Antevisão da Champions League: Destaques de quarta-feira

O FC Porto joga uma cartada importante em Marselha, com o Real Madrid a visitar o Inter.

AFP via Getty Images

A situação é complicada para o Inter, enquanto Bayern e Liverpool estão no extremo oposto. Conheça os destaques para o fecho da quarta ronda.

Participe no Fantasy Football

Jogos de quarta-feira (clique para acompanhamento em directo)*

Grupo A: Atlético de Madrid - Lokomotiv Moscovo
Grupo A: Bayern - Salzburgo
Grupo B: Mönchengladbach - Shakhtar Donetsk (17h55 GMT)
Grupo B: Inter - Real Madrid
Grupo C: Olympiacos - Manchester City (17h55 GMT)
Grupo C: Marselha - Porto
Grupo D: Liverpool - Atalanta
Grupo D: Ajax - Midtjylland

*20h00 GMT salvo indicação em contrário

Bayern não se cansa de recordes

Os melhores golos da terceira jornada da Champions League
Os melhores golos da terceira jornada da Champions League

Na época passada o Bayern arrasou em termos estatísticos e não mostra sinais de abrandar, detendo já uma série vitoriosa sem precedentes no torneio. Só que a vitória por 6-2 sobre o Salzburgo não tranquilizou por completo. "Foi um jogo incrível para os adeptos neutros, mas não tanto para mim", disse Hansi Flick.

Inter faz contas à vida

Último do seu grupo, o Inter tem o apuramento em risco, fruto de dois empates e uma derrota. "Jogamos bem mas cometemos sempre alguns erros que saem caros", desabafou Lautaro Martínez, enquanto o treinador Conte faz contas: "Há nove pontos em disputa e vamos lutar por eles".

Jota em busca de mais golos e da titularidade

Resumo: Atalanta 0-5 Liverpool
Resumo: Atalanta 0-5 Liverpool

A goleada à Atalanta fez Jürgen Klopp não poupar elogios ao seu trio de ataque: "Esta noite não havia táctica que parasse Sadio [Mané], Mo [Salah] e Diogo [Jota]". Contratado esta época, Jota ameaça a titularidade de Roberto Firmino, e para isso contribuiu o "hat-trick" em Bergamo. "Esta é a melhor equipa onde já joguei", afirmou o avançado luso.

Olympiacos promete vida difícil ao Manchester City

O Olympiacos começou bem mas entretanto sofreu duas derrotas, com a imprensa grega a apontar um golo madrugador e a fraca finalização como as causas do último desaire. No entanto, apenas duas derrotas nos últimos 16 jogos europeus caseiros motivam o treinador Pedro Martins. "Se jogarmos como fizemos na segunda parte, conseguiremos retirar algo do jogo", disse.

Descarregue a app da Champions League