Ancelotti quer PSG a agarrar "grande oportunidade"

O PSG está perante a "grande oportunidade" de passar aos quartos-de-final pela primeira vez em 18 anos, quando receber em Paris o Valência, a precisar de marcar "vários golos".

Ancelotti quer PSG a agarrar "grande oportunidade"
Ancelotti quer PSG a agarrar "grande oportunidade" ©UEFA.com

O Paris Saint-Germain FC está numa posição privilegiada para atingir os quartos-de-final da UEFA Champions League pela primeira vez desde 1995, mas Carlo Ancelotti pediu aos seus jogadores para perceberam que estão perante uma "grande oportunidade" ao disporem de uma vantagem de 2-1 sobre o Valencia CF na segunda mão dos oitavos-de-final.

O treinador dos visitantes, Ernesto Valverde, sabe que os espanhóis terão de ser eficazes no ataque para inverter a situação e, ao mesmo tempo, manterem-se concentrados na defesa para evitar que os anfitriões façam mais do que os dois golos que trouxeram da primeira mão. "Temos de encontrar o equilíbrio certo", explicou.

PSG
Carlo Ancelotti, treinador
O David Beckham participou em dois desafios desde que foi contratado e jogou bem. Traz à equipa qualidade e personalidade, mas é tão importante como qualquer outro jogador. Há hipóteses de jogar no lugar do castigado Marco Verratti, mas também pode não ser ele o escolhido. Temos de esquecer o jogo da primeira mão e jogar com a máxima velocidade durante 90 minutos. Temos de defender e atacar bem durante todo o encontro.

O Kevin Gameiro poderá render o [castigado] Zlatan Ibrahimović, esta é uma opção, mas também podemos mudar o nosso plano de jogo, embora o Gameiro e Ezequiel Lavezzi sejam os únicos avançados que temos disponíveis. O Thiago castigado é um excelente jogador e todos estamos satisfeitos por ele estar de regresso. Espero dele exactamente o mesmo que espero de todos os outros jogadores: que joguem colectivamente, como fizemos na primeira mão. O PSG é mais forte quando joga como equipa.

O clube está perante uma grande oportunidade, tal como os adeptos e os jogadores, alguns podem atingir pela primeira vez os quartos-de-final. Para mim também é muito importante. Temos de esquecer a primeira mão e estar concentrados. O Valência tem um estilo muito atraente de futebol e penso que não vai mudar, embora possa ter uma atitude mais defensiva e apostar no contra-ataque.

É difícil sermos competitivos em todas as provas. O Barcelona não conseguiu, foi afastado da Taça de Espanha, o Real Madrid também não, está muito longe da liderança no campeonato. Estamos a chegar a uma fase muito delicada da época, mas acredito na capacidade da equipa.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: Stade de Reims 1-0 PSG (Krychowiak 64)
Sirigu; Van der Wiel, Alex, Sakho, Armand; Verratti (Beckham 65), Matuidi; Lucas (Gameiro 77), Pastore (Ménez 67); Ibrahimović, Lavezzi.

• O PSG perdeu surpreendentemente frente ao Reims, a lutar pela manutenção, isto apesar da equipa da casa ter ficado reduzida a dez jogadores aos 59 minutos.

Notícias da equipa
Ibrahimović e Verratti estão suspensos. Na defesa, Thiago (ausente desde 11 de Janeiro) e Thiago Motta (ausente desde 27 de Janeiro) têm-se debatido com lesões musculares nas coxas. Jérémy Menez não joga devido a problemas nos adutores.

Valência
Ernesto Valverde, treinador
Qual vai ser a nossa táctica? A mesma que usámos na primeira mão, mas espero que sem sofrer golos. Falando a sério, fomos castigados pelo PSG no contra-ataque. Dominámos a posse de bola, mas eles foram a equipa mais perigosa. Somos nós que temos de correr riscos.

Os jogadores sabem que temos de marcar mais do que um golo. Temos de ser rápidos a atacar e, ao mesmo tempo, defender bem porque eles têm bons atacantes. Temos de encontrar o equilíbrio certo. Tenho poucas opções na defesa, mas estou muito satisfeito com as exibições do Jérémy Mathieu. É um jogador com muita qualidade e que tem feito excelentes exibições. Vamos ter de avaliar a sua condição física, pois acabou de recuperar de uma lesão.

O Valência não jogou bem na primeira mão, apesar de toda a nossa determinação, mas o PSG também teve mérito. Vamos fazer tudo para garantir a qualificação, nada está decidido e acreditamos nas nossas hipóteses. É normal que o PSG seja favorito, mas vamos dar tudo para continuar em prova.

Resultado do fim-de-semana 
Sábado: Valencia 2-2 Levante UD (Jonas 27, Soldado 45+3; Iborra 16, Barkero 89)
Guaita; Pereira, Víctor Ruiz, Mathieu, Guardado; Albelda (Viera 90), Parejo, Feghouli, Canales (Tino Costa 71), Jonas (Valdez 78); Soldado.

• O Valência, quinto classificado, operou a reviravolta e esteve a vencer por 2-1, mas deixou fugir os três pontos quando José Barkero marcou nos últimos minutos. A equipa de Valverde conseguiu vencer apenas três dos últimos dez jogos disputados em todas as competições.

Notícias da equipa
Com o português Ricardo Costa (coxa) e Adil Rami (coxa) impedidos de alinhar no fim-de-semana, o defesa-esquerdo Jérémy Mathieu foi obrigado a jogar no eixo ao lado de Víctor Ruiz. Éver Banega e Aly Cissokho não puderam alinhar no derby de Valência devido a castigo.

Facto do jogo
• Para seguir em frente, o clube espanhol terá de terminar com a invencibilidade do PSG em casa nas competições europeias de 22 jogos, desde Novembro de 2006, quando perdeu por 4-2 frente ao Hapoel Tel-Aviv FC.

Conteúdos relacionados