O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA Champions League: fase de grupos 2020/21 em números

O UEFA.com apresenta as estatísticas e os factos mais relevantes de mais uma fase de grupos emocionante.

Álvaro Morata e Cristiano Ronaldo fixaram marcas pessoais na campanha da Juventus na fase de grupos
Álvaro Morata e Cristiano Ronaldo fixaram marcas pessoais na campanha da Juventus na fase de grupos Juventus FC via Getty Images

4 A vitória do Paris no terreno do Manchester United, a 2 de Dezembro, foi o primeiro confronto directo na história da competição com vitórias da equipa visitante nos primeiros quatro jogos.

6 A goleada por 6-0 do Mönchengladbach em casa do Shakhtar, na terceira jornada, igualou a sua maior vitória fora na Taça dos Campeões/UEFA Champions League. A primeira aconteceu em Setembro de 1970 frente ao EPA Larnaca.

Resumo: Atalanta 0-5 Liverpool
Resumo: Atalanta 0-5 Liverpool

6 Ronald Koeman, do Barcelona, tornou-se no quinto treinador a orientar pelo menos seis equipas na UEFA Champions League, ficando atrás de Carlo Ancelotti (oito), Claudio Ranieri, José Mourinho e Rafael Benítez (seis cada).

8 Em Mönchengladbach, na segunda jornada, o Real Madrid recuperou de dois golos de desvantagem para vencer ou empatar um jogo da UEFA Champions League pela oitava vez, o dobro em relação a Manchester United, Lyon, Arsenal, CSKA Moscovo e Juventus.

11 Na vitória por 2-1 do İstanbul Başakşehir sobre o Manchester United, Martin Škrtel venceu um jogo na UEFA Champions League pela primeira vez nos últimos 11 anos e 49 dias (o anterior tinha sido o Liverpool-Debrecen, em 2009). É o segundo maior intervalo entre triunfos na competição desde Denny Landzaat (14 anos e 227 dias, entre 1996 e 2010).

13 O Marselha estabeleceu um recorde negativo de 13 derrotas consecutivas na UEFA Champions League antes da vitória sobre o Olympiacos, por 2-1, na quinta ronda.

13 O Barcelona terminou como primeiro do seu grupo durante 13 épocas seguidas antes de ser ultrapassado pela Juventus na sexta ronda e falhar o feito pela 14ª temporada.

15 O Bayern estabeleceu uma nova série de 15 vitórias consecutivas na UEFA Champions League, igualando a marca do Atlético numa única competição europeia (no caso a UEFA Europa League). Os espanhóis negaram depois ao Bayern o recorde absoluto na quinta jornada.

Resumo: Barcelona 0-3 Juventus
Resumo: Barcelona 0-3 Juventus

16 Karim Benzema e Lionel Messi juntaram-se a Ryan Giggs como os únicos jogadores a marcarem em 16 campanhas da UEFA Champions League. No entanto, apenas Benzema e Messi o conseguiram de forma consecutiva.

16 Erling Haaland marcou mais quatro golos e chegou aos 16 nos seus primeiros 12 jogos na UEFA Champions League. Nenhum outro jogador conseguiu mais do que 11 nos eus seus 12 jogos iniciais (Adriano).

17 O Barcelona tornou-se na primeira equipa a ter dois marcadores de golos com 17 anos ou menos num jogo da UEFA Champions League. No caso foram Ansu Fati e Pedri, autores de tentos na vitória sobre o Ferencváros, na primeira jornada.

20 Ao marcar frente ao Olympiacos na ronda inaugural, Ferrán Torres (20 anos e 248 dias), do Manchester City, tornou-se no terceiro jogador mais jovem a marcar em quatro jogos seguidos na UEFA Champions League, atrás de Kylian Mbappé (18 anos e 120 dias) e Erling Haaland (19 anos e 107 dias).

20 Neymar tornou-se no primeiro jogador na história da Taça dos Campeões/UEFA Champions League a marcar 20 golos por duas equipas diferentes (Barcelona e Paris).

Resumo: Paris 5-1 Başakşehir
Resumo: Paris 5-1 Başakşehir

21 Aos 21 anos e 11 meses, Kylian Mbappé tornou-se no jogador mais jovem a apontar 20 golos na UEFA Champions League, melhorando a marca fixada por Lionel Messi (22 anos e 8 meses).

25 O Real Madrid qualificou-se para a fase a eliminar em todas as suas 25 participações na UEFA Champions League.

26 Na sexta jornada, o avançado Youssoufa Moukoko (16 anos e 18 dias), do Dortmund, tornou-se no jogador mais jovem a alinhar na UEFA Champions League. O recorde anterior pertencia a Céléstine Babayaro (16 anos e 87 dias) e durou mais de 26 anos.

27 Na recepção ao Leipzig, Marcus Rashford tornou-se no quinto jogador a apontar um "hat-trick" na UEFA Champions League como suplente utilizado. Desse quinteto, foi o que demorou menos tempo a consegui-lo: 27 minutos.

34 Frente ao Sevilha, na quinta jornada, Olivier Giroud (34 anos e 63 dias) tornou-se no jogador mais velho a marcar um "hat-trick" na UEFA Champions League e o mais velho a consegui-lo na competição desde Ferenc Puskás (38 anos e 173 dias), do Real Madrid, frente ao Feyenoord, em Setembro de 1965. Foi também a 17ª vez que um jogador marcou quatro ou mais golos num jogo na era da UEFA Champions League.

35 Na vitória do İstanbul Başakşehir sobre o Manchester United, por 2-1, na terceira jornada, Demba Ba (35 anos e 163 dias) tornou-se no segundo jogador africano mais velho a marcar na UEFA Champions League, ficando apenas atrás de Didier Drogba (36 anos e 259 dias).

Resumo: Sevilha 0-4 Chelsea
Resumo: Sevilha 0-4 Chelsea

40 Na sexta jornada, Neymar (65 jogos) tornou-se no quarto jogador mais rápido a marcar 40 golos na UEFA Champions League, após Ruud van Nistelrooy (45 jogos), Lionel Messi e Robert Lewandowski (ambos 61).

53 Na primeira jornada, frente ao Dínamo Kiev, o avançado da Juventus, Álvaro Morata, marcou o seu primeiro bis na UEFA Champions League ao fim de 53 jogos na competição. Na terceira jornada, frente ao Ferencváros, voltou a bisar.

59 Na visita do Manchester City ao Porto, na quinta jornada, uma equipa comandada por Pep Guardiola empatou pela primeira vez a zero na UEFA Champions League ao fim de 59 jogos. A ocasião anterior tinha sido em Fevereiro de 2015, frente ao Shakhtar, quando estava ao serviço do Bayern.

75 Na primeira jornada, Mircea Lucescu, do Dínamo Kiev, tornou-se no treinador mais velho a orientar uma equipa na UEFA Champions League, com 75 anos e 83 dias.

94 Na vitória por 2-1 na visita ao Krasnodar, na quarta jornada, Ivan Rakitić marcou o golo mais rápido do Sevilha na UEFA Champions League (três minutos e 52 segundos) e Munir apontou o mais tardio (94 minutos e dez segundos).

133 O "hat-trick" de Irfan Can Kahveci pelo İstanbul Başakşehir frente ao Leipzig, na quinta jornada, foi o 133º na competição, mas apenas a terceira vez que um autor de três golos acabou por perder o jogo em causa. Os primeiros tinham sido Ronaldo (Real Madrid), frente ao Manchester United, em Abril de 2003, e Gareth Bale (Tottenham), diante do Inter, em Outubro de 2010. Foi também o primeiro "hat-trick" com golos de fora da área desde Wayne Rooney na vitória do Manchester United sobre o Fenerbahçe, em Setembro de 2004.

Resumo: İstanbul Başakşehir 3-4 Leipzig
Resumo: İstanbul Başakşehir 3-4 Leipzig

137 Na quarta jornada, o Liverpool perdeu em casa por mais de um golo pela primeira vez nos últimos 137 jogos com Jürgen Klopp como treinador. Foi também a maior derrota do clube desde Agosto de 2015, então com Brendan Rodgers como treinador, quando perdeu por 3-0 com o West Ham na Premier League.

750 Na quinta jornada, frente ao Dínamo Kiev, Cristiano Ronaldo marcou o golo 750 da sua carreira, por clube e selecção nacional. Foi também o seu primeiro tento na UEFA Champions League frente a esse adversário desde 7 de Novembro de 2007 (13 anos e 25 dias), o maior intervalo entre golos diante do mesmo oponente na história da UEFA Champions League.