Estádio parcialmente fechado para o CSKA Moscovo

O Comité de Controlo e Disciplina da UEFA ordenou o encerramento parcial do estádio do CSKA Moscovo no próximo jogo, na sequência da acusação de comportamento racista dos adeptos.

A Arena Khimki vai ser parcialmente encerrada no próximo jogo do CSKA para a UEFA Champions League
A Arena Khimki vai ser parcialmente encerrada no próximo jogo do CSKA para a UEFA Champions League ©Getty Images

O Comité de Controlo e Disciplina da UEFA sancionou o PFC CSKA Moskva na sequência dos incidentes verificados no decurso do jogo da UEFA Champions League, em casa, contra o Manchester City FC, no dia 23 de Outubro.

Na sequência da acusação de comportamento racista por parte dos adeptos do CSKA no do jogo frente ao Manchester City (Artigo 14 do Regulamento Disciplinar da UEFA), o Comité de Controlo e Disciplina da UEFA ordenou o encerramento parcial da Arena Khimki, onde o CSKA disputa as partidas em casa nas competições europeias: mais especificamente, o fecho do sector D do recinto no próximo desafio em casa nas competições da UEFA.

O próximo duelo europeu do CSKA Moscovo em casa está agendado para o dia 27 de Novembro, quando defrontar o FC Bayern München na UEFA Champions League.

A luta contra o racismo é prioridade elevada para a UEFA. O organismo de tutela do futebol europeu assumiu uma política de tolerância zero para com o racismo e a discriminação no relvado e nas bancadas. Todas as formas de comportamento racista são consideradas ofensas sérias ao regulamento disciplinar e punidas com sanções severas. Na sequência da entrada em vigor dos novos regulamentos disciplinares a 1 de Junho, a luta contra a conduta racista subiu de nível, daí resultando sanções mais severas no sentido de impedir qualquer tipo de comportamento.