O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Quais os países com mais vencedores da Champions League?

Cinquenta e dois países podem gabar-se de ter um jogador vencedor da Taça dos Campeões europeus

Christian Pulišić tornou-se no primeiro jogador dos Estados Unidos a ser campeão europeu de clubes
Christian Pulišić tornou-se no primeiro jogador dos Estados Unidos a ser campeão europeu de clubes Chelsea FC via Getty Images

O triunfo do Chelsea na UEFA Champions League 2020/21 permitiu a Christian Pulišić tornar-se no primeiro jogador dos Estados Unidos a jogar pela equipa vencedora na final, aumentando para 52 o número de países com um campeão europeu de clubes.

Desde que a final foi disputada pela primeira vez, em 1956, 594 jogadores marcaram presença nos triunfos em finais da Taça dos Campeões Europeus ou da UEFA Champions League (alguns mais do que uma vez). A Espanha é o país com mais vencedores, com César Azpilicueta a aumentar para 75 esse número após a final de 2021.

Mais curiosidades

• A Grécia é o país com mais finalistas (12), mas que nunca teve um vencedor. Aqui estão incluídos os 11 jogadores do Panathinaikos que foram derrotados na final de 1971, assim como Akis Zikos, finalista vencido pelo Mónaco em 2004.

• A Turquia (décimo lugar no actual "ranking" da UEFA) é a nação mais bem classificada que nunca teve um vencedor da UEFA Champions League ou da Taça dos Campeões Europeus. Os três finalistas da Turquia até ao momento terminaram com medalhas de vice-campeão ao pescoço: Yıldıray Baştürk (Leverkusen, 2002), Hamit Altıntop (Bayern, 2010) e Nuri Şahin (Dortmund, 2013).

• San Marino é o país europeu com o pior "ranking" que conta com um finalista e vencedor da UEFA Champions League. Massimo Bonini conquistou o troféu em 1985 com a Juventus e representou a selecção que ocupa o 55º lugar entre as 55 selecções dos "rankings" da UEFA.

Jogadores (por país) que disputaram a final da Taça dos Campeões Europeus/UEFA Champions League

O Bayern tornou-se, em 1974, no primeiro clube alemão a ser campeão europeu
O Bayern tornou-se, em 1974, no primeiro clube alemão a ser campeão europeu©Getty Images

75: Espanha
72: Itália
65: Inglaterra
63: Alemanha
51: Países Baixos
40: Portugal
38: Brasil
31 França
26: Escócia
12: Argentina
12: Roménia
9: Sérvia
9: Croácia
8: República da Irlanda
8: Dinamarca
7: Suécia
4: República Checa
4: Polónia
4: País de Gales
3: Gana
3: Costa do Marfim
3: Macedónia do Norte
3: Nigéria
3: Noruega
2: Austrália
2: Áustria
2: Bélgica
2: Bósnia e Herzegovina
2: Camarões
2: Finlândia
2: Mali
2: Montenegro
2: Irlanda do Norte
2: Senegal
2: Uruguai

Rabah Madjer fez história pela Argélia ao serviço do Porto
Rabah Madjer fez história pela Argélia ao serviço do Porto©Bob Thomas/Getty Images

1: África do Sul (Benni McCarthy, FC Porto 2004)
1: Argélia (Rabah Madjer, FC Porto 1987)
1: Bulgária (Hriso Stoichkov, Barcelona 1992) 
1: Canadá (Alphonso Davies, Bayern 2020)
1
: Costa Rica (Keylor Navas, Real Madrid 2016, 2017 e 2018)
1
: Egipto* (Mohamed Salah, Liverpool 2019)
1: Geórgia (Kakha Kaladze, Milan 2003 e 2007)
1
: Hungria (Ferenc Puskás, Real Madrid 1959, 1960 e 1966)
1: México (Rafael Márquez, Barcelona 2006)
1: Peru (Víctor Benítez, Milan 1963)
1: Rússia (Dmitri Alenichev, Porto 2004)
1: San Marino (Massimo Bonini, Juventus 1985)
1
: Suíça (Stéphane Chapuisat, Dortmund 1997)
1: Trindade e Tobago (Dwight Yorke, Manchester United 1999)
1
: Ucrânia (Andriy Shevchenko, Milan 2003)
1: Estados Unidos (Christian Pulišić, Chelsea 2021)
1: Zimbabué (Bruce Grobbelaar, Liverpool 1984)

Última actualização: 29/05/21