UEFA Champions League: 2019/20 em números

Vinte factos e figuras importantes de uma campanha única na principal competição europeias de clubes.

Robert Lewandowski foi o melhor marcador da UEFA Champions League 2019/20 com 15 golos
Robert Lewandowski foi o melhor marcador da UEFA Champions League 2019/20 com 15 golos POOL/AFP via Getty Images

4 O avançado Josip Iličić tornou-se no primeiro jogador a marcar quatro golos fora num jogo a eliminar da UEFA Champions League, no triunfo por 4-3 da Atalanta sobre o Valência, nos oitavos-de-final.

5 Erling Braut Haaland tornou-se no primeiro jovem a marcar em cinco jogos consecutivos da UEFA Champions League, num total de oito golos na fase de grupos ao serviço do Salzburgo.

Resumo da 4ª jornada: Chelsea 4-4 Ajax
Resumo da 4ª jornada: Chelsea 4-4 Ajax

8 O empate a quatro golos entre Chelsea e Ajax na fase de grupos foi o empate com mais golos na história da competição.

8-2 A goleada do Bayern ao Barcelona foi o resultado mais volumoso num jogo a eliminar da UEFA Champions League, e também a primeira vez que o Barça sofreu seis ou mais golos num jogo europeu.

10 Foram apontados dez "hat-tricks" nesta edição da UEFA Champions League, um recorde, três dos quais incluídos nos quatro golos num só jogo de Serge Gnabry, Robert Lewandowski e Josip Iličić.

10 A eliminação da Juventus pelo Lyon nos oitavos-de-final significa que Cristiano Ronaldo falhou os quartos-de-final pela primeira vez nas últimas dez épocas.

11 O Bayern ganhou os 11 jogos disputados esta época na UEFA Champions League, igualando o seu próprio recorde (2012/13–2013/14) e o do Real Madrid (2013/14–2014/15) de vitórias consecutivas na era da Champions League. Também participaram pela 11ª vez numa final da Taça dos Campeões, igualando o registo do Milan; apenas o Real Madrid (16) chegou a mais finais.

Resumo: Man. City 2-1 Real Madrid
Resumo: Man. City 2-1 Real Madrid

12 O registo recorde de vitórias de Zinédine Zidane na fase a eliminar da UEFA Champions League como treinador terminou quando o Real Madrid foi eliminado pelo Manchester City nos oitavos-de-final.

13 O Barcelona venceu o seu grupo pela 13ª temporada seguida, um recorde, e também atingiu os quartos-de-final pela 13ª vez seguida, mais um máximo da competição.

15 Robert Lewandowski apontou 15 golos nesta edição da UEFA Champions League, tendo ficado apenas a dois do recorde fixado por Cristiano Ronaldo em 2013/14. O avançado do Bayern também marcou em nove jogos consecutivos da prova e, também nesse aspecto, ficou a dois do máximo de Ronaldo.

15 Esta época Lionel Messi e Karim Benzema tornaram-se nos primeiros jogoadores a marcar em 15 épocas consecutivas na UEFA Champions League.

17 A Atalanta tornou-se no primeiro clube nas últimas 17 épocas a ultrapassar a fase de grupos após derrotas nas três primeiras jornadas, igualando o feito do Newcastle United em 2002/03.

Resumo: Inter 1-2 Barcelona
Resumo: Inter 1-2 Barcelona

17 Ao marcar no triunfo por 2-1 do Barcelona sobre o Inter, em Dezembro, Ansu Fati tornou-se no mais jovem marcador na história da UEFA Champions League (17 anos e 40 dias).

23 O Real Madrid prolongou o seu próprio recorde de presenças consecutivas na UEFA Champions League, ao disputar a 23ª época. Vinte e três foi também o número de vezes seguidas que atingiu a fase a eliminar, um registo sem precedentes.

32 Julian Nagelsmann, do Leipzig, estabeleceu um novo recorde como treinador mais jovem a vencer um jogo na fase a eliminar da UEFA Champions League, no triunfo da sua equipa sobre o Tottenham Hotspur nos oitavos-de-final.

34 O Paris Saint-Germain marcou nos últimos 34 jogos na UEFA Champions League, igualando o recorde fixado pelo Real Madrid entre 2011 e 2014.

43 O Bayern estabeleceu um novo recorde para golos marcados numa campanha da UEFA Champions League desde que a segunda fase de grupos foi substituída pelos oitavos-de-final, com uma média de 3,91 golos por jogo.

308 Foram marcados 308 golos, um número sem precedentes, na fase de grupos, incluindo outro recorde, desta vez por grupo, graças aos 53 conseguidos no Grupo B.

426 A final desta época disputou-se 426 dias após o início da fase de qualificação.