O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão do Ajax - Tottenham: tudo o que precisa de saber

O Tottenham espera que Heung-Min Son motive uma reviravolta frente ao Ajax, equipa que tem um temível registo em casa.

André Onana durante o treino do Ajax
André Onana durante o treino do Ajax ©AFP/Getty Images
  • Ajax com vantagem de 1-0 após a primeira mão em Londres
  • Holandeses sofreram apenas uma derrota em 24 jogos em casa esta época
  • Heung-Min Son disponível depois de cumprir castigo na primeira mão
  • Eriksen, Vertonghen, Alderweireld e Sánchez são antigos jogadores do Ajax
  • Spurs querem atingir pela primeira vez a final da Taça dos Clubes Campeões Europeus

JOGUE NO FANTASY FOOTBALL

Opinião dos repórteres do UEFA.com

Primeira mão: Tottenham 0-1 Ajax

Derek Brookman, Ajax: O Ajax está num momento de forma extraordinário e conquistou o primeiro troféu da época no domingo ao bater o Willem II por 4-0 na final da Taça da Holanda. Três dos seus quatro golos aconteceram após trocas de bola intensas e complexas. É assim que os holandeses gostam de desorganizar as defesas adversárias e esta época mostraram diversas vezes na Europa que o conseguem fazer perante qualquer rival. Basta perguntar ao Tottenham. Penso que o Ajax vai conseguir o resultado que precisa para defrontar o Liverpool em Madrid.

Daniel Thacker, Tottenham: "A segunda parte deu-nos esperança", afirmou Mauricio Pochettino no final da primeira mão e os Spurs estarão motivados pelo sucesso que tiveram ao pressionar mais alto. Mesmo assim, para marcar cedo – que certamente será um dos objectivos - os Spurs terão de ser mais astutos, com muita da responsabilidade a recair em Christian Eriksen, antigo jogador do Ajax, e no regressado Son, que marcou em todas as eliminatórias até agora. Espera-se que marquem a qualquer momento, mas se isso basta para seguir em frente dependerá muito da forma como a defesa conseguir lidar com a irreverente equipa do Ajax.

Equipas prováveis

Ajax: Onana; Mazraoui, Blind, De Ligt, Tagliafico; Van de Beek, De Jong, Schöne; Ziyech, Tadić, Neres
De fora: Bandé (gémeos)
Em dúvida: ninguém

Tottenham: Lloris; Trippier, Alderweireld, Sánchez, Rose; Sissoko, Wanyama; Alli, Eriksen, Moura; Son
De fora: Kane (tornozelo), Lamela (coxa), Winks (anca)
Em dúvida: Vertonghen (cabeça), Aurier (tendão da coxa)

Duelo decisivo

Moussa Sissoko pode vir a ser decisivo
Moussa Sissoko pode vir a ser decisivo©AFP/Getty Images

Lasse Schöne e Frenkie de Jong v Christian Eriksen e Moussa Sissoko: Schöne e De Jong não só sufocaram Eriksen na primeira mão, como também permitiram que o Ajax impusesse as suas combinações devastadoras, com Schöne a desempenhar um papel fundamental no golo de Donny van de Beek. A entrada de Sissoko permitiu que os Spurs travassem as rápidas transições do meio-campo holandês e conseguissem ditar o ritmo do jogo em alguns momentos.

A esperada titularidade do francês não só vai obrigar Schöne e De Jong a jogarem mais recuados, mas também deve aliviar Eriksen das obrigações defensivas, permitindo que o dinamarquês faça magia, quando ele joga, os "spurs" seguem-no.

Onde ver

Grandes reviravoltas na segunda mão

Os adeptos podem encontrar aqui o(s) parceiro(s) de transmissão da UEFA Champions League.

Guia de forma

Van de Beek e De Jong com a Taça da Holanda
Van de Beek e De Jong com a Taça da Holanda©Getty Images

Ajax
Último jogo: Willem II 0-4 Ajax (domingo, final da Taça da Holanda)
Forma: VVVVVVEVVV 

Tottenham
Último jogo: Bournemouth 1-0 Tottenham (Sábado)
Forma: DDDVDDVVVD

Erik ten Hag, treinador do Ajax

Durante a última hora [da primeira mão] jogámos bem, a organização da equipa na defesa foi excelente. Precisamos fazer mais em termos atacantes. Temos que ler o jogo e ver o que é necessário fazer. Esse é o desafio.

O golo fora de casa foi importante na semana passada. Vamos jogar num estádio com um ambiente incrível e esperamos que isso nos ajude. Quando jogamos frente a adversários da Premier League a intensidade é ainda maior. Temos de voltar a testar os nossos limites.

Mauricio Pochettino, treinador do Tottenham

O Ajax esteve muito bem em Londres na primeira meia-hora. Tem uma equipa muito boa, com bons jogadores e um excelente treinador. Têm feito tudo para estar aqui. 

Todos os nossos jogadores são importantes. Son não jogou a primeira mão mas o mais importante é o nosso desempenho como equipa. É um jogo emocionante pois estamos numa meia-final. Precisamos de sentir mais liberdade para jogar amanhã, pois não temos nada a perder.