Alinhamento dos quartos-de-final e das meias-finais

O Bayern, o Leipzig e o Paris estão nas meias-finais da UEFA Champions League, com a restante vaga a ficar decidida neste sábado.

Getty Images

Esta temporada os quartos-de-final serão disputados a uma só mão em Lisboa, Portugal. Todos os jogos terão início às 20h00 locais (GMT).

Calendário da fase final em Lisboa


|Quartos-de-final

Quarta-feira 12 de Agosto, 20h00 GMT
Atalanta 1-2 Paris, Estádio do Sport Lisboa e Benfica

Quinta-feira, 13 de Agosto, 20h00 GMT
Leipzig 2-1 Atlético, Estádio José Alvalade

Sexta-feira, 14 de Agosto, 20h00 GMT
Barcelona 2-8 Bayern, Estádio do Sport Lisboa e Benfica

Sábado, 15 de Agosto, 20h00 GMT
Manchester City - Lyon, Estádio José Alvalade

Meias-finais

Terça-feira, 18 de Agosto, 20h00 GMT
Leipzig - Paris, Estádio do Sport Lisboa e Benfica

Quarta-feira, 19 de Agosto, 20h00 GMT
Manchester City/Lyon - Bayern, Estádio José Alvalade

Final

Domingo, 23 de Agosto, 20h00 GMT
O vencedor da primeira meia-final será, por razões administrativas, considerado a equipa da casa para a final no Estádio do Sport Lisboa e Benfica.

Manchester City - Lyon

Resumo: Man. City 2-1 Real Madrid
Resumo: Man. City 2-1 Real Madrid

MANCHESTER CITY (ENG)

Ranking UEFA: 6
Esta época: J8 V6 E2 D0 GM20 GS6
Como chegou aqui: vencedor do Grupo C, 4-2 Real Madrid (oitavos-de-final)
Melhor marcador: Gabriel Jesus, Raheem Sterling (6)
Época passada: quartos-de-final
Melhor na Taça dos Campeões: meias-finais (2015/16)

Simon Hart, repórter do Man. City: O City demorou a assumir-se como candidato na competição, mas irá viajar até Lisboa sem derrotas com mais um passo seguro. Esta equipa tem um dos principais autores de passes para golo, Kevin De Bruyne, e dois avançados – Sterling e Jesus – em grande forma (e há ainda que contar com o possível regresso de Sergio Agüero). O conjunto de Pep Guardiola tem mostrado consistência e apenas regista uma derrota nos seus últimos 17 encontros na prova.

LYON (FRA)

Ranking UEFA: 17
Esta época: J8 V3 E2 D3 GM11 GS10
Como chegou aqui: segundo do Grupo G, 2-2 Juventus (golos fora, oitavos-de-final)
Melhor marcador: Memphis Depay (6)
Época passada: Oitavos-de-final
Melhor na Taça dos Campeões: meias-finais (2009/10)

David Crossan, repórter do Lyon: O Lyon teve alguma sorte na fase de grupos, mas esteve formidável frente ao campeão italiano para chegar aos quartos-de-final. Com Depay novamente disponível e de regresso aos golos (marcou em todos os jogos em que participou esta época na Champions League), e com o sistema 3-5-2 adaptado à Europa, a equipa de Anthony Lopes e companhia pode causar outra surpresa.

Semifinalistas

Bayern (GER)

Ranking UEFA: 4
Esta época: 9J 9V 0E 0D 39GM 8GS
Como chegou aqui: vencedor do Grupo B, 7-1 Chelsea (oitavos-de-final), 8-2 Barcelona
Melhor marcador: Robert Lewandowski (14)
Última época: quartos-de-final
Melhor registo na prova: 5 vezes vencedor (a mais recente em 2013)

Jordan Maciel, repórter do Bayern: Já vencedor da "dobradinha" na Alemanha, o Bayern tem estado imparável em 2020 e, com um registo perfeito nesta edição da Champions League, será com naturalidade apontado como um dos favoritos a erguer o troféu. Porém, a formação bávara não se poderá deixar levar pela euforia e, num torneio a eliminar, a um só jogo, tudo pode acontecer. Pela frente terá agora uma grande noite europeia em Lisboa, ante o Barcelona, por isso o melhor será dar um passo de cada vez.

LEIPZIG (GER)

Ranking UEFA: 32
Esta época: J9 V6 E2 D1 GM17 GS9
Como chegou aqui: vencedor do Grupo G, 4-0 Tottenham (oitavos-de-final), 2-1 Atlético (quartos-de-final)
Últimos cinco jogos: VVDEV
Melhor marcador: Timo Werner, Marcel Sabitzer (4)
Época passada: fase de grupos da Europa League
Melhor na Taça dos Campeões: quartos-de-final (2019/20)

James Thorogood, repórter do Leipzig: A postura do Leipzig ao longo da eliminatória frente ao Tottenham, finalista vencido da época passada, justifica o seu estatuto de estreante na fase a eliminar. Encontrou solução para todos os problemas que lhe apareceram pela frente. Julian Nagelsmann torna-se no treinador mais novo a atingir os quartos-de-final da UEFA Champions League, muito graças à maturidade e confiança que apresenta, tal como a sua equipa.

PARIS (FRA)

Resumo: Paris 2-0 Dortmund
Resumo: Paris 2-0 Dortmund

Ranking UEFA: 7
Esta época: J9 V7 E1 D1 GM22 GS5
Como chegou aqui: vencedor do Grupo A, 3-2 Dortmund (oitavos-de-final), 2-1 Atalanta (quartos-de-final)
Últimos cinco jogos: VEVVV
Melhor marcador: Mauro Icardi, Kylian Mbappé (5)
Época passada: oitavos-de-final
Melhor na Taça dos Campeões: meias-finais (1994/95)

Chris Burke, repórter do Paris: Na preparação para este jogo, as expectativas não eram as mais favoráveis, mas o Paris garantiu o apuramento com relativa tranquilidade. Maduro, calmo e profissional, marcou na primeira parte os golos que precisava e ficou no controlo da eliminatória, mostrando segurança defensiva após o intervalo para frustrar o Dortmund, como todos os jogadores a não pouparem esforços para conseguir o objectivo colectivo. Desta vez, as escolhas de Thomas Tuchel resultaram e o campeão gaulês finalmente quebrou a maldição dos oitavos-de-final.