Retrospectiva: Schalke - Real Madrid

O Real Madrid marcou por seis vezes ao Schalke há um ano e, no regresso, vai procurar aumentar a série de nove vitórias consecutivas na UEFA Champions League.

Tanto Klaas-Jan Huntelaar como Gareth Bale marcaram na eliminatória da época passada
Tanto Klaas-Jan Huntelaar como Gareth Bale marcaram na eliminatória da época passada ©Getty Images

O Real Madrid CF disputou 52 partidas nas provas europeias frente a adversários alemães antes de se cruzar pela primeira vez com o FC Schalke 04 há um ano. Agora, o detentor da UEFA Champions League volta a defrontar a equipa da Alemanha por uma vaga nos quartos-de-final.

Encontros anteriores
• A primeira mão dos oitavos-de-final da época passada transformou-se num desfile para o Real Madrid, que se tornou na primeira equipa a marcar seis golos fora em fases a eliminar da UEFA Champions League. Karim Benzema, Gareth Bale e Cristiano Ronaldo bisaram; o antigo ponta-de-lança “merengue”, Klaas-Jan Huntelaar, fez o golo de consolação do Schalke nos descontos.

• As equipas alinharam em Gelsenkirchen, a 26 de Fevereiro de 2014, da seguinte forma:
Schalke: Fährmann, Höwedes, Matip, Felipe Santana, Kolašinac (Fuchs 76), Farfán (Obasi 72), Boateng (Goretzka 59), Neustädter, Draxler, Meyer, Huntelaar.
Real Madrid: Casillas, Carvajal, Pepe, Ramos, Marcelo, Modrić, Alonso (Illarramendi 73), Bale (Jesé 80), Di María (Isco 68), Benzema, Ronaldo.

• A segunda mão no Santiago Bernabéu terminou com um triunfo por 3-1 da equipa de Carlo Ancelotti, Ronaldo juntou mais dois à sua contagem pessoal numa época em que terminou com 17 golos apontados.

Retrospectiva

Schalke
• O Schalke venceu apenas dois dos últimos 15 jogos europeus contra equipas de Espanha e sofreu oito derrotas. Disputou 25 jogos europeus contra formações da Liga espanhola, frente às quais registou 7V 7E 11D (5V 2E 5D) e não vence em solo espanhol desde o triunfo por 3-0 na visita ao RCD Espanyol, nos 16 avos-de-final da Taça UEFA 2005/06, há nove jogos.

• Os “royal blues” defrontaram oposição espanhola na fase a eliminar por três vezes nos últimos quatro anos. Bateram o Valência CF por 3-1 em casa depois de empatarem fora 1-1 nos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2010/11. Na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Europa League, o Schalke perdeu por 4-2 em casa com o Athletic Club e acabou eliminado por 6-4 no total.

• O Schalke venceu dez dos últimos 21 jogos europeus em casa, tendo empatado cinco e averbado seis derrotas.

• O suplente Max Meyer fez o único golo na visita ao NK Maribor na sexta jornada e assegurou que a equipa alemã terminasse em segundo lugar no seu grupo e, pela terceira época consecutiva, atingisse os oitavos-de-final.

• Em casa, os “königsblauen” empataram 1-1 com o Maribor, bateram o Sporting Clube de Portugal por 4-3 e perderam por 5-0 com o Chelsea.

• A melhor participação do Schalke na UEFA Champions League ocorreu na época 2010/11, quando atingiu as meias-finais: perdeu 2-0 em casa e 4-1 fora com o Manchester United FC.

Real Madrid
• O Real Madrid venceu apenas três dos 27 jogos disputados em solo alemão; essas vitórias aconteceram na época transacta quando teve de defrontar outras tantas equipas da Bundesliga em eliminatórias consecutivas na caminhada até erguer o troféu.

• A equipa espanhola também venceu por 4-0 na visita ao FC Bayern München, na segunda mão das meias-finais, tendo perdido 2-0 em casa do Borussia Dortmund na segunda mão dos quartos-de-final, prevalecendo por 5-0 e 3-2 no total, respectivamente. Foi por 18 vezes derrotada por equipas alemãs enquanto visitante.

• O Real Madrid ergueu a Taça dos Clubes Campeões Europeus em solo alemão em 1959 ao bater o Stade de Reims por 2-0 no Neckarstadion, em Estugarda.

• O Real Madrid derrotou três equipas alemãs em finais europeias: o Eintracht Frankfurt por 7-3 na Taça dos Campeões de 1960 e o Bayer 04 Leverkusen por 2-1 na final de 2002 da UEFA Champions League, ambas em Glasgow. Venceu também o 1. FC Köln, por 5-3, no somatório das duas mãos do encontro decisivo da Taça UEFA de 1986.

• O clube de Madrid procura tornar-se no primeiro a revalidar o troféu na era UEFA Champions League.

• Os “blancos” venceram a décima Taça dos Campeões em 24 de Maio de 2014, ao baterem o Club Atlético de Madrid por 4-1, após prolongamento, com golos de Sergio Ramos, Bale, Marcelo e Ronaldo.

• Os homens de Ancelotti estão há nove partidas consecutivas a vencer na UEFA Champions League: somam 25 golos marcados e três sofridos.

• O Real venceu sete dos últimos nove jogos fora na competição, incluindo os triunfos sobre PFC Ludogorets Razgrad (2-1), Liverpool FC (3-0) e FC Basel 1893 (1-0) na fase de grupos.

• Os “merengues” apenas não fizeram golos num jogo dos últimos 27 fora na UEFA Champions League, desde que perderam por 1-0 no terreno do Olympique Lyonnais, nos oitavos-de-final de 2009/10, eliminatória que perderam por 2-1 no total. Foram batidos apenas em cinco ocasiões - quatro delas na Alemanha - nos últimos 27 jogos fora nas provas da UEFA.

• O registo de Ancelotti contra equipas alemãs como treinador e jogador é de 8V 1E 4D.

Ligações entre treinadores e jogadores
• Huntelaar fez oito golos em 20 jogos na Liga espanhola pelo Real Madrid em 2009.

• Raúl González, antigo melhor marcador de sempre da UEFA Champions League com 71 golos e por três vezes vencedor da competição, marcou cinco desses tentos nas duas épocas passadas no Schalke, para onde rumou oriundo do Real em 2010; passou 16 anos em Madrid.

• Ronaldo fez o golo do empate 1-1 de Portugal num amigável contra a Holanda de Huntelaar, no Estádio do Algarve, a 14 de Agosto de 2013.

• Kevin-Prince Boateng, Modrić e Bale representaram o Tottenham Hotspur FC entre 2008 e 2009, tendo ganho a Taça da inglesa em 2008.

• Sami Khedira e Toni Kroos fizeram parte da selecção da Alemanha vitoriosa no Campeonato do Mundo de 2014 ao lado de Benedikt Höwedes e de Julian Draxler.

• Kroos marcou o golo da vitória da Alemanha por 1-0 num amigável com a Espanha, no Estádio de Balaídos, em Vigo, em Novembro de 2014, num jogo em que Khedira e Höwedes também estiveram em campo. Iker Casillas, Ramos e Isco foram titulares no lado espanhol.

• A Alemanha de Khedira, Kroos e Höwedes derrotou Portugal, com Ronaldo, Pepe e Fábio Coentrão, na fase de grupos do Campeonato do Mundo, em Salvador; Pepe acabou expulso e Draxler foi suplente não utilizado.

Factos

Schalke
• Boateng, Marco Höger e Huntelaar estão a um cartão amarelo da suspensão.

• O Schalke partiu para a paragem de Inverno no quinto posto da Bundesliga, 18 pontos atrás do líder FC Bayern München. Os "royal blues" são, agora, quartos classificados e permanecem a 18 pontos do topo, depois de sábado terem sido derrotados pelo Eintracht Frankfurt, equipa que não vencia há seis jogos.

• Os pupilos de Roberto Di Matteo tinham perdido apenas um dos seis jogos disputados desde o final da fase de grupos, batidos por 2-1 em casa pelo 1. FC Köln, a 13 de Dezembro.

• A formação de Gelsenkirchen disputou dois encontros amigáveis durante o estágio que realizou em Janeiro em Doha, no Catar. Perdeu 2-0 com o AFC Ajax e empatou 2-2 com o al-Merrikh SC. Uma semana antes do recomeço da Bundesliga, o Schalke perdeu também 2-1 com o SK Rapid Wien.

• Huntelaar cumpre um castigo de quatro jogos de suspensão a nível interno, reduzido dos seis jogos de castigo inicialmente aplicados, depois de ter sido expulso no decorrer da vitória caseira, por 1-0, do Schalke sobre o Hannover 96, a 31 de Janeiro.

• Tal como no encontro da primeira volta, em Agosto último, Höwedes marcou o golo do empate do Schalke na igualdade 1-1 registada frente ao Bayern, a 3 de Fevereiro.

• O guarda-redes Ralf Fährmann não vai voltar a jogar na presente temporada depois de ter sofrido uma rotura dos ligamentos posteriores do joelho direito a 8 de Janeiro. O habitual suplente Fabian Giefer estreou-se na Bundesliga pelo Schalke frente ao Hannover mas, lesionado numa virilha, foi substituído ao fim de 45 minutos três dias depois, em Munique. Para o seu lugar entrou Timon Wellenreuther, jovem de 19 anos que assim se estreou pela equipa principal e que foi agora titular nos últimos dois jogos.

• Chinedu Obasi (ausente desde Dezembro, tíbia), Draxler (31 de Outubro, coxa), Sead Kolašinac (23 de Agosto, joelho), Leon Goretzka (5 de Julho, tendão) e Jefferson Farfán (início de Julho, joelho) são ausentes de longa data.

• Huntelaar renovou, a 20 de Dezembro, o seu contrato com o clube até ao Verão de 2017.

Alterações na lista de inscritos na UEFA Champions League 
• Entradas: Joy-Lance Mickels, Matija Nastasić (Manchester City FC, empréstimo)
• Saídas: Donis Avdijaj (SK Sturm Graz, empréstimo) Christian Clemens (1. FSV Mainz 05, empréstimo), Felipe Santana (Olympiacos FC, empréstimo)

Real Madrid
• Marcelo ficará suspenso por um jogo caso veja novo cartão amarelo.

• O Real Madrid disputou 13 jogos no conjunto de todas as competições desde a sexta jornada da fase de grupos, nos quais somou 9V 1E 3D.

• A turma "merengue" registou 22 vitórias consecutivas entre 16 de Setembro e 20 de Dezembro, a última das quais por 2-0, frente ao CA San Lorenzo, na final do Campeonato do Mundo de Clubes, em Marraquexe.

• Com menos um jogo disputado, o Real terminou o ano de 2014 com um ponto de vantagem sobre o FC Barcelona, segundo classificado.

• O Real saiu derrotado das suas duas primeiras deslocações de 2015 − 2-1 no terreno do Valencia CF, a 4 de Janeiro e 2-0 no terreno do Club Atlético de Madrid, três dias depois, nos oitavos-de-final da Taça de Espanha, fase da prova em que acabou eliminado, com um total de 4-2 no conjunto das duas mãos.

• O Real perdeu pela primeira vez desde 1950/51 os dois jogos da mesma edição da Liga espanhola frente ao rival Atlético de Madrid ao ser derrotado por 4-0 no Estadio Vicente Calderón a 7 de Fevereiro; foi a sua pior derrota desde a goleada de 5-0 sofrida ante o Barcelona em Novembro de 2010 e o seu primeiro desaire no Calderón em 17 anos.

• Ronaldo falhou, por castigo, os triunfos do Real Madrid sobre a Real Sociedad de Fútbol (4-1) e sobre o Sevilla FC (2-1), depois de ter sido expulso no decorrer da vitória por 2-1 em casa do Córdoba CF, a 24 de Janeiro.

• Sergio Ramos, a contas com uma lesão num tendão da coxa, não joga desde o embate com o Sevilha, a 4 de Fevereiro. Khedira (igualmente lesionado num tendão de uma coxa) não alinha desde que saiu lesionado frente ao Atlético, três dias depois.

• James Rodríguez fracturou o quinto metatarso do pé direito frente ao Sevilha e vai falhar o embate com o Schalke. Luka Modrić (afastado dos relvados desde 16 de Novembro, devido a problemas numa coxa), continua de fora.

• O Real Madrid perdeu 4-2 com o AC Milan a 30 de Dezembro, num encontro amigável disputado no Dubai.

Alterações na lista de inscritos na UEFA Champions League 
• Entradas: Martin Ødegaard (Strømsgodset IF), Lucas Silva (Cruzeiro EC)
• Saídas: Abner, Guillermo Varela