Lazio, seguindo-se a Serie A e a Taça de Itália na época seguinte, esta última novamente ganha aquando da sua passagem em 2003/04. O seu registo frente ao Milan foi: V3 E6 D2.

• Sérgio Conceição foi titular nas duas mãos das meias-finais da UEFA Champions League de 2002/03, com o Inter a ser eliminado frente ao Milan (0-0 f, 1-1 c).

• Rui Barros, treinador-adjunto de Sérgio Conceição, jogou em Itália ao serviço da Juventus, entre 1988 e 1990.

• Já jogou em Portugal:
Rafael Leão (Sporting CP 2008–18)

• O único golo de Rafael Leão no campeonato português em três jogos pela equipa principal do Sporting aconteceu na derrota por 2-1 no terreno do Porto, a 2 de março de 2018. Marcou a Diogo Costa na vitória do Sporting B sobre o Porto B por 3-0, a 2 de Dezembro de 2017.

• Já jogou em Itália:
Iván Marcano (Roma 2018/19)

• Jogaram juntos:
Iván Marcano e Alessandro Florenzi (Roma 2018/19)

• Colegas de selecção:
João Mário, Vitinha, Fábio Vieira, Francisco Conceição e Rafael Leão (Portugal Under-21)
Diogo Costa e Rafael Leão (Portugal Sub-16, Sub-17, Sub-19 e Sub-21)

• Brahim Díaz marcou a Diogo Costa na final do Campeonato da Europa Sub-17 da UEFA de 2016, ganho pela selecção lusa. A partida terminou empatada a um golo e Portugal superiorizou-se nos penáltis, apesar de Díaz ter convertido a sua tentativa.

• Pepe e Olivier Giroud foram titulares na final do UEFA EURO 2016, com Portugal a bater a França por 1-0 em Saint-Denis.

• O mexicano Jesús Corona e o argelino Ismaël Bennacer marcaram no empate a dois golos num amigável realizado a 13 de Outubro de 2020.

Últimas notícias 

Porto
• A próxima presença de Jesús Corona nas competições de clubes da UEFA será a sua 50ª.

• O Porto venceu fora na sexta-feira o Sintrense (do Campeonato de Portugal) na terceira eliminatória da Taça de Portugal, com Sérgio Oliveira e Evanilson a bisarem. Foi a segunda vez que os Dragões marcaram cinco golo nos seus cinco últimos jogos.

• O FC Porto continua invicto na Liga portuguesa desta temporada (6V 2E), tendo marcado 18 golos e sofrido apenas cinco em oito jogos.

• A vitória em casa por 2-1 sobre o Paços de Ferreira, a 2 de Outubro, aumentou a invencibilidade do FC Porto no campeonato português para 36 jogos (27V 9E).

• Wendell, que foi contratado neste Verão, marcou o golo da vitória nesse jogo, o seu primeiro golo no FC Porto, depois de Luis Díaz ter apontado o seu sexto golo no campeonato esta época.

• Díaz é agora o melhor marcador da Liga portuguesa esta temporada.

• Pepe regressou à acção nesse jogo com o Paços de Ferreira, depois de uma lesão na perna sofrida frente ao Atlético, na primeira jornada da fase de grupos da UEFA Champions League.

• O jovem guarda-redes Diogo Costa estreou-se pela selecção principal no triunfo de Portugal, por 3-0, num amigável frente ao Qatar, a 9 de Outubro.

• Fábio Vieira e Francisco Conceição marcaram, ambos, na vitória de Portugal por 11-0 sobre o Liechtenstein na fase de qualificação do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2023, a 7 de Outubro, com João Mário também em campo.

• Um golo de Mehdi Taremi deu ao Irão uma vitória por 1-0 sobre os Emirados Árabes Unidos na qualificação para o Mundial de 2022, a 7 de Outubro.

• Chancel Mbemba lesionou-se durante a derrota da República Democrática do Congo, por 1-0, fora de casa, frente a Madagáscar, a 7 de Outubro, e deverá ficar afastado dos relvados por quinze dias.

• Otávio regressou na sexta-feira, sendo que não jogava desde que se lesionou frente ao Liverpool, na segunda jornada da fase de grupos da UEFA Champions League.

• O guarda-redes Agustín Marchesín foi operado ao joelho direito a 19 de Agosto e també regressou à acção na sexta-feira, tendo mesmo alinhado durante os 90 minutos.

• Diogo Costa foi eleito o melhor guarda-redes do campeonato português em Setembro.

• Sérgio Oliveira foi eleito jogador do ano do FC Porto e Francisco Conceição foi eleito revelação do ano na cerimónia dos Dragões de Ouro.

• Pepe tornou-se no jogador mais velho a disputar uma partida oficial pelo FC Porto na primeira jornada da Liga portuguesa desta época. O capitão dos "dragões" tinha 38 anos e 163 dias quando derrotou o Belenenses, a 8 de agosto, superando o recorde do antigo guarda-redes Silvino.

• A vitória sobre o Paços de Ferreira foi a 36ª partida consecutiva de Sérgio Conceição na Liga portuguesa sem derrotas ao leme do FC Porto; trata-se da terceira série mais longa de um treinador do Porto, apenas superada por Bobby Robson (53 jogos) e Vítor Pereira (43).

Milan• O Milan reagiu à derrota em casa contra o Atlético de Madrid com uma vitória por 3-2 para a Serie A sobre o Atalanta, outra equipa em prova na UEFA Champions League, a 3 de Outubro.

• Esse mesmo desfecho permitiu ao Milan voltar a vencer no sábado, quando os Rossoneri deram a volta a uma desvantagem de dois golos ao intervalo para levarem a melhor sobre o Verona em San Siro.

• O Milan somou 22 pontos em 24 possíveis nas primeiras oito jornadas da Serie A. É o seu melhor arranque de temporada desde 2003/04, época em que conquistou o "scudetto".

• Olivier Giroud marcou o primeiro golo do Milan no sábado, naquele que foi o seu terceiro tento nos seus quatro últimos jogos no campeonato, com Franck Kessié a estrear-se a marcar esta temporada para fazer o 2-2, antes de um autogolo decidir a contenda.

• Davide Calabria abriu o marcador em Atalanta logo aos 28 segundos, naquele que foi o golo mais rápido do Milan desde que Rafael Leão marcou com apenas seis segundos de jogo na vitória por 2-1 sobre o Sassuolo, em 20 de dezembro de 2020.

• Sandro Tonali também marcou frente à Atalanta e soma dois golos em oito jogos na Serie A esta temporada - tinha marcado um nos seus 60 jogos na prova antes de 2021/22.

• Simon Kjær marcou um penálti na vitória da Dinamarca por 4-0 na Moldávia, a 9 de Outubro, e disputou ainda os 90 minutos no triunfo caseiro por 1-0 sobre a Áustria, três dias depois, que garantiu aos dinamarqueses um lugar no Mundial de 2022.

• Kessié também marcou de penálti, pela Costa do Marfim, na vitória por 2-1 sobre o Malawi, a 11 de Outubro.

• Theo Hernández marcou o golo da vitória da França, por 3-2, sobre a Bélgica, na meia-final da UEFA Nations League, a 7 de Outubro - o seu primeiro golo internacional apenas na sua segunda chamada à selecção - e depois deu início ao golo da vitória de Kylian Mbappé na final contra a Espanha (2-1) três dias depois. Não joga desde então devido a doença.*

• Rafael Leão estreou-se pela selecção de Portugal no triunfo por 3-0 num amigável frente ao Qatar, a 9 de Outubro.

• Suplente na derrota da Itália nas meias-finais da UEFA Nations League, por 2-1, frente à Espanha, em San Siro, a 6 de Outubro, Calábria deixou a sua selecção antes da vitória no jogo de atribuição do terceiro lugar sobre a Bélgica devido a uma lesão numa coxa, mas jogou os 90 minutos pelo Milan, no sábado.

• Zlatan Ibrahimović, que fez 40 anos a 3 de Outubro, jogou os últimos 13 minutos no sábado, isto depois de ter estado afastado dos relvados devido a uma lesão num calcanhar de Aquiles. O avançado sueco tinha jogado apenas 30 minutos esta temporada, como suplente utilizado, na vitória por 2-0 em casa sobre a Lazio, a 12 de Setembro, marcando o segundo golo do Milan nesse jogo.

• Tiémoué Bakayoko não joga desde que sofreu uma lesão num calcanhar de Aquiles nessa recepção à Lazio.

• Alessandro Florenzi deve ficar fora por cerca de um mês após ter sido submetido a uma cirurgia artroscópica num joelho a 1 de Outubro.

• O guarda-redes Mike Maignan foi submetido a uma cirurgia para resolver um problema recorrente no pulso esquerdo.

• Daniel Maldini, que celebrou o seu 20º aniversário a 11 de Outubro, regressou da selecção italiana de Sub-20 com uma lesão no joelho, mas foi titular pelo Milan no sábado, ainda que tivesse sido substituído ao intervalo.

• Ante Rebić saiu aos 36 minutos do jogo do fim-de-semana ante o Verona, devido a uma lesão muscular.

• O capitão da Dinamarca, Kjær, e a equipa médica dinamarquesa, cuja rápida reacção e experiência salvaram a vida de Christian Eriksen no UEFA EURO 2020, foram agraciados com o prémio do Presidente da UEFA 2021 em Istambul, a 26 de Agosto.

• Kjær está na lista de 30 finalistas para a Bola de Ouro, com o vencedor a ser anunciado a 29 de Novembro.