O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Fase de grupos da Champions League: conheça as equipas

Jogadores-chave, principais contratações, jovens a seguir: saiba tudo sobre as 32 equipas da fase de grupos de 2021/22.

Sporting, Porto e Benfica – os três representantes de Portugal –, além do Chelsea, detentor do título, estão entre as 32 equipas à procura de chegar à final da competição desta época, em São Petersburgo.

O UEFA.com traça o perfil de todos os participantes.

AC Milan

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 53
Como se qualificou: vice-campeão italiano
Época passada: oitavos-de-final da UEFA Europa League (D 1-2tot - Man. United)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1962/63, 1968/69, 1988/89, 1989/90, 1993/94, 2002/03, 2006/07)

Grandes golos do Milan na Europa League

Treinador: Stefano Pioli
Antigo defesa-central, Pioli conquistou toda a gente no Milan com a sua abordagem tranquila e descontraída. Os bons resultados, incluindo a qualificação para a Champions League após sete anos de espera e uma época em que levou os “rossoneri” a sonhar com o título da Serie A também ajudaram.

Jogador-chave: Zlatan Ibrahimović
Aos 39 anos, o avançado sueco continua em alta. Não só marcou 15 golos em 19 jogos da Serie A na época passada, como a presença e liderança ajudaram toda a equipa a melhorar. “Vemos o Zlatan e jogamos melhor", afirmou o lateral-direito Davide Calabria.

Principal contratação: Olivier Giroud
O Milan sentiu algumas dificuldades nos jogos em que Zlatan não esteve disponível na temporada transacta. A situação não deve acontecer agora graças à presença do experiente internacional francês, contratado ao Chelsea. E há também enorme expectativa de que Giroud e Ibrahimović podem fazer grandes coisas juntos. Experiência e talento certamente existem.

Jovem a seguir: Brahim Díaz
Quando Hakan Çalhanoğlu deixou o Milan e rumou ao rival Inter, o jogador espanhol, de 22 anos, ficou com número 10, num claro sinal da sua intenção em ter um papel mais proeminente esta época nos “rossoneri”, apesar de ter marcado apenas sete golos em 39 jogos em todas as competições na última época.

Sabia que...?
Apesar de ser a segunda equipa mais bem-sucedida na competição com sete triunfos, somente atrás do Real Madrid, o Milan não joga na Champions League desde 11 de Março de 2014, quando perdeu por 4-1 frente ao Atlético.

Ajax

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 17
Como se qualificou: campeão dos Países Baixos
Época passada: fase de grupos (terceiro lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1970/71, 1971/72, 1972/73, 1994/95)

Ajax brilha na Europa – veja todos os golos das suas vitórias em seis finais

Treinador: Erik ten Hag
Apesar da muita especulação sobre o seu futuro, o cobiçado treinador de 51 anos prolongou o contrato com o Ajax, em Julho, por mais um ano. Tendo já transformado o Ajax numa potência nos Países Baixos, Ten Hag fará questão de repetir os desempenhos na Europa que viram a sua equipa chegar perto da final da UEFA Champions League de 2018/19.

Jogador-chave: Dušan Tadić
As estatísticas do sérvio do Ajax são fenomenais: 78 golos e 71 assistências em 151 jogos. Jogando aberto no lado esquerdo ou como um falso nove, Tadić é extraordinariamente hábil a segurar a bola e a criar espaço para os companheiros explorarem, e o seu poder de finalização com os dois pés é normalmente também de excelência.

Principal contratação: Steven Berghuis
O extremo internacional holandês deu o passo invulgar de se transferir directamente do Feyenoord, rival do Ajax, mas a promessa de troféus e de jogar na UEFA Champions League era demasiado forte para resistir. A sua excelente capacidade de passe, para fazer cruzamentos e faro pelo golo vão tornar o ataque do Ajax ainda mais ameaçador.

Jovem a seguir: Ryan Gravenberch
O jovem de 19 anos tornou-se uma peça vital no meio-campo do Ajax na época passada, tendo participado em 47 jogos na Eredivisie, na taça e nas competições europeias. Gravenberch somou igualmente a primeira das suas sete internacionalizações pela selecção “laranja”. Este elegante, forte, inteligente e habilidoso produto da formação do Ajax tem tudo o que é preciso para chegar ao topo.

Sabia que...?
Este foi o primeiro Verão desde 2015 em que o Ajax não vendeu qualquer jogador da sua academia por menos 13 milhões de euros.

Atalanta

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 27
Como se qualificou: terceiro em Itália
Época passada: oitavos-de-final (D 1-4tot - Real Madrid)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: quartos-de-final (2019/20)

Cinco grandes golos da Atalanta

Treinador: Gian Piero Gasperini
O técnico de 63 anos é o cérebro por detrás dos excelentes resultados da Atalanta nos últimos anos, os quais incluem três terceiros lugres consecutivos na Serie A e a presença nos quartos-de-final da Champions League em 2020. "Defrontar a Atalanta de Gasperini é como ir ao dentista”, referiu uma vez Guardiola, treinador do o Manchester City.

Jogador-chave: Robin Gosens
Gosens (Alemanha) e Joakim Maehle (Dinamarca) estiveram entre os laterais mais empolgantes no EURO que decorreu este Verão. Com a Atalanta a utilizar uma linha defensiva com três centrais, os jogadores das alas tornam-se cruciais e Gosens provou que pode fazer tudo no flanco direito – Portugal que o diga.

Principal contratação: Merih Demiral
Substituir Cristian Romero, que rumou ao Tottenham, não é tarefa fácil, mas Demiral mostrou grande potencial na primeira parte da sua carreira. Normalmente, os defesas-centrais melhoram sob o comando de Gasperini e o internacional turco pode beneficiar com esta mudança.

Jovem a seguir: Matteo Lovato
O que se disse de Demiral pode ser aplicado a Lovato. O internacional Sub-21 de Itália chegou este Verão após uma temporada convincente no Verona, pelo qual fez 24 jogos.

Sabia que...?
De todas as equipas que se estrearam na UEFA Champions League desde 2003/04, a Atalanta foi a terceira equipa a qualificar-se para a fase a eliminar nas duas primeiras participações – o Villarreal e o Sevilha são as formações que a antecederam.

Atlético (ESP)

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 6
Como se qualificou: campeão espanhol
Época passada: oitavos-de-final (D 0-3tot - Chelsea)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: finalista vencido (1973/74, 2013/14, 2015/16)

Golos clássicos do Atlético na Champions League

Treinador: Diego Simeone
A aproximar-se dos dez anos no cargo, Simeone levou os Rojiblancos a dois títulos na Europa League, à conquista de duas Supertaças Europeias e a duas finais da Champions League. Somou o seu segundo título da Liga espanhola na época passada.

Jogador-chave: Luis Suárez
Contratado ao Barcelona no Verão de 2000, o atacante uruguaio não provou ser uma aquisição acertada. Marcou 21 golos no campeonato, o ´últimos dos quais a garantir ao clube a conquista do seu primeiro título em sete anos.

Principal contratação: Rodrigo de Paul
O médio-criativo passou cinco épocas na Udinese e não voltou a jogar na Champions League desde que o fez pelo Valência em 2015/16. Bom organizador de jogo, o internacional argentino vai tentar recuperar o tempo perdido.

Jovem a seguir: João Félix
Ainda com apenas 21 anos, espera-se ainda muito da contratação mais cara da história do clube. No entanto, o internacional português chegou aos dois dígitos de golos marcados na última época para gáudio de Simeone.

Sabia que...?
Koke tornou-se, na época passada, no primeiro jogador a fazer 100 jogos nas competições europeias pelo Atlético.

Barcelona

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 4
Como se qualificou: terceiro em Espanha
Época passada: oitavos-de-final (D 2-5tot - Paris)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1991/92, 2005/06, 2008/09, 2010/11, 2014/15)

Golos clássicos do Barcelona na Champions League

Treinador: Ronald Koeman
Querido dos adeptos do Camp Nou nos tempos de jogador, Koeman supervisiona agora a mudança de gerações no Barça no início da era pós-Lionel Messi. Ergueu a Taça de Espanha na sua época de estreia e procura conquistar troféus para mostrar que a vida continua.

Jogador-chave: Frenkie de Jong
Bastante utilizado desde que saiu do Ajax em 2019, De Jong ganhou vida em Barcelona e encaixa-se perfeitamente na equipa. Os seus passes e a inteligência com a bola fazem com que se pareça ao clássico médio do Barça, ao mesmo tempo a incansável passada e ética de trabalho significam que é um sonho para Koeman.

Principal contratação: Memphis Depay
Os adeptos do Barcelona precisam de um novo herói e parece terem-no encontrado em Depay. Com a confiança em alta, o holandês ganhou vida em Camp Nou e rapidamente se tornou num jogador central no jogo ofensivo da equipa.

Jovem a seguir: Pedri
O médio tem sido uma das grandes estrelas do clube e da selecção nos últimos 12 meses. O antigo treinador -Barça e actual seleccionador da Espanha, Luis Enrique, disse que o que Pedri pode fazer "nunca foi feito por um jovem de 18 anos, nem mesmo por Andrés Iniesta". Um grande elogio, de facto.

Sabia que...?
O capitão de equipa, Sergio Busquets, está apenas a um jogo de igualar o registo de Carles Puyol de 120 jogos nas competições de clubes da UEFA pelo Barcelona, enquanto Gerard Piqué dista somente três. Ambos, no entanto, têm um longo caminho a percorrer para alcançar o líder Xavi Hernández com 157.

Bayern (GER)

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 1
Como se qualificou: campeão alemão
Época passada: quartos-de-final (D nos golos fora - Paris)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1973/74, 1974/75, 1975/76, 2000/01, 2012/13, 2019/20)

Veja golos do Bayern nas suas seis conquistas da Taça dos Campeões Europeus

Treinador: Julian Nagelsmann
O treinador de 34 anos herdou uma herança pesada após o bem-sucedido reinado de Hansi Flick. Em 2016, na altura com 28, Nagelsmann tornou-se no mais jovem treinador da história da Bundesliga quando assumiu o comando do Hoffenheim e levou-o à Champions League ao terminar no quarto lugar em 2016/17. Continuou a impressionar em duas épocas no Leipzig antes de ter ingressado no Bayern no Verão.

Jogador-chave: Robert Lewandowski
O implacável goleador polaco atingiu novos patamares na época passada ao marcar o número recorde de 41 golos na Bundesliga a caminho do nono título consecutivo por parte do Bayern. Lewandowski subiu igualmente ao terceiro lugar na lista de melhores marcadores de sempre Champions League ao ultrapassar Raúl González.

Principal contratação: Dayot Upamecano
O defesa-central de 22 anos foi ganhando importância desde que deixou o Salzburgo rumo ao Leipzig em 2017, tendo impressionado sob as ordens de Nagelsmann na Champions League nas últimas campanhas. O possante e ágil jogador preenche a lacuna deixada pelas saídas de David Alaba e Jérôme Boateng.

Jovem a seguir: Jamal Musiala
Tornou-se no jogador mais jovem a representar o Bayern na Bundesliga, com 17 anos e 115 dias, em Junho de 2020 e, três meses depois, quebrou o recorde de mais jovem a marcar pelo clube. Musiala terminou a temporada transacta com sete golos em 37 jogos.

Sabia que...?
O Bayern estabeleceu uma nova sequência recorde de 15 vitórias seguidas na Champions League da época passada antes de empatar com o Atlético na quinta jornada.

Benfica

Veja como o Benfica confirmou o apuramento

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 24
Como se qualificou: "play-off" (V 2-1tot - PSV Eindhoven)
Época passada: terceira pré-eliminatória (D 1-2 - PAOK)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1960/61, 1961/62)

Treinador: Jorge Jesus
O técnico de 67 anos enfrenta o desafio de colocar as Águias no caminho certo, depois de não ter conseguido ganhar qualquer troféu no segundo ano da sua segunda passagem pelo comando da equipa. Na primeira, entre 2009 e 2015, Jorge Jesus tornou-se no treinador de maior sucesso da história do clube ao conquistar dez troféus: três títulos da Liga, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco Taças da Liga.

Jogador-chave: João Mário
O médio de 28 anos venceu o campeonato português na época passada ao serviço do Sporting, onde actuou cedido pelo Inter. Apenas chegou ao Benfica neste Verão, mas causou desde logo impacto com a sua capacidade de organização, visão e capacidade de ditar o ritmo do jogo. “Veio dar classe à equipa", disse Jesus sobre o vencedor do UEFA EURO 2016 por Portugal.

Principal contratação: Roman Yaremchuk
Formado no Dínamo Kiev, mas contratado ao Gent, o alto avançado de 1,91m vai tentar impressionar na sua época de estreia na UEFA Champions League. O jogador de 25 anos ajudou a Ucrânia a chegar aos quartos-de-final do UEFA EURO 2020 com dois golos e uma assistência em cinco jogos.

Jovem a seguir: Gonçalo Ramos
Assinalou a estreia pela equipa principal do Benfica em Julho de 2020 com dois golos em seis minutos após entrar perto do fim na vitória por 4-0 no terreno do Aves. Produto da academia do clube, o veloz atacante de 20 anos (que também pode actuar como meio-campista) tem olho para o golo e espera pela sua oportunidade após ter brilhado nas camadas jovens das Águias e da selecção de Portugal.

Sabia que...?
Apenas o Real Madrid (46) disputou mais edições da Taça dos Campeões Europeus (pré-eliminatórias incluídas) do que o Benfica (40). O gigante de Lisboa chegou a sete finais da Taça dos Campeões Europeus, mas perdeu as últimas cinco (mais recentemente contra o Milan em 1990) após ter vencido o troféu em 1961 e 1962.

Beşiktaş

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 30
Como se qualificou: campeão turco
Época passada: terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League (D nos penáltis - Rio Ave)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: quartos-de-final (1986/87)

Veja o golo incrível de Simão Sabrosa pelo Beşiktaş em 2012

Treinador: Sergen Yalçın
Primeiro jogador a actuar pelos quatro clubes grandes da Turquia – primeiro o Beşiktaş, depois Fenerbahçe, Galatasaray e Trabzonspor –, o antigo médio enveredou pela carreira de treinador nas camadas jovens das Águias Negras e voltou após uma ausência de dez anos para assumir o cargo de treinador principal em 2020, tendo feito a “dobradinha” nacional na primeira época.

Jogador-chave: Rachid Ghezzal
O extremo internacional francês nascido na Argélia teve um excelente período de empréstimo na época passada, ao marcar oito golos e e feito 17 assistências. O Beşiktaş teve de fazer um grande esforço para contratá-lo ao Leicester a título definitivo, uma vez que o Galatasaray, principal rival da cidade, também estava interessado nos seus serviços.

Principal contratação: Valentin Rosier
A contratação do avançado brasileiro Alex Teixeira foi uma boa jogada, numa altura em que os adeptos se aglomeraram no aeroporto para saudar o francês Rosier quando este regressou neste Verão para uma segunda época emprestado pelo Sporting. Rosier impressionou com técnica e assistências no duplo sucesso do Beşiktaş na temporada transacta.

Jovem a seguir: Ersin Destanoğlu
O Beşiktaş contratou um grande reforço para a baliza no Verão com a aposta no experiente Mert Günök, mas o jovem Ersin, produto da formação do clube, manteve o seu lugar como titular, embora o interesse de clubes estrangeiros no jovem de 20 anos esteja a intensificar-se.

Sabia que…?
O Beşiktaş tem menos adeptos do que o Galatasaray e o Fenerbahçe (os seus rivais da capital contam com o apoio de 33% e 29%, respectivamente, da população turca), mas os seus seguidores são considerados os mais apaixonados e barulhentos. De tal forma que foi registrada uma saudação de 132 decibéis na sequência da vitória por 2-1 na UEFA Champions League sobre o Liverpool, a 24 de Outubro de 2007 – aproximadamente o equivalente ao som de um jacto militar a levantar voo.

Chelsea (ENG)

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 11
Como se qualificou: vencedor da UEFA Champions League
Época passada: vencedor (V 1-0 - Man. City)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (2011/12, 2020/21)

Resumo da final de 2021: Man. City 0-1 Chelsea

Treinador: Thomas Tuchel
Assumiu o cargo em Janeiro e esteve logo 14 jogos sem perder – a mais longa série invicta na história do clube de um treinador em início de funções. O antigo técnico do Mainz e do Dortmund foi finalista vencido com o Paris em 2020 antes se sagrar campeão com os Blues na época passada.

Jogador-chave: N'Golo Kanté
Revitalizado sob o comando de Tuchel, integrando os dois jogadores da posição 6 apresentado pelo treinador alemão ao lado de Jorginho, o médio francês esteve em alta na temporada transacta. O incansável jogador de 30 anos foi eleito o melhor em campo nas duas mãos das meias-finais contra o Real Madrid e depois no triunfo sobre o Manchester City na final.

Principal contratação: Romelu Lukaku
A contratação mais alta de sempre feita pelo Chelsea e melhor marcador da Bélgica é, sem dúvida, uma excelente mais-valia para o ataque. O jogador de 28 anos apontou 24 golos no campeonato na caminhada do Inter rumo à conquista deu primeiro Scudetto em 11 anos, em 2020/21, após passagens anteriores de sucesso por Anderlecht, West Brom, Everton e Manchester United.

Jovem a seguir: Callum Hudson-Odoi
Jogador proveniente da academia do Chelsea e ainda com apenas 20 anos, o médio viu gradualmente o seu tempo de jogo aumentar sob o comando de Tuchel e traz à equipa golos e criatividade.

Sabia que...?
Édouard Mendy não sofreu golos em nove dos 12 jogos disputados na época passada na Champions League, recorde na história da competição para um guarda-redes de um clube inglês numa única campanha.

Club Brugge (BEL)

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 41
Como se qualificou: campeão belga
Época passada: fase de grupos (16 avos-de-final da UEFA Europa League)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: finalista vencido (1977/78)

De Ketelaere marca ante o Zenit

Treinador: Philippe Clement
Depois de vencer o título belga com o Genk em 2018/19, Clement voltou ao Club Brugge, onde passou uma década como defesa e depois esteve vários anos na equipa técnica. Levou o clube ao título belga nas duas épocas que leva no comando da equipa.

Jogador-chave: Noa Lang
O jogador dos Países Baixos, de 22 anos, fez a sua formação no Feyenoord e no Ajax, isto antes de se mudar para o Club Brugge no Verão de 2020. Tornou-se imediatamente um jogador-chave, tendo marcado 16 golos em 29 jogos na época transacta.

Principal contratação: Owen Otasowie
Internacional pelos Estados Unidos da América, o versátil médio de 20 anos chegou ao clube neste Verão, proveniente do Wolverhampton Wanderers. Com 1.91m de altura, Otasowie já foi comparado a Paul Pogba e deverá acrescentar poder físico ao meio-campo do Club Brugge.

Jovem a seguir: Charles De Ketelaere
Nomeado "Talento do Ano" na Bélgica a nível desportivo em 2020, médio ofensivo esquerdino tem deixado excelentes impressões. Dois golos e uma assistência em seis jogos da edição transacta da UEFA Champions League valeram ao jovem de 20 anos a chamada à selecção da Bélgica.

Sabia que...?
Na última época, o Club Brugge terminou a fase regular da Liga belga com uma vantagem recorde de 16 pontos na liderança. Essa distância foi encurtada para metade no "play-off" de apuramento do campeão e a verdade é que o Club Brugge quase perdia o título, sagrando-se campeão apesar de ter terminado com os mesmos pontos que o Genk.

Dortmund

Ranking da UEFA (final de 2020/21) 14
Como se qualificou: terceiro na Alemanha
Época passada: quartos-de-final (D 2-4tot - Man. City)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1996/97)

Grandes golos do Dortmund na Champions League

Treinador: Marco Rose
Ex-jogador do Hannover e do Mainz, Rose começou a sua carreira de treinador – tal como Jürgen Klopp e Thomas Tuchel – no Mainz, como adjunto. Levou o Salzburgo a dois títulos austríacos consecutivos de 2017-19 e depois conduziu o Mönchengladbach à UEFA Champions League, onde chegou aos oitavos-de-final em 2020/21, antes de rumar ao Dortmund.

Jogador-chave: Erling Haaland
Filho da antiga estrela norueguesa Alf Inge Haaland, o jovem de 21 anos é já um dos maiores avançados mundiais. Com 19 anos, assinou um “hat-trick” pelo Salzburgo no seu jogo de estreia na UEFA Champions League e nunca mais olhou para trás. Tem uma média de um golo por jogo nas três primeiras épocas no Dortmund.

Principal contratação: Donyell Malen
O internacional holandês de 22 anos tem uma árdua tarefa pela frente, já que foi contratado para ocupar o lugar deixado vago pela saída de Jadon Sancho para o Manchester United. Malen marcou 40 golos em 81 jogos pelo PSV Eindhoven e vai tentar manter esse registo ao alinhar ao lado de nomes como Erling Haaland e Marco Reus.

Jovem a seguir: Youssoufa Moukoko
Há dez meses, Moukoko tornou-se no mais jovem de sempre a jogar na Bundesliga e bateu depois o equivalente recorde na UEFA Champions League em Dezembro, com 16 anos e 18 dias. Estará atrás de Haaland e de Malen na luta por um lugar na equipa, mas o tempo do internacional Sub-21 alemão chegará em breve.

Sabia que...?
O Dortmund foi eliminado nos quartos-de-final da época passada, mas Haaland, ainda assim, terminou a campanha como o melhor marcador da UEFA Champions League, com dez golos em oito jogos.

Dínamo Kiev

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 31
Como se qualificou: campeão ucraniano
Época passada: fase de grupos (terceiro lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: meias-finais (1976/77, 1986/87, 1998/99)

Grandes golos do Dínamo Kiev na Europa League

Treinador: Mircea Lucescu
O técnico romeno de 76 anos conquistou oito campeonatos, seis taças da Ucrânia e a Taça UEFA de 2008/09 durante os 12 anos passados no Shakhtar e voltou à Ucrânia no Verão passado para comandar o arqui-rival dos “mineiros”. A primeira época de Lucescu em Kiev levou o Dínamo à conquista da tripla de troféus nacionais.

Jogador-chave: Vitaliy Buyalskiy
O versátil médio de 28 anos floresceu após a decisão de Lucescu de colocá-lo em posições mais adiantadas no terreno, como número 10. Com sua boa movimentação em busca de espaços e investidas ameaçadoras, foi um elemento-chave de ataque do Dínamo na época passada, com nove golos e o mesmo número de assistências em 35 jogos.

Principal contratação: Eric Ramírez
O avançado venezuelano de 22 anos marcou 16 golos e fez oito assistências pelo Dunajská Streda no campeonato da Eslováquia em 2020/21 e assinou um contrato de cinco anos com o Dínamo em julho. Aguarda-se com expectativa o que poderá fazer em Kiev.

Jovem a seguir: Illia Zabarnyi
O defesa-central tornou-se no jogador mais jovem a representar a Ucrânia num grande torneio quando defrontou os Países Baixos no EURO 2020, com 18 anos e 285 dias. Em pouco tempo, Zabarnyi passou a ser um jogador-chave para o clube e para a selecção desde a sua estreia como sénior em Setembro do ano passado.

Sabia que...?
Na temporada passada, Lucescu tornou-se no mais velho treinador a comandar uma equipa num jogo da UEFA Champions League; tinha 75 anos e 83 dias quando o Dínamo Kiev defrontou a Juventus na primeira jornada da fase de grupos.

Inter

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 26
Como se qualificou: campeão italiano
Época passada: fase de grupos (quarto lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1963/64, 1964/65, 2009/10)

Resumo: veja o triunfo do Inter em 2010

Treinador: Simone Inzaghi
Campeão da Serie A por uma vez e vencedor da Taça de Itália em três ocasiões como jogador da Lázio, o técnico de 45 anos conquistou também uma taça para o clube de Roma em cinco anos à frente da equipa. Do ponto de vista táctico, Inzaghi parece oferecer uma continuação do reinado de Antonio Conte.

Jogador-chave: Nicolò Barella
Eleito o melhor médio da Serie A na época passada, o jogador de 24 anos já é um futebolista completo e foi fundamental na conquista do título do Inter. Capaz de desempenhar um papel criativo, jogar mais recuado ou ser um “box to box”, Barella fez 46 jogos pelos “nerazzurri” e ajudou a Itália a vencer o UEFA EURO 2020.

Principal contratação: Edin Džeko
O jogador de 35 anos terá a difícil tarefa de substituir Lukaku no centro do ataque dos "nerazzurri". Não pode competir com o seu antecessor em termos de força física, mas certamente possui outras armas e tentará usar a sua técnica apurada para envolver mais os colegas de equipa no jogo atacante.

Jovem a seguir: Denzel Dumfries
Por falar em tarefas difíceis, a nova contratação que veio do PSV Eindhoven terá de substituir Achraf Hakimi no lado direito do meio-campo do Inter, mas a sua velocidade pode ser fundamental para o conjunto de Milão. O jogador de 25 anos, nascido em Aruba, já disputou 23 jogos pelos Países Baixos e marcou dois golos na fase de grupos do EURO disputado este Verão, mas terá de se adaptar rapidamente ao futebol da Serie A.

Sabia que...?
A Juventus tinha ganho nove vezes seguidas a Serie A antes de o Inter vencer o título na época passada, com 12 pontos de vantagem. Os "nerazzurri", no entanto, não conseguiram passar da fase de grupos da Champions League nas últimas três épocas.

Juventus

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 5
Como se qualificou: quarto em Itália
Época passada: oitavos-de-final (D devido aos golos fora - Porto)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1984/85, 1995/96)

Grandes golos da Juventus na Champions League

Treinador: Massimiliano Allegri
O técnico de 51 anos regressa ao banco com uma missão depois de dois anos sabáticos. Allegri levou a Juventus à final da UEFA Champions League em 2015 e 2017, mas perdeu em ambas as ocasiões e está determinado a dar agora um passo adiante com os "bianconeri", depois de terem conseguido alcançar o mesmo nível sob o comando dos sucessores Maurizio Sarri e Andrea Pirlo.

Jogador-chave: Cristiano Ronaldo
O melhor marcador de sempre da Champions League mudou-se para a Juve em 2018 para ajudá-la a conquistar o troféu europeu de maior prestígio pela primeira vez desde 1996. Apesar dos 101 golos marcados em 133 jogos realizados em todas as competições pela Juventus em três épocas, "CR7" ainda não conseguiu levar o troféu da Champions League para Turim, mas está certamente pronto para tentar novamente.

Principal contratação: Manuel Locatelli
O jogador de 23 anos deixou a sua marca no EURO pela Itália neste Verão com uma série de exibições convincentes pela Azzurra que incluíram dois golos marcados na fase de grupos frente à Suíça. A Juventus teve alguns problemas no meio-campo nos últimos anos e o ex-jogador de Sassuolo pode definitivamente ser a solução.

Jovem a seguir: Federico Chiesa
Depois de uma primeira época na Juventus em que fez um grande EURO sempre em crescendo com a Itália, o avançado será chamado a continuar a sua progressão e a tornar-se num verdadeiro líder desta equipa.

Sabia que...?
A Juve chegou à final cinco vezes desde a sua última vitória em 1996, mas falhou sempre o terceiro sucesso na competição. E também nenhuma equipa perdeu mais finais do que a Juve (sete).

Leipzig

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 21
Como se qualificou: vice-campeão alemão
Época passada: oitavos-de-final (D 0-4tot - Liverpool)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: meias-finais (2019/20)

Veja grandes golos do Leipzig na Champions League

Treinador: Jesse Marsch
O técnico nascido nos Estados Unidos mudou-se para a Europa para assumir o comando do Salzburgo, pelo qual ganhou duas "dobradinhas" austríacas antes de ingressar no Leipzig. O seu desafio é agora preencher a lacuna deixada em aberto pela saída de Julian Nagelsmann para o Bayern.

Jogador-chave: Dani Olmo
Vencedor do EURO Sub-21 de 2020 com a Espanha, o jogador formado no Barcelona chegou ao Leipzig em 2020, após uma passagem pouco convencional de cinco anos pelo Dínamo Zagreb. O médio-ofensivo foi um dos melhores jogadores da Espanha no EURO 2020 e terminou o Verão com a medalha de prata olímpica.

Principal contratação: André Silva
Após marcar 28 golos em 32 jogos na Bundesliga pelo Eintracht Frankfurt, o avançado português foi muito cobiçado no Verão. O Leipzig ganhou a corrida pela sua contratação e André Silva pode ser uma mais-valia para uma equipa que não tinha um finalizador desde a saída de Timo Werner para o Chelsea.

Jovem a seguir: Brian Brobbey

O ponta-de-lança marcou na estreia sénior pelo Ajax frente ao Fortuna Sittard há um ano e não se atemorizou na época passad na UEFA Champions League ou na UEFA Europa League. Dortmund e Bayern seguiam de perto o jovem de 19 anos, mas Brobbey acabou por rumar ao Leipzig em Junho.

Sabia que...?
Fundado em 2009, o RB Leipzig foi promovido à Bundesliga pela primeira vez em 2016. Desde então, a única equipa da Bundesliga da antiga Alemanha de Leste chegou à UEFA Champions League em quatro ocasiões e uma vez à UEFA Europa League.

Liverpool

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 9
Como se qualificou: terceiro em Inglaterra
Época passada: quartos-de-final (D 1-3tot - Real Madrid)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1976/77, 1977/78, 1980/81, 1983/84, 2004/05, 2018/19)

Golos clássicos do Liverpool na Champions League

Treinador: Jürgen Klopp
No comando do Liverpool desde 2015, Klopp levou os "reds" à glória na UEFA Champions League em 2018/19 e ao primeiro título inglês em 30 anos na temporada seguinte. Atacante que se tornou defesa no Mainz, começou a carreira de técnico no clube e conquistou depois dois títulos da Bundesliga pelo Dortmund antes de ir para Anfield.

Jogador-chave: Mohamed Salah
O atacante egípcio é a principal figura do Liverpool desde que foi contratado à Roma, em 2017. Estrela no Basileia, mudou-se para a Inglaterra para representar o Chelsea, em 2014, mas transformou-se num jogador de referência desde que se juntou aos Reds. A sua velocidade, inteligência e capacidade de finalização ajudaram-no a marcar 26 golos pelo clube na UEFA Champions League.

Principal contratação: Ibrahima Konaté
O defesa-central do Leipzig, com 1,94 metros de altura, foi a única grande contratação do Liverpool este Verão e destaca-se pela capacidade de passe e pela forma de defender astuta. Comparado por alguns a Virgil van Dijk, seu actual colega de equipa, o internacional maliano assumiu-se rapidamente como titular.

Jovem a seguir: Curtis Jones
Com o extremo Harvey Elliott, de 18 anos, a sofrer uma grave lesão antes do início da campanha na UEFA Champions League, o médio Jones, de 20 anos, parece o mais provável jovem dos "reds" destinado a brilhar. Nascido em Liverpool, vai tentar dar continuidade à boa campanha de estreia na competição, em 2020/21.

Sabia que...?
O Liverpool foi campeão europeu seis vezes – mais do que qualquer outra equipa inglesa. Tem tantos títulos quanto o Bayern; Milan (7) e Real Madrid (13) são as únicas equipas com mais troféus na competição.

LOSC Lille

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 109
Como se qualificou: campeão francês
Época passada: 16 avos-de-final da UEFA Europa League (D 2-4tot - Ajax)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: oitavos-de-final (2006/07)

Treinador: Jocelyn Gourvennec
Ganhou reputação ao longo de seis épocas no Guingamp, pelo qual ganhou a segunda Taça de França na história do clube, em 2014. Teve uma segunda passagem pelo clube após deixar o Bordéus e tenta agora continuar o bom trabalho de Christophe Galtier depois de dois anos sem orientar qualquer equipa.

Jogador-chave: Sven Botman
A capacidade do Lille em contratar e desenvolver jovens jogadores nos últimos anos merece elogios e o defesa-central holandês é prova disso. Ingressou no clube apenas no Verão passado mas assumiu-se como figura da equipa, com 47 jogos disputados e apesar de só ter feito 21 anos em Janeiro.

Principal contratação: Amadou Onana
A saída de Boubakary Soumaré deixou uma lacuna no meio-campo do LOSC e o jogador de 19 anos pode ser o jogador indicado para a preencher. Tal como Botman, chega sem muita experiência – 26 jogos pelo Hamburgo – mas pode ser outro diamante por lapidar.

Jovem a seguir: Jonathan David
Igualmente contratado no Verão de 2020 e proveniente do Gent, apontou 13 golos na época de estreia na Ligue 1. O atacante de 21 anos já soma 15 golos pela selecção canadiana, em apenas 16 jogos.

Sabia que...?
O Lille está na fase de grupos pela sétima vez, mas apenas numa ocasião alcançou os oitavos-de-final.

Malmö

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 88
Como se qualificou: "play-off" (V 3-2tot - Ludogorets)
Época passada: "play-off" da UEFA Europa League (D 1-3 - Granada)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: finalista vencido (1978/79)

Treinador: Jon Dahl Tomasson
Antigo avançado da Dinamarca, Tomasson fez a curta travessia do Estreito de Öresund no início de 2020, deixando o cargo de adjunto da selecção do seu país. Levou o Malmö à conquista do campeonato sueco na época de estreia e está na luta pela revalidação do título.

Jogador-chave: Anders Christiansen
O médio dinamarquês chegou ao Malmö em 2016 e ajudou o clube a ganhar o campeonato no seu primeiro ano. Desde então somou mais dois títulos na prova e a sua qualidade valeu-lhe dois prémios de Jogador do Ano da Allsvenskan, o mais recente em 2020.

Principal contratação: Sergio Peña
O médio-ofensivo foi contratado pelo Malmö após a Copa América deste Verão, na qual foi titular nos sete jogos do Peru rumo às meias-finais. Possui experiência no futebol europeu após passagens por Granada (Espanha), Tondela (Portugal) e, mais recentemente, Emmen (Países Baixos).

Jovem a seguir: Veljko Birmančević
Médio (e por vezes avançado) rápido e que gosta de partir para cima dos defesas e explorar os espaços livres, o sérvio de 23 anos esteve no radar do Malmö durante um ano até ser contratado no Inverno passado. Marcou o seu primeiro golo na Allsvenskan aos 12 minutos do jogo de estreia e continuou a impressionar tanto a nível nacional como europeu, facturando nas duas mãos do "play-off" frente ao Ludogorets.

Sabia que...?
O Malmö vai disputar a fase de grupos da UEFA Champions League pela terceira vez, após as edições de 2014/15 e 2015/16. Desde o Helsingborg em 2000/01 que nenhum clube sueco chegava até aqui.

Manchester City (ENG)

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 3
Como se qualificou: campeão inglês
Época passada: finalista vencido (D 0-1 - Chelsea)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: finalista vencido (2020/21)

Golos clássicos do Man. City na Champions League

Treinador: Josep Guardiola
É um dos treinadores mais conceituados da modalidade e venceu a competição duas vezes como jogador Barcelona, mas há dez anos que espera pela conquista do terceiro título como treinador. Três vezes icampeão nacional ao serviço de Barcelona, Bayern e City, irá certamente aumentar o seu palmarés nos próximos anos.

Jogador-chave: Kevin De Bruyne
O criativo de 30 anos ultrapassou a marca dos 250 jogos na temporada passada e continua a ser uma figura preponderante do meio-campo, apesar da forte concorrência. Em 2020/21 ganhou o prémio de Jogador do Ano da PFA pela segunda época consecutiva.

Principal contratação: Jack Grealish
Médio com excelente capacidade de drible e capaz de ditar o ritmo do jogo, Grealish tornou-se no jogador inglês mais caro da história quando foi contratado ao Aston Villa este Verão. O jogador de 25 anos passou também a ser presença regular na selecção inglesa nos últimos 12 meses.

Jovem a seguir: Phil Foden
O talentoso médio teve sempre mais minutos no clube e na seleção durante as últimas quatro temporadas, assumindo um papel preponderante em 2020/21. Com apenas 21 anos, Foden fez 50 partidas pelo clube na época passada e marcou 16 golos.

Sabia que...?
Na época passada, Guardiola atingiu as meias-finais da UEFA Champions League pela oitava vez – o melhor registo na história da competição ao lado de José Mourinho.

Manchester United

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 7
Como se qualificou: segundo classificado em Inglaterra
Época passada: fase de grupos (terceiro lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1967/68, 1998/99, 2007/08)

Grandes golos do Manchester United na Champions League

Treinador: Ole Gunnar Solskjær
O “Assassino com Cara de Bebé” já faz parte da história do United, começando por se evidenciar com um avançado super-suplente antes de se assumir o comando técnico dos Red Devils em 2018, depois de uma primeira experiência com sucesso enquanto treinador do Molde. Conduziu o United até à final da última edição da UEFA Europa League e ao segundo lugar na Premier League.

Jogador-chave: Bruno Fernandes
Autor de um “hat-trick” contra o Leeds no primeiro jogo do United na presente edição da Premier League, o médio internacional português parece destinado a mais uma impressionante campanha. Melhor marcador do United na UEFA Europa League logo na sua primeira época ao serviço do clube, com oito golos em 2019/20, Bruno Fernandes apontou 18 tentos na Premier League em 2020/21 e ainda acrescentou 12 assistências.

Principal contratação: Jadon Sancho
O extremo deixou muito jovem o Manchester City para ingressar no Dortmund, isto antes de regressar este Verão à Cidade após ter brilhado ao mais alto nível na Bundesliga. Apesar de contar apenas 21 anos de idade, o talentoso Sancho esteve em destaque pela Inglaterra no EURO 2020 e já soma mais de 20 internacionalizações

Jovem a seguir: Mason Greenwood
O jovem de 19 anos de idade já provou ser um versátil avançado ao longo das três temporadas que leva ao serviço da equipa principal do United, com Solskjær a insistir que Greenwood “cresceu muito” ao longo dos últimos 12 meses. É um sério candidato a lutar pela titularidade na presente temporada.

Sabia que...?
O United soma um número recorde de 20 títulos de campeão inglês, mas apenas conquistaram um troféu a nível interno – a Taça de Inglaterra em 2015/16 – desde que Sir Alex Ferguson deixou o cargo de treinador em 2013, após um reinado de 27 anos.

Paris Saint-Germain

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 8
Como se qualificou: segundo em França
Época passada: meias-finais (D 1-4tot - Man. City)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: finalista vencido (2019/20)

Treinador: Mauricio Pochettino
Responsável pela caminhada surpreendente do Tottenham rumo à final de 2019, o argentino substituiu Thomas Tuchel no comando do Paris em Janeiro, 20 anos após ingressar no clube como jogador. Colega de equipa de Diego Maradona durante breves meses, "Poch" agora treina vários ilustres compatriotas, entre os quais o recém-chegado Lionel Messi.

Jogador-chave: Neymar
A começar a quarta temporada no Paris, Neymar é um adversário muito complicado para se defrontar se estiver em forma. Desde a chegada a França, o brasileiro tem uma média muito próxima de um golo por jogo, tendo somado vários títulos. O da UEFA Champions League que tanto ambiciona ganhar novamente tem-lhe escapado no Paris, mas agora que reencontra Messi, seu colega na vitória do Barcelona em 2015, a esperança é maior do que nunca.

Principal contratação: Lionel Messi
Ainda parece um sonho, mas após 21 anos, 778 jogos e 672 golos pelo Barcelona, o fulgurante Messi usará uma camisola azul e vermelha diferente esta época. Contratado a custo zero, o jogador de 34 anos deverá ser a jóia de uma coroa ofensiva deslumbrante, que também inclui Neymar, Kylian Mbappé e Ángel Di María.

Jovem a seguir: Gianluigi Donnarumma
O Paris protagonizou (outra) jogada de mestre ao contratar o Jogador do Torneio do UEFA EURO 2020 a custo zero. Incrivelmente, o nº1 da selecção italiana, de 21 anos, não tem a titularidade garantida, já que o concorrente directo tem no palmarés três títulos da UEFA Champions League: Keylor Navas.

Sabia que...?
Quando o Paris eliminou o Bayern nos oitavos-de-final de 2020/21, foi a primeira vez na história da UEFA Champions League que o finalista vencido da temporada anterior bateu o campeão na fase a eliminar.

Porto

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 16
Como se qualificou: segundo em Portugal
Época passada: quartos-de-final (D 1-2tot - Chelsea)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1986/87, 2003/04)

Cinco grandes golos do Porto na Champions League

Treinador: Sérgio Conceição
Arquitecto do regresso do Porto ao topo do futebol português, Sérgio Conceição guiou os Dragões a dois títulos no campeonato, uma Taça de Portugal e duas Supertaças em quatro anos no comando. Favorito dos adeptos nos tempos de jogador, renovou contrato e vai voltar a tentar chegar à fase a eliminar da UEFA Championsn League.

Jogador-chave: Otávio
Outrora mais médio-ofensivo, o jogador brasileiro alargou as suas funções e é, há alguns anos, um elemento fundamental na equipa titular do Porto. Pode jogar como um clássico nº10, mais recuado no meio-campo ou em qualquer dos flancos, conferindo sempre algo mais e habilidade em todas as posições, além de que costuma também fazer muitas assistências.

Principal contratação: Pepê
Os Dragões têm um bom histórico com alas sul-americanos e o brasileiro de 24 anos é muito promissor. Possuidor de um ritmo notável e dotado de técnica acima da média, é também forte também no um-para-um e apresenta igualmente um bom registo em termos de golos e assistências.

Jovem a seguir: Luiz Díaz
O extremo colombiano fez sucesso na época passada com dois golos nos dois primeiros jogos da UEFA Champions League e vai tentar manter a dinâmica. Os seus dribles estonteantes e a passada larga fazem do jogador de 24 anos a principal fonte de inspiração criativa do Porto.

Sabia que...?
Em 2020/21, o Porto igualou o recorde português do Benfica de 105 vitórias na UEFA Champions League, mas precisou de menos cinco jogos do que o rival de Lisboa para o conseguir.

Real Madrid

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 2
Como se qualificou: segundo em Espanha
Época passada: meias-finais (D 1-3tot - Chelsea)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: vencedor (1955/56, 1956/57, 1957/58, 1958/59, 1959/60, 1965/66, 1997/98, 1999/2000, 2001/02, 2013/14, 2015/16, 2016/17, 2017/18)

Veja golos clássicos do Real Madrid

Treinador: Carlo Ancelotti
O homem que conduziu o Real Madrid à tão aguardada "La Décima", em 2014, está de regresso ao cargo. É um de apenas três treinadores a vencer a Taça dos Campeões Europeus/UEFA Champions League em três ocasiões, por isso as expectativas serão elevadas para "Carletto" no renovado Santiago Bernabéu.

Jogador-chave: Thibaut Courtois
O icónico Alex Ferguson disse que "o ataque ganha jogos, mas a defesa ganha títulos" e, em Courtois, o Madrid tem um guarda-redes que pode levá-lo ao sucesso. Destaque nos "merengues" desde que foi contratado ao Chelsea, em 2018, renovou recentemente por cinco épocas com o emblema espanhol.

Principal contratação: David Alaba
O ex-jogador do Bayern dispensa apresentação para os seguidores do futebol europeu e é visto como o homem ideal para substituir o emblemático Sergio Ramos na defesa. Com dez campeonatos alemães e dois títulos da UEFA Champions League no currículo, o versátil canhoto tem mais do que capacidade para enfrentar o desafio.

Jovem a seguir: Vinícius Junior
O atacante brasileiro ganha cada vez mais estatuto em Madrid e, na época passada, foi mais vezes titular e ganhou mais consistência, com o destaque a acontecer frente ao Liverpool na primeira mão dos quartas-de-final.

Sabia que...?
O Real Madrid ultrapassou sempre a fase de grupos da UEFA Champions League.

Salzburgo

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 23
Como se qualificou: "play-off" (V 4-2tot - Brøndby)
Época passada: fase de grupos (terceiro lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: fase de grupos (1994/95, 2019/20, 2020/21, 2021/22)

Treinador: Matthias Jaissle
Não deixou de ser uma grande surpresa quando o Salzburgo anunciou que um homem de 33 anos, que nunca tinha treinado uma equipa da primeira divisão, seria o seu novo técnico. Antigo defesa-central do Hoffenheim, o alemão ganhou experiência como adjunto no Brøndby e subiu à equipa principal do Salzburgo depois de dois anos no comando dos Sub-18, o que significa que já está de acordo com os princípios de agressividade do clube e o futebol de alta velocidade.

Jogador-chave: Zlatko Junuzović
O Salzburgo tem uma equipa relativamente jovem, pelo que Junuzović, de 33 anos, tem um papel importante a desempenhar dentro e fora do relvado. Contratado em 2018, o antigo internacional austríaco e titular do Bremen é o coração e o motor do meio-campo do Salzburgo.

Principal contratação: Nicolás Capaldo
Recém-chegado do Boca Juniors, o jogador de 22 anos é considerado um dos jogadores mais promissores da Argentina. Capaldo é um meio-campista agressivo e dinâmico, que não deve demorar muito a acostumar-se aos desafios do futebol europeu.

Jovem a seguir: Karim Adeyemi
Adeyeme tem uma pesada herança nas costas, mas pode ser o próximo atacante de topo a sair da linha de produção de Salzburgo, depois de Patson Daka e Erling Haaland. O alemão de 19 anos é rápido, versátil e não tem piedade perto da baliza.

Sabia que...?
Ao chegar à fase de grupos pela terceira temporada consecutiva, o Salzburgo igualou o recorde austríaco estabelecido pelo Sturm Graz, que teve uma série de três vitórias consecutivas de 1998 a 2000.

Sevilha

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 12
Como se qualificou: quarto em Espanha
Época passada: oitavos-de-final (D 4-5tot - Dortmund)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: quartos-de-final (1957/58, 2017/18)

Todos os golos do Sevilha na fase de grupos de 2020/21

Treinador: Julen Lopetegui
O ex-treinador da Espanha, do Porto e do Real Madrid assumiu o cargo no Verão de 2019 e não demorou muito para deixar a sua marca no clube, levando-o à glória na UEFA Europa League logo na época de estreia. Acrescentou a isso presenças consecutivas entre os primeiros quatro classificados, de modo ao garantir o futebol da UEFA Champions League no Sánchez-Pizjuán.

Jogador-chave: Youssef En-Nesyri
O atacante marroquino combina energia, ritmo e força e é um pesadelo para os defensores. Os seis golos marcados na UEFA Champions League da época passada, combinados com 18 na Liga, mostram que também tem um olho de águia para o golo.

Principal contratação: Erik Lamela
O argentino chega ao sul da Espanha após oito anos em Inglaterra ao serviço do Tottenham Hotspur e já deixou boa impressão, ao marcar dois golos na sua estreia no campeonato que ajudaram a levar o seu novo clube à vitória.

Jovem a seguir: Óscar Rodríguez
Produto juvenil do Real Madrid, Rodríguez encontrou casa em Sevilha, tornando-se titular no meio-campo do Lopetegui e sendo convocado pela primeira vez para a selecção espanhola. Aos 23 anos, tem ainda muito espaço para melhorar e para crescer.

Sabia que...?
O Sevilha é uma realeza europeia, tendo conquistado a Taça UEFA / Liga Europa por seis vezes, registo recorde, sendo que todos esses títulos foram conquistados desde 2006.

Shakhtar

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 18
Como se qualificou: "play-off" (V 3-2tot - Mónaco)
Época passada: fase de grupos (terceiro lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: quartos-de-final (2010/11)

Treinador: Roberto De Zerbi
Após uma primeira temporada sem títulos desde 2014/15, o Shakhtar substituiu Luís Castro como treinador. Depois de passagens por Palermo e Benevento, da Serie A, De Zerbi rumou ou Sassuolo em 2018 e impressionou ao torná-lo numa dos mais emocionantes e ofensivas equipas de Itália.

Jogador-chave: Marlon
O defesa-central de 26 anos ingressou no Shakhtar este Verão, depois de três épocas sob o comando de De Zerbi no Sassuolo. Pertencente aos quadros do Barcelona de 2016 a 2018, o brasileiro estreou-se pelo clube no jogo da fase de grupos da UEFA Champions League contra o Celtic, em 23 de Novembro de 2016. A sua impressionante capacidade defensiva e o seu jogo de construção tornaram-se rapidamente numa característica fundamental do novo Shakhtar.

Principal contratação: Lassina Traoré
O atacante de Burkina Faso, de 20 anos, foi contratado ao Ajax e tornou-se logo numa das maiores ameaças ofensivas dos "mineiros" ao marcar golos regularmente nas primeiras semanas da época.

Jovem a seguir: Anatolii Trubin
Guarda-redes alto e ágil, com óptimos reflexos e excelente jogo de pés, Trubin despontou na fase de grupos da época passada, tendo sido titular em cinco dos seis jogos do Shakhtar e não sofrendo golos em três deles. Desde então, o jovem de 20 anos estreou-se pela Ucrânia e fez parte dos convocados para o UEFA EURO 2020, embora não tenha sido utilizado.

Sabia que...?
O Shakhtar alcançou a fase de grupos pela 16ª vez, mas foi eliminado nesta etapa em 11 das 15 épocas anteriores, incluindo as três últimas.

Sheriff

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 108
Como se qualificou: "play-off" (V 3-0tot - Dinamo Zagreb)
Época passada: segunda pré-eliminatória (D 1-2 - Qarabağ)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: fase de grupos (2021/22)

Treinador: Yuriy Vernydub
Capitão da equipa do Zenit que conquistou a Taça da Rússia em 1998/99, o técnico ucraniano conduziu por duas vezes o Zorya Luhansk à fase de grupos da UEFA Europa League, antes de ganhar o título bielorrusso de 2020 à frente do Shakhtyor Soligorsk. Chegou ao Sheriff em Janeiro de 2021 e levou-o a mais um sucesso na liga da República da Moldávia.

Jogador-chave: Frank Castañeda
Melhor marcador da primeira divisão da Moldávia com 28 golos em 2020/21, o avançado colombiano é excelente a encontrar espaço na área e adora atacar pelas laterais para marcar. Foi uma ameaça constante nas pré-eliminatórias a caminho da fase de grupos.

Principal contratação: Henrique Luvannor
Amado no Sheriff, o atacante nascido no Brasil passou três épocas completas no clube no início da década de 2010 e foi o melhor marcador em 2014/15, com 26 golos. Regressou à Moldávia neste Verão após sete épocas a jogar nos Emirados Árabes Unidos e os golos começaram a fluir novamente.

Jovem a seguir: Keston Julien
Nascido em Port of Spain, o internacional de Trindade e Tobago saiu de casa ainda adolescente para assinar pelo Trenčín. Tendo rumado ao Sheriff em 2020, o lateral-esquerdo conquistou um título na sua primeira época na Moldávia e está pronto para a sua primeira campanha nas competições de clubes da UEFA.

Sabia que...?
Desde que se sagrou campeão da Divisia A pela primeira vez em 2000/01, o Sheriff perdeu o título apenas por duas vezes e ganhou 19 no total. É a primeira equipa moldava a chegar à fase de grupos.

Sporting CP

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 32
Como se qualificou: campeão português
Época passada: "play-off" da UEFA Europa League (D 1-4 - LASK)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: quartos-de-final (1982/83)

O Sporting ergue o troféu da Liga portuguesa
O Sporting ergue o troféu da Liga portuguesaAFP via Getty Images

Treinador: Rúben Amorim
Amorim chegou ao Sporting em Março de 2020 com apenas 13 jogos de experiência na primeira divisão como treinador do Braga, pelo qual, ainda assim, conquistou a Taça da Liga. Decorridos pouco mais de 12 meses sobre a chegada a Alvalade, o antigo médio português, de apenas 36 anos, conduziu o clube ao seu primeiro título na Liga em 19 anos. Fê-lo estabelecendo o recorde de mais jogos seguidos sem perder numa única época no campeonato, 32. Pelo caminho, ganhou novamente a Taça da Liga, frente à antiga equipa, a qual derrotou também na Supertaça no início de 2021/22.

Jogador-chave: Sebastián Coates
Eleito o Jogador do Ano de 2020 no Sporting, Coates foi o patrão de uma defesa que sofreu apenas 20 golos e que também não encaixou qualquer tento em 20 das 34 partidas da Liga. O jogador de 30 anos, que já ultrapassou as 40 internacionalizações pelo Uruguai, é igualmente dominador nos lances pelo ar nas duas áreas.

Principal contratação: Ricardo Esgaio
Com um Verão relativamente tranquilo para o Sporting no mercado de transferências, o regresso ao clube do lateral-direito de 28 anos pode revelar-se uma aposta inteligente depois de ter passado quatro épocas no Braga, ao serviço do qual ganhou experiência e conquistou taças nacionais em anos consecutivos.

Jovem a seguir: Pedro Gonçalves
Pedro Gonçalves tinha marcado apenas sete golos na sua carreira, pelo Famalicão, antes de ingressar no Sporting, em Agosto de 2020, mas terminou a primeira época no gigante de Lisboa como o melhor marcador da Liga, com 23 remates certeiros. O jogador de 23 anos começou a presente temporada novamente em alta, isto depois de ter somado as duas primeiras internacionalizações por Portugal em Junho.

Sabia que...?
O Sporting ultrapassou a fase de grupos em apenas uma das suas oito tentativas na era da Champions League.

Villarreal (ESP)

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 22
Como se qualificou: vencedor da UEFA Europa League
Época passada: vencedor da UEFA Europa League (V - Man. United, após penáltis)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: meias-finais (2005/06)

Veja como o Villarreal ganhou a final da Europa League

Treinador: Unai Emery
O antigo técnico de Almería e Valência tornou sua a UEFA Europa League ao vencer três títulos pelo Sevilha. Levou o Paris à conquista da “dobradinha" com a liga e a taça em 2018 e o Arsenal a uma final europeia um ano depois, antes de ingressar no Villarreal no Verão de 2020.

Jogador-chave: Gerard Moreno
Apontou 20 golos em 2019/20 e 30 na época passada, em todas as competições. Melhor marcador espanhol no campeonato em ambas as campanhas, o jogador de 29 anos ganhou lugar de destaque na selecção espanhola graças a estes bons desempenhos.

Principal contratação: Boulaye Dia
O ponta-de-lança senegalês de 24 anos teve uma época de afirmação no Reims ao marcar 16 golos e somar as suas cinco primeiras internacionalizações. A avaliar pelo jogo da Supertaça Europeia da UEFA, pode bem ser o parceiro ideal para Moreno no ataque.

Jovem a seguir: Yeremi Pino
O talentoso médio-ofensivo estreou-se no Villarreal na época passada, dois dias após completar 18 anos, e desde então é presença assídua na equipa. Terminou a campanha com sete golos em 36 jogos e tornou-se no mais jovem jogador espanhol a ser titular numa final europeia.

Sabia que...?
O "submarino amarelo" derrotou o Manchester United no desempate por penáltis, por 11-10, para conquistar o seu primeiro título europeu, na final da Europa League da época passada. Mas para Unai Emery foi o quarto triunfo na competição, um registo recorde para um treinador.

Wolfsburgo

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 103
Como se qualificou: quarto na Alemanha
Época passada: "play-off" da UEFA Europa League (D 1-2 - AEK Atenas)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: quartos-de-final (2015/16)

Resumo: veja como o Wolfsburgo surpreendeu o Real Madrid

Treinador: Mark van Bommel
Presença habitual na UEFA Champions League pelo Barcelona e pelo Bayern, o técnico de 44 anos assumiu o cargo no Wolfsburgo este Verão, depois de um ano à frente de um dos seus antigos clubes, o PSV Eindhoven. O antigo treinador das selecções jovens dos Países Baixos substituiu Oliver Glasner após a saída deste para o Frankfurt.

Jogador-chave: Wout Weghorst
Após dois anos de sucesso no AZ Alkmaar, o "gigante" Weghorst (1,97 metros de altura) arrepiou caminho no seu percurso após a transferência para o Wolfsburgo em 2018, tendo apontado mais de 50 golos na Bundesliga nas suas três primeiras épocas. Participou igualmente nos quatro jogos dos Países Baixos no EURO 2020 e marcou à Ucrânia.

Principal contratação: Lukas Nmecha
O extremo de 23 anos passou metade da época emprestado ao Wolfsburgo em 2019 e agora assinou contrato de longo prazo com o Manchester City. Filho de mãe alemã e pai nigeriano, Nmecha jogou por Inglaterra nas selecções jovens, mas optou depois pela Alemanha e marcou quatro golos no EURO Sub-21 realizado este ano, incluindo o tento da final contra Portugal.

Jovem a seguir: Ridle Baku
Um dos homens-chave da Alemanha na vitória no EURO Sub-21 de 2021, o lateral-direito Baku foi uma das estrelas da final contra Portugal. Teve a sua primeira internacionalização pela selecção principal da Alemanha em Novembro de 2020 e espera-se que tenha um futuro brilhante sob o comando de Hansi Flick.

Sabia que...?
Desde que o Wolfsburgo venceu a Bundesliga em 2008/09, apenas dois outros clubes conquistaram o título da Alemanha: Dortmund (duas vezes) e Bayern (dez).

Young Boys

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 42
Como se qualificou: "play-off" (V 6-4tot - Ferencváros)
Época passada: terceira pré-eliminatória (D 0-3 - Midtjylland)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: meias-finais (1958/59)

Treinador: David Wagner
Antigo colega de equipa em Mainz do técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, o ex-técnico do Huddersfield e do Schalke apresentou-se na Suíça no início do Verão e conseguiu logo guiar o Young Boys a um lugar na elite da Europa pela primeira vez desde 2018.

Jogador-chave: Vincent Sierro
O médio alto e elegante faz o YB funcionar. Inteligente com a bola, Sierro tornou-se indispensável no meio-campo da equipa helvética desde que deixou o Friburgo em 2019.

Principal contratação: Wilfried Kanga
Chegado do Kayserispor, o avançado mas deve lutar com Meschack Elia, Jordan Siebatcheu e Nicolas Moumi Ngamaleu por um lugar na dinâmica linha de ataque do YB.

Jovem a seguir: Cédric Zesiger
Autor do golo inaugural do triunfo do YB na segunda mão do "play-off", em Budapeste, o defesa-central tem crescido muito desde que se tornou o líder da jovem defesa da equipa na ausência do capitão Fabian Lustenberger devido a lesão.

Sabia que...?
Fundado em Berna, o nome do Young Boys baseou-se no dos Old Boys, com sede em Basileia. O YB conquistou os últimos quatro títulos suíços, mas o triunfo em 2017, que deu início a essa série de sucessos, foi o primeiro desde 1986.

Zenit

Ranking da UEFA (final de 2020/21): 28
Como se qualificou: campeão russo
Época passada: fase de grupos (quarto lugar)
Melhor na Taça dos Campeões Europeus: oitavos-de-final (2011/12, 2013/14, 2015/16)

Cinco grandes golos do Zenit na Champions League

Treinador: Sergei Semak
Cinco vezes campeão russo como jogador, Semak enveredou pela carreira de técnico em 2013. Após passagens como adjunto no Zenit e na selecção da Rússia, assumiu em exclusivo o comando do Ufa em 2017/18, levando-o ao sexto lugar - a melhor classificação de sempre do clube na primeira divisão. Treinador do Zenit desde Maio de 2018, conduziu o clube pelo qual jogou à conquista de três campeonatos seguidos.

Jogador-chave: Sardar Azmoun
A viver o seu auge aos 26 anos, Azmoun é uma das maiores ameaças ofensivas do Zenit e também um dos melhores marcadores de sempre da selecção do Irão. Com 17 golos, foi o artilheiro-mor da Liga russa de 2019/20 e marcou mais 19 na época passada, tendo terminado a campanha apenas a um golo do seu companheiro de ataque no Zenit, Artem Dzyuba.

Principal contratação: Claudinho
Recém-vencedor da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos com o Brasil, o médio-ofensivo de 24 anos chegou ao Zenit vindo do Bragantino. Não conquistou nenhum troféu no Brasil, mas foi o melhor marcador do campeonato em 2020, em igualdade, com 18 golos.

Jovem a seguir: Kirill Kravtsov
Produto da academia do Zenit, o jogador de 19 anos estreou-se na liga na Primavera de 2021 e luta por um lugar como titular na equipa de Semak, apesar da forte competição no meio-campo.

Sabia que...?
A Arena de São Petersburgo, casa do Zenit, vai receber a final  da UEFA Champions League em 2022. Foi também palco de sete jogos do UEFA EURO 2020.