O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sporting entra em acção

Seis equipas que nunca chegaram à fase de grupos vão entrar em acção nesta quarta-feira. Cabe ao Sporting impedir que a Udinese faça história.

Por Trevor Haylett

A terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League dá a possibilidade a seis clubes de chegarem, pela primeira vez, à tão ambicionada fase de grupos. Udinese Calcio, PFC CSKA Sofia, Malmö FF, FC Thun, FC Artmedia Bratislava e o SK Slavia Praha estão mais perto que nunca desse recompensador objectivo, pelo que agora cabe-lhes em campo fazer uma boa primeira mão.

Paciência precisa-se
Por sua vez, o técnico do Sporting, José Peseiro, pede paciência para a equilibrada partida ante os estreantes da Udinese. "O nosso estilo de jogo é muito ofensivo, mas expõe-nos muito”, afirmou. "Somos uma equipa de ataque, mas temos de ter paciência de forma a evitarmos os perigosos contra-ataques da Udinese. Seria bom conseguirmos ganhar este jogo sem sofrer golos, mas todos sabemos que a Udinese é uma equipa forte fora de casa".

Médios ausentes
O médio defensivo Luís Loureiro é a principal ausência no lado do Sporting, estando ainda a recuperar da fractura dos ossos da cara, sofrida durante o jogo particular com a UC Sampdoria. O ex-jogador do FC Dynamo Moskva tem treinado com uma máscara, mas não pode estar exposto a qualquer contacto físico. Outra ausência é a de Carlos Martins, a contas com uma lesão na coxa.

Adversário complicado
O CSKA vai tentar destronar o Liverpool FC, campeão em título, que já afastou, nas rondas anteriores, o Total Network Solutions FC e o FBK Kaunas. O seu técnico, Rafael Benítez, já avisou que este é o adversário mais complicado que até agora encontrou.

"Rápidos e compactos"
"O CSKA é melhor equipa do que as outras duas que defrontámos", disse Benítez. "Eles jogam um bom futebol e sabem guardar bem a bola. São uma equipa rápida e compacta, que possui alguns bons jogadores. Sei que, no futebol, aqueles que pensam que são a melhor equipa costumam ter problemas. Respeitamos o nosso adversário".

Problemas físicos
Quem vencer a eliminatória entre Malmö e Thun, vai disputar, pela primeira vez, a fase de grupos. A equipa sueca debate-se com problemas físicos em três jogadores, ao que acresce o castigo de Olof Persson. O guardião Mattias Asper tem sido assolado por uma gripe e o médio Hans Mattisson tem uma pequena mazela na coxa. Ambos deverão estar aptos para o jogo, mas o lateral Jon-Inge Höiland não deverá recuperar a tempo de uma lesão no pé.

Artmedia confiante
O FK Partizan espera evitar o mesmo destino na competição do Celtic FC – eliminado aos pés do Artmedia na ronda anterior – por forma a chegar à fase de grupos pela segunda vez em três anos. O técnico Vladimir Vermezovic não pode contar com o defesa Nemanja Rnic, que tem um pé partido, mas o médio Ivan Tomic regressa, tal como o defesa Nisa Saveljic.

"Queremos mais"
"Vamos gostar de disputar estes dois encontros", disse Vermezovic. "Na ronda anterior, estivemos perto da eliminação, pois uma derrota significaria o final da nossa época europeia. Agora que passamos esse susto, queremos mais. Estou optimista, pois somos mais experientes que os campeões da Eslováquia”.

Slavia perto
Os checos do Slavia completam o rol dos potenciais estreantes, indo jogar no reduto do RSC Anderlecht, enquanto os antigos campeões europeus, AFC Ajax, FC Internationale Milano e FC Steaua Bucuresti, defrontam, respectivamente, Brøndby IF, FC Shakhtar Donetsk e Rosenborg BK. O jogo entre o SK Rapid Wien FC e o FC Lokomotiv Moskva completa a ronda.