Um lugar entre os 'gigantes'

Joga-se hoje a segunda mão da segunda pré-eliminatória da Liga dos Campeões. As emoções da mais importante competição de clubes estão de volta.

Meio caminho andado
Esse não será o caso do Wisla Kraków, vencedor do encontro com o FC WIT Georgia por 8-2. O Wisla será, assim, o mais que provável adversário do Real Madrid CF na terceira pré-eliminatória. No entanto, outros dois jogos terminaram com vitórias igualmente confortáveis. Assim, o Club Brugge KV obteve um triunfo sobre o campeão búlgaro, o PFC Lokomotiv Plovdiv, por 2-0, enquanto que o FC Shakhtar Donetsk venceu por 3-1 o FC Pyunic, na Arménia. Apesar da derrota, Vardan Minasyan, treinador do Pyunic, insistiu: "Podemos surpreender o Shaktar. Não temos nada a perder".

Recuperar a tempo
A apenas 15 minutos do final da partida com o BSC Young Boys, os campeões europeus em 1990/91, FK Crvena Zvezda, estavam a perder por 2-0 e reduzidos a 10 homens. No entanto, dois golos tardios de Nikola Žigic parecem ter mudado a sorte da eliminatória, tornando os sérvios nos favoritos a defrontar o PSV Eindhoven. Apesar disso, Ljubo Petrovic, treinador do Estrela Vermelha, já avisou para o perigo que vem da Suíça: "Possuem uma mentalidade forte e jogadores de qualidade. É verdade que possuímos a vantagem, mas temos de mostrar muito cuidado na abordagem ao jogo para passarmos a eliminatória".

'Erros estúpidos'
O médio do Estrela Vermelha, Dragan Stancic, está suspenso para o jogo de hoje, enquanto que o defesa do Young Boys, Ivan Knez, está em dúvida devido a um problema físico. O treinador dos suíços, Hans-Peter Zaugg, já admitiu que a sua equipa cometeu "erros estúpidos, perdendo uma grande oportunidade de vencer". Zaugg acrescentou: "Se reduzirmos tais erros a quase nenhum, penso que temos uma boa hipótese de passarmos".

Empatados
O AC Sparta Praha teve, na passada semana, igualmente de se esforçar para alcançar um empate a dois golos já nos últimos minutos diante dos campeões do Chipre, APOEL FC. Existem ainda quatro outros confrontos que estão neste momento empatados, onde se inclui o Trabzonspor-Skonto FC. Ziya Dogan, técnico do Trabzonspor reagiu da seguinte forma ao empate a um golo obtido na Letónia: "Os nossos jogadores sabem quais são as suas responsabilidades. Este jogo tem um significado histórico para nós. No entanto, penso que o lugar na terceira pré-eliminatória ainda não está garantido. Temos de nos acautelar", sentenciou.

Starkovs não desiste
Volkan Bekiroglu e Erdinç Yavuz são os grandes ausentes (novamente) no Trabzonspor, enquanto que o Skonto já poderá contar com Oreastas Buitkus e Aleksejs Višnakovs na sua equipa. "O Skonto não está habituado a desistir e não será agora que isso irá acontecer", afirmou o técnico letão, Aleksandrs Starkovs. Entretanto, o FC Dynamo Kyiv espera por o resultado desta eliminatória...

Sem golos
A primeira-mão jogada entre o PFC Neftchi e o PFC CSKA Moskva, o HJK Helsinki e o Maccabi Tel-Aviv FC, e ainda entre o Djurgårdens IF e o FBK Kaunas terminou sem registo de golos, mas já o HNK Hajduk Split bateu o Shelbourne FC por 3-2, na Croácia.

O golo que fez sonhar
Alan Moore, autor do segundo e tardio golo dos campeões irlandeses em Split, afirmou: "O Hajduk estava a jogar confortavelmente com base no 3-1 em seu favor, pelo que o nosso segundo golo já nos dará a chance de podermos sonhar em passar a eliminatória neste segundo encontro". O Shelbourne espera ainda que o médio Wesley Hoolahan possa recuperar a condição física a tempo de actuar frente aos croatas.

Romenos a pensar no United
O FC Dinamo Bucuresti e o FC København possuem, ambos, a vantagem de um golo diante do MŠK Žilina e do NK Gorica , respectivamente. O Dinamo venceu por 1-0 o Žilina e está a um passo de ser o adversário do Manchester United FC, enquanto que o vice-campeão, AS Monaco, será o oponente do FCK ou do Gorica.

FCK desfalcado mas concentrado
O FCK, em vantagem por 2-1 diante da equipa eslovaca, não poderá contar com o contributo de Tobias Linderoth e Magne Hoseth, inscritos fora de tempo para esta eliminatória. Por seu turno, Sibusiso Zuma e Christian Traoré, lesionados nas coxas, estarão ausentes, sendo a boa notícia o regresso do lateral-esquerdo, Janne Saarinen. O presidente do FCK, Flemming Østergaard, exige concentração total para este encontro: "Ainda temos esta tarefa pela frente, antes de podemos pensar no Mónaco".

Ferencváros na frente
Já o Rosenborg BK defende a vantagem de 2-1 diante do FC Sheriff, na Moldávia. Mais descansado parece estar o Ferencvárosi TC que, na passada semana, venceu por 3-2 no terreno do KF Tirana, tendo sido os dois golos da vitória obtido na fase final do encontro. O encontro da Hungria completa o quadro de embates desta noite.