Resumo da Champions League: Bayern só sabe vencer

Destaque da edição 2019/20, onde só soma vitórias e já marcou 27 golos, o Bayern vai encarar a segunda mão dos oitavos-de-final, frente ao Chelsea, com uma vantagem de três golos.

O Bayern ganhou todos os jogos disputados nesta edição da Champions League
O Bayern ganhou todos os jogos disputados nesta edição da Champions League

O campeão da Bundesliga está com um pé nos quartos-de-final, após um triunfo concludente na visita ao Chelsea, tentando fazer da segunda mão um jogo tranquilo.

Alterações nos regulamentos para esta época


Época até ao momento

Resumo da segunda jornada: Tottenham 2-7 Bayern
Resumo da segunda jornada: Tottenham 2-7 Bayern

Guia de forma: V7 E0 D0 GM27 GS5
Melhor marcador: Robert Lewandowski (11)

Campanha em poucas palavras: Dominante, impassível perante lesões e sempre desejoso por mais.

Vencedor do Grupo B
Bayern 3-0 Estrela Vermelha (Coman 34, Lewandowski 80, Müller 90+1)
Tottenham 2-7 Bayern (Son 12, Kane 61pen; Kimmich 15, Lewandowski 45 87, Gnabry 53 55 83 88)
Olympiacos 2-3 Bayern (El Arabi 23, Guilherme 79; Lewandowski 34 62, Tolisso 75)
Bayern 2-0 Olympiacos (Lewandowski 69, Perišić 89)
Estrela Vermelha 0-6 Bayern (Goretzka 14, Lewandowski 53pen 60 64 68, Tolisso 89)
Bayern 3-1 Tottenham (Coman 14, Müller 45, Coutinho 64; Sessegnon 20)

Oitavos-de-final

Primeira mão (25 de Fevereiro): Chelsea 0-3 Bayern (Gnabry 51 54, Lewandowski 76)

Ficando bem encaminhado para os quartos-de-final graças a uma exibição impressionante, o Bayern voltou a ter em Serge Gnabry um jogador decisivo. O extremo alemão apontou o quinto e sexto golos em Londres nesta edição da UEFA Champions League.

Opinião do perito: Jordan Maciel, repórter do UEFA.com junto do Bayern

Liderado por Robert Lewandowski, melhor marcador na Europa, o recém vencedor da "dobradinha" alemã está muitíssimo perto dos quartos-de-final, graças à vitória por 3-0 na primeira mão, em Stamford Bridge. Esse resultado, aliado à goleada por 7-2 sobre o Tottenham, finalista vencido da época passada, confirmaram as credenciais do Bayern na luta pelo título, mas esperam-no testes mais complicados se continuar em prova. Pode sonhar em repetir 2013, mas talvez o maior desafio seja recomeçar a competição, em Agosto, com o mesmo nível competitivo, já que até lá vai estar um mês sem competir.

Quem é o treinador?

Hans-Dieter Flick, treinador do Bayern
Hans-Dieter Flick, treinador do BayernGetty Images

Antigo adjunto, Hans-Dieter Flick substituiu Niko Kovač como treinador principal em Novembro de 2019. Sob o seu comando, o Bayern tem uma média de 2,74 pontos em 31 jogos oficiais, o que valeu a Flick a assinatura de um contrato até ao Verão de 2023.

Frase marcante: "Neste momento, queremos atingir os quartos-de-final. Depois veremos o que acontece, passo-a-passo".

Abordagem táctica

A intensidade elevada do Bayern, pressão rápida e desejo em manter a posse da bola têm sido fundamentais para o domínio que exercem nos adversários desde que Flick assumiu o comando técnico. Arjen Robben e Franck Ribéry são passado, mas explorar o jogo pelos flancos continua a ser essencial no estilo de jogo do Bayern, para o qual também contribui sobremaneira a capacidade de trabalho dos laterais.

Estrela: Robert Lewandowski

Thomas Müller tem sido o rei das assistências do Bayern esta época, mas os 11 golos de "Lewangoloski" fizeram do craque polaco o seu activo mais valioso.