O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Mauricio Pochettino sobre Lionel Messi, Sergio Ramos, Gianluigi Donnarumma, Georginio Wijnaldum e Achraf Hakimi

O treinador argentino do Paris Saint-Germain falou com o UEFA.com sobre grandes as contratações da sua equipa neste Verão.

Mauricio Pochettino observa os seus novos jogadores durante um treino
Mauricio Pochettino observa os seus novos jogadores durante um treino AFP via Getty Images

Contratado como treinador do Paris Saint-Germain em Janeiro de 2021, Mauricio Pochettino conduziu o clube da capital francesa até às meias-finais da UEFA Champions League na temporada passada, acabando afastado pelo Manchester City.

A pressão cresceu ainda mais para o técnico de 49 anos, com as estrelas contratadas no verão para reforçar o plantel, mas o argentino - que também representou o Paris como jogador, na década de 2000 - garantiu ao UEFA.com estar pronto para o desafio e falou dos seus novos jogadores.

Jogue no Fantasy Football!

Sobre Lionel Messi

Veja os 120 golos de Messi na Champions League pelo Barça
Veja os 120 golos de Messi na Champions League pelo Barça

Posso não ser a pessoa mais adequada para o descrever. Existem muito mais pessoas com um vocabulário mais amplo para falar dele como ele merece. Leo será sempre considerado um dos melhores do mundo. Desde que chegou, adaptou-se muito rápido e tem treinado muito bem, tentando chegar ao seu nível o mais rápido possível para poder competir da melhor forma.

Não achei que fosse possível [que ele assinasse por nós], e quando uma oportunidade destas aparece e tudo acontece tão rápido como aconteceu, demoramos a processá-la. No entanto, existe essa ligação: somos ambos argentinos, ambos apoiamos os Newell's [Old Boys], ambos viemos de Rosário. Eu também o admiro há muito tempo, mesmo quando o enfrentava como adversário, então tê-lo a treinar agora às minhas ordens é muito bom. Esperamos que, juntos, possamos alcançar o que o clube deseja.

Sobre Sergio Ramos

Achraf Hakimi, Georginio Wijnaldum, Gianluigi Donnarumma, Sergio Ramos e Lionel Messi mostram-se aos adeptos do Paris
Achraf Hakimi, Georginio Wijnaldum, Gianluigi Donnarumma, Sergio Ramos e Lionel Messi mostram-se aos adeptos do ParisGetty Images

O Sergio também é um jogador que acreditamos que possa transmitir experiência e competitividade. É um jogador que também ganhou tudo, tal como o Leo. É bom tê-lo no clube, por tudo o que ele pode partilhar com os companheiros, sobretudo toda a experiência que adquiriu no Real Madrid.

On Georginio Wijnaldum

É capitão da seleção holandesa, ganhou tudo em Liverpool, mas ainda tem ainda muito para dar ao futebol. Pode jogar em várias posições, sempre com a mesma intensidade, conhecendo profundamente o jogo e conferindo sempre um elevado nível em termos de técnica e de força.

Sobre Gianluigi Donnarumma

Jogador do Torneio: Gianluigi Donnarumma
Jogador do Torneio: Gianluigi Donnarumma

Vimo-lo ser coroado como Melhor Jogador do EURO 2020 e ganhar o torneio com a Itália.. Acho que o perfil dele como guarda-redes e a sua ainda tenra idade o tornam num dos melhores do mundo na sua posição, certo?

Sobre Achraf Hakimi

Achraf é um jovem jogador que tenho acompanhado desde os meus tempos no Tottenham. Estávamos prestes a contratá-lo pelo Tottenham, mas depois ele foi jogar para o Dortmund. Tem uma grande capacidade de corrida e um potencial físico enorme. É jovem e está a amadurecer em termos defensivos, mas dá um grande contributo no ataque.

Sobre como irá formar a equipa

Ibrahimović, Pastore e Weah: Cinco grandes golos do Paris Saint-Germain
Ibrahimović, Pastore e Weah: Cinco grandes golos do Paris Saint-Germain

Achamos que todos os jogadores podem ser compatíveis e que podemos criar um grupo muito bom para trabalhar. Um grupo em que respeito será a palavra-chave.

Temos um grupo em que a maioria dos jogadores merece ser titular, mas infelizmente apenas 11 podem entrar de início. E quem não jogar terá de apoiar a equipa e trabalhar para poder jogar no jogo seguinte, mostrar que também tem nível para competir.

Sobre a Champions League

Trata-se de uma competição realmente imprevisível, mas uma das mais atraentes do mundo para disputar. No entanto, é preciso ter sorte para a vencer. Porque todas as equipas que lá participam são fortes, e em toda a Europa - Inglaterra, Espanha, Itália, até Alemanha e também França - foram feitos grandes investimentos para poder vencê-la.

Não há nada melhor do que fazer parte desta prova. Quando falamos sobre esta competição, lembramos que temos a responsabilidade, a pressão, mas que também temos a possibilidade de fazer parte da história, de viver essa experiência e vamos tentar desfrutar de tudo isso.

Baixe a app da Champions League