O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Meias-finais da Champions League: perfil da Roma

O UEFA.com examina ao detalhe a Roma, semifinalista da UEFA Champions League.

A Roma fez uma reviravolta fantástica contra o Barcelona nos quartos-de-final
A Roma fez uma reviravolta fantástica contra o Barcelona nos quartos-de-final ©Getty Images

Como chegou aqui

J10 V5 E2 D3 M15 S12

Vencedor do Grupo C: E0-0 v Atlético (c), V1-2 v Qarabağ (f), E3-3 v Chelsea (f), V3-0 v Chelsea (c), D2-0 v Atlético (f), V1-0 v Qarabağ (c)

Oitavos-de-final: E2-2 v Shakhtar, vitória nos golos fora – D2-1 (f), C1-0 (c)

Veja a fantástica reviravolta da Roma contra o Barcelona
Veja a fantástica reviravolta da Roma contra o Barcelona

Quartos-de-final: E4-4 v Barcelona, vitória nos golos fora – D4-1 (f), V3-0 (c)

Equipa provável

Alisson Becker; Florenzi, Manolas, Fazio, Kolarov; Strootman, De Rossi, Nainggolan; Cengiz Ünder, Džeko, Perotti

Estilo de jogo

Prefere atacar do que defender; actuar em vez de reagir – estas são as linhas mestras do jogo da Roma. Ambos os laterais têm muita propensão ofensiva, tendo a Roma como principal objectivo o de colocar a bola em Edin Džeko; no caso de tal não acontecer, Cengiz Ünder e Diego Perotti são encorajados a vir para dentro e a rematarem.

Jogadores mais pontuados no Fantasy

Džeko: Foi incrível! De loucos!
Džeko: Foi incrível! De loucos!

Atacante: Edin Džeko (54 pontos)
Guarda-redes: Alisson Becker (45 pontos)
Defesa: Aleksandar Kolarov (43 pontos)

O treinador

Eusebio Di Francesco: Discípulo de Zdeněk Zeman e Fabio Capello, este antigo médio da Roma fez milagres com a US Sassuolo – levando-a ao escalão principal pela primeira vez e, depois, à UEFA Europa League. O técnico de 48 anos está agora a ganhar créditos na Cidade Eterna.

Porque pode ganhar o troféu?

Dos candidatos ainda em prova, a Roma é a que tem menos pressão, apesar de ser um clube pleno de crença e que procura correr por fora nesta competição. Qualquer equipa capaz de derrotar Chelsea e Barcelona por 3-0 e afastar o Atlético na fase de grupos tem de ser olhada como séria candidata.

Há espaço para melhorar?

Resumo: Roma 3-0 Chelsea
Resumo: Roma 3-0 Chelsea

Ainda sem sofrerem golos em casa nos cinco jogos desta época na #UCL, os "giallorossi" não são uma equipa particularmente realizadora. Nove dos 15 golos apontados até à data surgiram em três dos jogos contra Chelsea e Barcelona. Ser mais eficaz é onde esta equipa tem mais espaço para melhorar, segundo Di Francesco.

O que ainda não saberá

A Roma é o único semifinalista que ainda não foi campeão da Europa: o Real Madrid já o foi 12 vezes, Bayern e Liverpool cinco cada. Os "giallorossi" poderão ser o 23º emblema a erguer o troféu. Mais relevante é o facto de a Roma ter vencido o campeonato italiano em apenas três ocasiões, comparadas com as 33 vezes de Real Madrid, 28 do Bayern e 18 do Liverpool.