O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Ferran Torres sobre o Chelsea, Guardiola e a mentalidade para a final da UEFA Champions League

O goleador do City na UEFA Champions League 2020/21 diz que os "blues" têm sido "um problema esta época" para a sua equipa.

Ferran Torres celebra após marcar nesta edição da UEFA Champions League
Ferran Torres celebra após marcar nesta edição da UEFA Champions League Manchester City FC via Getty Ima

Contratado esta época, Ferran Torres protagonizou uma óptima época de estreia pelo Manchester City, já com dois títulos ganhos e a final da UEFA Champions League para disputar, prova onde já marcou quatro golos.

A mentalidade vencedora do jovem de 21 anos tem sido visível, mas diz ao UEFA.com que continua a aprender com Pep Guardiola e que está determinado a que o City mostre o que vale no jogo com o Chelsea.

Sobre a tatuagem "nunca desistir"

Todos os golos do Man. City rumo à final
Todos os golos do Man. City rumo à final

Significa mesmo isso, recusar-me a desistir sejam quais forem as circunstâncias e o que aconteça. É preciso estar à altura dos acontecimentos e dar a volta aos problemas. E também acho que essa deva ser a mentalidade de um jogador, para tentar ser o melhor que conseguir. É assim que eu encaro a minha profissão.

Sobre trabalhar com Pep Guardiola

Quem quer ser o melhor, tem de trabalhar com os melhores, e neste momento ele é o melhor treinador do Mundo, não só pelo que já consegui mas também por aquilo que tem feito no City. A forma como ele trabalha individualmente com os jogadores é incrível. Se ele precisar de ficar mais meia-hora após o treino até que um jogador acerte, ele fica. Vive para o futebol e isso faz toda a diferença.

O Valência de Torres empatou 2-2 com o Chelsea em 2019
O Valência de Torres empatou 2-2 com o Chelsea em 2019Getty Images

A mim já me transformou num jogador completamente diferente. Dantes só jogava numa posição e agora consigo fazer três se for preciso.

Sobre rotinas pré-final

Para mim nada muda. Mas quando se acorda nesse dia, sabe-se logo que é um dia especial. Mas acho que deve ser abordado da forma mais calma possível e manter a concentração. Eu não tenho rituais, mas quem os tiver, se eles ajudarem a preparar-se para uma final, devem fazê-los.

Sobre o Chelsea e o objectivo da "tripla"

City e Chelsea prontos para o duelo final
City e Chelsea prontos para o duelo final

É uma equipa chata, no bom sentido, pois pressiona bastante. Não é apenas uma equipa de contra-ataque e tenta roubar a bola o mais rapidamente possível. O City baseia a sua forma de jogar na posse de bola, e eles têm feito um bom trabalho contra nós, tanto assim é que ganharam-nos duas vezes recentemente. E numa final da [UEFA] Champions League tudo pode acontecer.

Somos uma das melhores equipas do Mundo, por isso temos de tentar ganhar tudo. Já conseguimos a Premier League, que é uma prova muito complicada, e a Taça da Liga. Se conseguíssemos conquistar a Champions League seria o corolário perfeito de uma época notável. Por o clube não ter nenhuma, isso motiva-nos ainda mais e ficamos mais entusiasmados com este jogo.