Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Werner fala sobre ser positivo, jogar FIFA e descansar

"Precisamos de tirar o melhor proveito disto", disse Timo Werner, do Leipzig, sobre a situação actual.

Timo Werner marcou quatro golos esta época pelo Leipzig na UEFA Champions League
Timo Werner marcou quatro golos esta época pelo Leipzig na UEFA Champions League Getty Images

Apurado para os quartos-de-final da UEFA Champions League e a quatro pontos do topo da Bundesliga, o Leipzig estava a viver, provavelmente, a melhor época da sua história até ser interrompida pela COVID-19 e pelo confinamento que se lhe seguiu.

O ponta-de-lança alemão Timo Werner, de 24 anos, autor de 27 golos em 2019/20, o seu recorde numa temporada, falou ao UEFA.com sobre como ele e os seus companheiros de equipa se têm mantido ocupados.

NAGELSMANN E O ADN DO LEIPZIG


Como está a lidar com a actual situação?

Resumo: Leipzig 3-0 Tottenham
Resumo: Leipzig 3-0 Tottenham

Timo Werner: Está tudo bem comigo. Tenho saúde, tal como todos à minha volta. Precisamos de tirar o melhor proveito disto. É uma situação invulgar para todos, mas estamos lentamente a voltar ao normal e esperemos que isso também possa acontecer em breve com o futebol.

Como manteve a forma antes de voltar aos treinos? Teve dificuldade em treinar sozinho e manter a disciplina?

No início foi bom ter uns dias de férias, mas rapidamente o clube deu-nos um horário para cumprir. Fomos autorizados a treinar novamente em pequenos grupos e isso foi muito melhor do que apenas correr.

Tem em casa um jardim ou um terraço onde pôde jogar futebol?

Tenho um terraço onde fiz alguns exercícios com bola. Há espaço para isso, mas não para rematar no jardim.

Usou o tempo para dormir ou foi disciplinado e acordou cedo?

Sabitzer, Forsberg e Werner: Destaques do Leipzig
Sabitzer, Forsberg e Werner: Destaques do Leipzig

Não, dormi muito porque me deitava sempre tarde. Penso que faz parte dessa mudança não ter muito para fazer. Ficamos mais cansados e preguiçosos durante o dia, mas depois adaptamo-nos à noite para dormirmos mais. Agora que estamos novamente a treinar regularmente de manhã, está tudo lentamente a voltar ao ritmo normal.

O que acha das chamadas de vídeo com a família e os amigos? Manteve o contacto com os seus companheiros de equipa nesta altura sem sessões de treino?

Claro. Também jogámos Fortnite uns contra os outros, ou o FIFA. Fizemos chamadas pelo FaceTime no nosso grupo de chat e também alguns vídeos. Algumas brincadeiras, mas em casa casa penso que é normal. Quando se vive longe da família estamos sempre a telefonar, por isso não foi algo de novo para mim.

Teve algum contacto com o treinador?

Sim, ele envia-nos regularmente mensagens para verificar como estamos e dizer que devemos permanecer positivos e que, sem dúvida, vamos recomeçar temporada, mas nada mais além disso.

Veja o bis de Werner contra o Benfica
Veja o bis de Werner contra o Benfica

O que mais anseia quando o futebol regressar?

A melhor coisa do futebol é jogar num estádio cheio. Não teremos isso quando recomeçarmos, mas é isso que é especial e o que diferencia os profissionais dos jogadores amadores é termos 40.000 ou 50.000 pessoas no estádio a animar-nos.

Por outro lado, estamos todos entusiasmados por competir novamente. A situação não pode ser alterada e queremos retomar a época porque estabelecemos as nossas metas e temos feito bons progressos até agora.

Topo