O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Raphaël Varane fala sobre o que o inspira

"Quanto mais difícil for o desafio, mais eu gosto", diz o imperturbável defesa francês do Real Madrid.

Raphaël Varane venceu quatro vezes a UEFA Champions League no Real Madrid
Raphaël Varane venceu quatro vezes a UEFA Champions League no Real Madrid Real Madrid via Getty Images

Vencedor do Campeonato do Mundo da FIFA pela França e quatro vezes campeão da UEFA Champions League pelo Real Madrid, Raphaël Varane mantém aceso o desejo de continuar a ter sucesso no futebol.

O imperturbável defesa-central de 27 anos construiu uma enorme reputação ao longo de uma década passada no Santiago Bernabéu, mas numa altura em que se prepara para o confronto dos quartos-de-final diante do Liverpool, continua a inspirar-se nas memórias de enfrentar o seu irmão mais velho durante a infância, em Lille.

Embates entre Liverpool e Real Madrid  ao longo dos anos
Embates entre Liverpool e Real Madrid ao longo dos anos

Pressão, mentalidade e motivação

Para mim, a pressão é amiga. É uma força motriz. Acho que a pressão te faz melhor. Dá-te adrenalina e ajuda-te a pensar mais rápido, a estar mais focado e a experimentar o jogo com mais intensidade. Eu diria que a pressão assustadora deve motivar-te, pois corres mais rápido quando estás com medo!

Não acho que o meu estilo de jogo faça pensar imediatamente que sou um guerreiro. Mas penso que tenho uma mentalidade de guerreiro. Gosto muito de desafios. Quanto mais difícil for o desafio, mais eu gosto. Quanto menos acreditarem em mim, mais motivado fico. Essa é a minha maneira de ser e de pensar, e isso é o que me ajudou a chegar ao mais alto nível e a permanecer lá por vários anos.

Final de 2018: Real Madrid 3-1 Liverpool
Final de 2018: Real Madrid 3-1 Liverpool

Vencer o irmão e melhorar

O desafio diário para mim era tentar vencer o meu irmão mais velho para chegar ao nível dele e melhorar. Chorava se não cumprisse os meus objectivos. Por isso, essa pressão para ganhar e superar-me sempre fez parte de mim desde criança, e estará comigo durante toda a minha vida.

Valerá a pena toda essa pressão quando conseguimos erguer um grande troféu como a Champions League? Sim! Vale a pena. Empenhamo-nos muito. Quando se joga a mais alto nível, estamos constantemente a questionarmos a nós próprios, a esforçar os nossos limites e a tentar estar mais concentrado e ser melhor. É difícil estar sempre ao nível mais alto porque requer muito esforço.