O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Gianluigi Buffon fala do Juventus - Real Madrid

"Espero que a Juventus esteja bem nos pormenores e também tenha um pouco de sorte", afirmou Gianluigi Buffon ao UEFA.com.

Gianluigi Buffon espera ter sucesso esta época na UEFA Champions League
Gianluigi Buffon espera ter sucesso esta época na UEFA Champions League ©Getty Images

Gianluigi Buffon falou ao UEFA.com numa sessão em directo no Facebook Live na sexta-feira e depois abordou o encontro desta semana com o Real Madrid. Fica aqui o resumo das palavras do guarda-redes da Juventus.

UEFA.com: Em que lugar está a meia-final de 2002/03, ganha pela Juventus depois de ter defendido uma grande penalidade? Que memórias tem dessa eliminatória?

Gianluigi Buffon: Foi uma das melhores noites da minha carreira na Juve. Tínhamos perdido por 2-1 na primeira mão e éramos obrigados a tentar dar a volta na segunda mão frente a uma equipa do Real Madrid que tinha Ronaldo, Zidane e tantas outras estrelas. Fizemos uma exibição perfeita e ganhámos tranquilamente por 3-1, foi nesse encontro que defendi a grande penalidade do Luís Figo. A Juventus foi superior ao Real Madrid durante os 90 minutos.

UEFA.com: A experiência é decisiva?

Buffon: O Real Madrid chega a este encontro depois de vencer em dois anos consecutivos a UEFA Champions League, algo que nunca havia acontecido antes. Estiveram por sete vezes nas meias-finais nos últimos sete anos. Isso é muito importante. A experiência que ganharam nesses encontros dá-lhes uma confiança inabalável em qualquer momento do jogo em todas as situações. Na Série A, sabemos que a qualquer momento podemos virar um jogo a nosso favor. O Real Madrid sente o mesmo na Europa.

UEFA.com: O que tem de fazer a Juventus para bater o Real Madrid?

Encontros Juventus-Real Madrid na #UCL

Buffon: A Juventus tem de jogar da forma que sabe. Não precisamos fazer mais nada. Isso também significa que temos de ter um pouco de sorte em certos momentos. As pessoas esquecem estas coisas depois do jogo terminar e só olham para o resultado. Lembro-me que há três anos, quando recebemos o Real Madrid em Turim, um dos momentos mais importantes, que mudou o jogo, foi quando o Real Madrid rematou à trave após um ressalto na área. Se a bola tivesse entrado, o marcador teria ficado em 2-1 e, em vez disso, ficou em 2-1 para nós.

As pessoas esquecem-se destes detalhes. Sei muito bem a sensação que fica depois de passar á ronda seguinte ou de ficar pelo caminho por causa de pequenos detalhes. Espero que a Juventus esteja bem nos pormenores e também tenha um pouco de sorte.

UEFA.com: Esta é a sua 14ª campanha na UEFA Champions League. Como se sente em relação a esta competição?

Buffon: Óptimo, visto que consegui disputar três finais em 14 anos. Chegar a uma final é um excelente resultado. Claro que não é suficiente para mim porque, enquanto continuar a jogar, o meu objetivo será sempre vencer o máximo possível. Por isso, quando tiver a oportunidade e a esperança de seguir em frente numa competição, o meu objectivo é sempre vencer. Ainda vamos a tempo.