Leipzig 0-3 Paris: Franceses implacáveis rumo a final inédita

O Paris está pela primeira vez na final da UEFA Champions League, após um triunfo claro sobre o adversário alemão.

Ángel Di María e Neymar celebram após combinarem para o segundo golo do Paris
Ángel Di María e Neymar celebram após combinarem para o segundo golo do Paris Getty Images

Os golos de Marquinhos, Ángel Di María e Juan Bernat deram ao Paris um triunfo fácil sobre o Leipzig, por 3-0, que vale a primeira presença na final da UEFA Champions League.

Leipzig - Paris: como tudo aconteceu

O jogo em poucas palavras

Marquinhos dá vantagem ao Paris
Marquinhos dá vantagem ao ParisPOOL/AFP via Getty Images

O Paris terá questionado se esta seria a sua noite quando Neymar rematou ao poste no início do jogo, mas foi preciso esperar apenas 13 minutos para Marquinhos corresponder com um bom cabeceamento a um livre de Ángel Di María e dar vantagem à equipa de Thomas Tuchel.

Neymar voltou a ver um golo negado pelo mesmo poste, desta vez na cobrança de um livre na direita a 40 metros da baliza, antes da equipa da Ligue 1 aumentar a vantagem pouco antes do intervalo. Leandro Paredes interceptou um passe do guarda-redes do Leipzig, Péter Gulácsi, e foi rápido a cruzar para um desvio de calcanhar de Neymar que deu o golo a Di María.

Di María fez nova assistência na segunda parte, quando aproveitou uma perda de bola de Nordi Mukiele e fez o passe para Juan Bernat bater Gulácsi de cabeça.

Melhor em campo: Ángel Di María (Paris)

A maior estrela do jogo de terça-feira
A maior estrela do jogo de terça-feira

Roberto Martínez, observador técnico da UEFA: "Trouxe um ritmo diferente ao ataque do Paris. O seu pé esquerdo traz muita qualidade à equipa e o entendimento com Neymar e Kylian Mbappé leva o Paris para um patamar diferente do que vimos frente à Atalanta. Os três atacantes foram muito altruístas na forma de jogar e como trabalharam. Com duas assistências e um golo, Di María teve um grande contributo para a sua equipa".

Conheça todos os Melhores em Campo oficiais da UEFA Champions League.

Reacções

O Paris festeja no final do encontro
O Paris festeja no final do encontroGetty Images

Ángel Di María, melhor em campo: “Estamos muito felizes. É uma estreia para o clube. Trabalhámos muito e fizemos um grande jogo. Queremos fazer história no clube. Conseguimos esta noite e estamos na final - isso é muito importante. Temos de continuar a fazer igual a esta noite para tornar o nosso sonho realidade".

Julian Nagelsmann, treinador do Leipzig: “Não seremos a primeira equipa a não travar o Neymar e não seremos os últimos. Como treinador, pensamos nos próximos desafios. Há muitas coisas positivas que levamos connosco. A atitude dos meus jogadores foi óptima. Mostrámos carácter em campo, mas é preciso aceitar quando o adversário é mais forte".

Thomas Tuchel, treinador do Paris: "Permanecemos fiéis ao nosso estilo de jogo. Nunca fiquei descontraído, mas a forma como defendemos foi o mais importante para mim. Tivemos uma boa combinação de determinação, atitude e qualidade".

Estatísticas-chave

• O Paris é o 41º clube a chegar a uma final da Taça dos Clubes Campeões Europeus
• O Paris é a primeira equipa francesa a disputar a final desde o Mónaco em 2004.
• O Paris marcou nos últimos 34 jogos na Champions League, igualando o recorde estabelecido pelo Real Madrid entre 2011 e 2014.
• Di María está perto de erguer o troféu pela segunda vez no mesmo estádio, já que foi campeão pelo Real Madrid em 2014 no Estádio do Sport Lisboa e Benfica, quado foi eleito o Melhor em Campo
• Neymar rematou três vezes ao ferro nesta edição da Champions League, um recorde que partilha com Lionel Messi.

Equipas

Leipzig: Gulácsi; Klostermann (Orban 83), Upamecano, Mukiele; Laimer (Halstenberg 62), Kampl (Adams 64), Sabitzer, Angeliño; Olmo (Schick 46), Nkunku (Forsberg 46); Y. Poulsen

Paris: Rico; Kehrer, Kimpembe, Thiago Silva, Bernat; Herrera (Verratti 83), Marquinhos, Paredes (Draxler 83); Di María (Sarabia 87), Mbappé (Choupo-Moting 86), Neymar

O que se segue?

O Paris vai defrontar Lyon ou Bayern na final. O jogo decisivo está marcado para o Estádio do Sport Lisboa e Benfica, em Lisboa, com o pontapé de saída marcado para as 20h00 GMT de Domingo, dia 23 de Agosto.

Tudo o que precisa saber sobre a final