O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão do Manchester City - Chelsea: onde ver, "onzes", notícias das equipas

Onde ver na TV, "onzes" e declarações dos protagonistas antes da final da UEFA Champions League entre Manchester City e Chelsea.

UEFA.com

O Manchester City defronta o Chelsea na final da UEFA Champions League, no sábado, dia 29 de Maio, às 20h00 (de Portugal Continental).

 
Onde ver o jogo na TV

Os adeptos podem consultar aqui o seu parceiro de transmissão local da UEFA Champions League.

"Onzes" prováveis

City e Chelsea preparados para a grande final
City e Chelsea preparados para a grande final

Manchester City: Ederson; Walker, Stones, Rúben Dias, Zinchenko; Bernardo Silva, Gündoğan, Foden; Mahrez, De Bruyne, Sterling

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Thiago Silva, Rüdiger; James, Jorginho, Kanté, Chilwell; Havertz, Werner, Mount

Como chegou até aqui

Manchester City
Registo: V11 E1 D0 GM25 GS4
Melhores marcadores: Riyad Mahrez, Ferran Torres (4)
Meias-finais: 4-1 frente ao Paris
Quartos-de-final: 4-2 frente ao Dortmund
Oitavos-de-final: 4-0 frente ao Mönchengladbach
Grupo C: vencedor

Veja todos os golos do Chelsea até agora
Veja todos os golos do Chelsea até agora

Chelsea
Registo: V8 E3 D1 GM22 GS4
Melhor marcador: Olivier Giroud (6)
Meias-finais: 3-1 frente ao Real Madrid
Quartos-de-final: 2-1 frente ao Porto
Oitavos-de-final: 3-0 frente ao Atlético
Grupo E: vencedor

Guia de forma

Manchester City
Forma: VDVDVV
Último jogo: Man. City 5-0 Everton, 23/05
Ponto de situação final: vencedor da Premier League, vencedor da Taça da Liga

Man. City - Chelsea ao minuto


Chelsea

Forma: DVDDVV
Último jogo: Aston Villa 2-1 Chelsea, 23/05
Ponto de situação final: 4º na Premier League

Porque é candidato ao triunfo final?

Todos os golos do Man. City a caminho da final
Todos os golos do Man. City a caminho da final

Thomas Tuchel pode ter levado a melhor sobre Josep Guardiola no campeonato e na Taça de Inglaterra nos últimos dois meses, mas a última vez que o treinador catalão utilizou o seu sistema com um falso nº9 frente ao Chelsea, os Citizens venceram sem mácula. Este último encontro deve ser mais cauteloso, dado o que está em jogo, mas se o City conseguir reproduzir os níveis de qualidade e maturidade demonstrados na vitória das meias-finais, sobre o Paris, o título poderá ser mais do que um sonho.
Matthew Howarth, repórter do Man. City

O Chelsea tem o que é preciso para vencer? Claro que sim. Os Blues já enfrentaram o City duas vezes e venceram ambas, uma meia-final da Taça de Inglaterra e um confronto da Premier League em Manchester. Não obstante a descida de forma recente, Thomas Tuchel tornou a equipa difícil de bater, tendo como base uma defesa sólida. O último toque no outro lado do campo é que continua a ser o principal problema, mas há talento e competência suficientes e basta que algum deles resolva destacar-se e o troféu pode ir mesmo para Londres, em vez de Manchester.
 Jon Phipps, repórter do Chelsea  

Declarações

Embates entre equipas inglesas
Embates entre equipas inglesas

Josep Guardiola, treinador do Man. City: "Lutámos juntos e agora estamos na final da Champions League, e isto soa tão bem. As pessoas pensam que é fácil chegar à final da Champions League. Agora que conseguimos lá chegar, faz sentido o trabalho que o clube desenvolveu nos últimos quatro ou cinco anos. Estes rapazes têm sido consistentes de forma regular e isso é notável."

Phil Foden, médio do Man. City: "Sabemos para o que estão preparados agora, e que a final vai ser um desafio mesmo muito exigente. Mas é um só jogo e tudo pode acontecer."

Thomas Tuchel, treinador do Chelsea: "Quando somos novos, sonhamos com estes jogos e pensamos que são como a Lua - estão muito, muito longe de nós. Não tenho problemas em dizer que Bayern e Man. City são a referência da época passada e da actual, respectivamente. Estamos a tentar encurtar a diferença que nos separada deles, e o positivo é que, no futebol, isso pode acontecer em apenas 90 minutos."

César Azpilicueta, capitão do Chelsea: "Já defrontámos o Manchester City muitas vezes, mas agora será numa final da Champions League. Vamos entrar em campo com tudo, confiantes nas nossas capacidades. Sabemos que vai ser preciso trabalhar muito para chegar à vitória, mas estamos prontos para isso."