Factos: Lyon-Juventus

O Lyon saiu derrotado de seis das sete presenças nos oitavos-de-final e desta vez vai ter de medir forças com a Juventus, adversário que nunca venceu.

Factos: Lyon-Juventus
Factos: Lyon-Juventus ©AFP/Getty Images

O Lyon tem sentido dificuldades nos oitavos-de-final da UEFA Champions League e nāo será fácil que melhore o seu registo no duelo com a Juventus, um adversário que nunca conseguiu bater.

• O clube francês foi eliminado nas três últimas presenças nos oitavos-de-final - e em seis das últimas sete ocasiões em que esteve nesta fase - não atingindo os quartos-de-final desde 2009/10. A Juve não cai nos oitavos-de-final desde 2015/16, o único desaire nas últimas seis presenças nesta ronda.

• A Juve chegou facilmente aos oitavos-de-final esta época, tendo terminado na liderança do seu grupo sem derrotas, enquanto o Lyon teve de anular uma desvantagem de dois golos na sexta jornada para conseguir o ponto que lhe valeu a qualificação, com Memphis Depay a marcar nos minutos finais.

Fase de grupos de 2016: Lyon 0-1 Juventus
Fase de grupos de 2016: Lyon 0-1 Juventus

Encontros anteriores
• Este é o quinto encontro entre as duas equipas, todos nos últimos seis anos. A Juve venceu três dos quatro primeiros jogos, incluindo dois triunfos por 1-0 em França.

• Os dois dois clubes encontraram-se pela primeira vez nos quartos-de-final da UEFA Europa League de 2013/14, com Leonardo Bonucci a marcar o único golo da primeira mão, a cinco minutos do final, na antiga casa do Lyon, o Stade de Gerland. Andrea Pirlo aumentou a vantagem da Juve na eliminatória aos quatro minutos do duelo em Turim e, embora um golo de Jimmy Briand aos 18 minutos tenha reacendido a esperança do OL, um golo de Samuel Umtiti a meio do segundo tempo confirmou a passagem da Juventus às meias-finais.

• Na fase de grupos da UEFA Champions League 2016/17, a Juventus conseguiu novamente uma vitória tangencial em França, Juan Cuadrado marcou o único golo a 14 minutos do final no OL Stadium na terceira jornada. Os “bianconeri” pareciam a caminho de mais um triunfo apertado no Juventus Stadium, graças a uma grande penalidade de Gonzalo Higuaín aos 13 minutos, mas Corentin Tolisso deu um ponto ao Lyon a cinco minutos do final.

Resumo de 2016: Juventus 1-1 Lyon
Resumo de 2016: Juventus 1-1 Lyon

• A Juve terminou no primeiro lugar do Grupo H, enquanto o Lyon, terceiro classificado, passou à UEFA Europa League onde atingiu as meias-finais.

Guia de forma
Lyon
• O Lyon passou aos oitavos-de-final como segundo classificado do Grupo G, com oito pontos em seis jogos, mais um que Benfica e Zenit. Depois de empatar 1-1 na recepção aos russos na primeira jornada, o Lyon foi ganhar por 2-0 ao terreno do Leipzig, que viria a vencer o grupo, antes de perder por 2-1 em Portugal com o Benfica. A sorte mudou depois do triunfo por 3-1 na recepção aos campeões portugueses, seguindo-se uma derrota por 2-0 com o Zenit em São Petersburgo, o que adiou a qualificação. O sonho parecia esfumar-se quando o Leipzig conseguiu uma vantagem de dois golos no OL Stadium, mas os golos na segunda parte de Houssem Aouar e de Depay, este a oito minutos do fi nal, valeram o ponto que deu o apuramento.

• Apesar das derrotas no terreno de Benfica e de Zenit, o Lyon sofreu apenas quatro derrotas nos últimos 18 jogos europeus (6V 8E).

Resumo da sexta jornada: Lyon 2-2 Leipzig
Resumo da sexta jornada: Lyon 2-2 Leipzig

• Quando Rayan Cherki saiu do banco do Lyon para defrontar o Zenit na quinta jornada, tornou-se, com 16 anos e 102 dias de idade, no segundo jogador mais jovem a participar na UEFA Champions Legue, depois de Celestine Babayaro, que tinha 16 anos e 87 dias quando jogou pelo Anderlecht frente ao Olympiacos em Novembro de 1994.

• Terceiro na Ligue 1 na época passada, o Lyon está a cumprir a 16ª campanha na UEFA Champions League, mais quatro que qualquer outro clube francês, a quarta em cinco temporadas.

• Esta é a 11ª presença do Lyon nos oitavos-de-final, onde o clube tem o registo total de 4V 6D. Depois de sair vencedor das quarto primeiras participações, o clube perdeu em seis das últimas sete, o último triunfo foi frente ao Real Madrid em 2009/10 (1-0 c, 1-1 f).

• Os franceses foram eliminados pelo Barcelona nos oitavos-de-final da época passada (0-0 c, 1-5 f).

Resumo: Lyon 3-1 Benfica
Resumo: Lyon 3-1 Benfica

• O Lyon empatou os quatro jogos realizados em casa na UEFA Champions League da época passada e só venceu um dos últimos oito desafios europeus em casa (6E 1D).

• No entanto, a derrota por 3-2 com o CSKA Moscovo nos oitavos-de-final da UEFA Europa League de 2017/18 é o único desaire do Lyon em casa em 17 desafios europeus (8V 8E), desde a derrota por 1-0 com a Juventus em Outubro de 2016.

• O registo do clube francês em eliminatórias a duas māos com clubes italianos é de 2V 5D. Sofreu cinco eliminações consecutivas antes de vencer o duelo mais recente, frente à Roma nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League de 2016/17 (4-2 c, 1-2 f).

• Os últimos jogos do Lyon frente a um emblema da Serie A foram com a Atalanta na fase de grupos da UEFA Europa League de 2017/18 (1-1 c, 0-1 f). O triunfo na recepção à Roma em 2017 é o único sucesso do OL nos últimos nove jogos com clubes italianos, em casa e fora (2E 6D).

• O Lyon foi semifinalista da UEFA Champions League em 2010.

Ronaldo: Juve está confiante para os oitavos-de-final
Ronaldo: Juve está confiante para os oitavos-de-final

Juventus
• O clube de Turim venceu cinco dos seis jogos no Grupo D e terminou em primeiro com seis pontos de vantagem. Só perdeu pontos no primeiro jogo, o encontro de estreia de Maurizio Sarri como treinador da Juventus na Europa, sendo surpreendido com dois golos tardios do Atlético Madrid num empate por 2-2 em Espanha, mas depois bateu o Bayer Leverkusen por 3-0 em Itália e ganhou ao Lokomotiv Moscovo por 2-1 em casa e fora. O triunfo por 1-0 na recepção ao Atlético e o 2-0 conseguido em Leverkusen permitiram sonar seis vitórias nos últimos 11 jogos na UEFA Champions League (2E 3D).

• A presença de Gianluigi Buffon em Leverkusen permitiu que se torna-se no segundo jogador mais velho a participar na UEFA Champions Legue, com 41 anos e 317 dias. O mais velho é outro guarda-redes italiano, Marco Ballotta, que jogou pela Lázio frente ao Real Madrid, em Dezembro de 2007, com 43 anos e 252 dias de idade.

• Esta é a 11ª presença da Juventus nos oitavos-de-final da UEFA Champions League (7V 3D). Saiu vitoriosa nas últimas três campanhas, conseguindo uma sensacional reviravolta frente ao Atlético há 12 meses (0-2 f, 3-0 c), graças a um “hat-trick” de Cristiano Ronaldo na segunda mão.

• Em 2018/19, sob o comando de Massimiliano Allegri, a Juve terminou em primeiro lugar no grupo e, depois da reviravolta nos oitavos-de-final com o Atlético, empatou 1-1 no terreno do Ajax na primeira mão dos quartos-de-final, mas acabou eliminada depois de perder por 2-1 em Turim.

Resumo da sexta jornada: Leverkusen 0-2 Juventus
Resumo da sexta jornada: Leverkusen 0-2 Juventus

• A Juve esteve quatro jogos sem vencer um desafio europeu fora de casa até bater o Lokomotiv na quarta jornada, somando o segundo triunfo consecutivo como visitante em Leverkusen na última saída. A derrota por 2-1 com o Young Boys na sexta jornada da época passada terminou com uma série de cinco vitórias seguidas da Juve em jogos fora de casa na UEFA Champions League.

• Este é a primeira eliminatória a duas māos da Juve frente a um clube francês desde o triunfo sobre o Mónaco nas meias-finais da UEFA Champions League de 2016/17 (2-0 f, 2-1 c), somando o 12o triunfo em 12 tentativas frente a adversários da Ligue 1.

• Higuaín marcou os dois golos nesse triunfo no Mónaco em 2017, a terceira vitória da Juve nas últimas quatro deslocações a França (1D).

• A Juve não perde há oito jogos com clubes franceses, em casa e fora, desde a derrota por 2-0 com o Bordéus na fase de grupos de 2009/10. O registro dos italianos depois desse desaire é de 6V 2D.

• Campeã da Itália pela oitava época consecutiva em 2018/19, esta é a 20ª campanha da Juve na UEFA Champions League.

• Vencedora da prova em 1985 e 1996, a Juventus disputou nove finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus, tendo o recorde de sete derrotas, incluindo as últimas cinco.

Prémio oficial para o Melhor em Campo da UEFA Champions League lançado
A UEFA vai passar a entregar um prémio oficial de Melhor em Campo após cada jogo da fase a eliminar da UEFA Champions League para reconhecer os melhores desempenhos dos jogadores na principal competição europeia de clubes. A partir dos oitavos-de-final, os Observadores Técnicos da UEFA em cada partida da UEFA Champions League decidirão quem merece a distinção para o Melhor em Campo, com um prémio oficial a ser entregue aos jogadores depois do final do encontro, em reconhecimento do seu papel em momentos decisivos, maturidade táctica, criatividade e inspiração, habilidade excepcional e "fair play".