O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

City perde em casa mas segue em frente

O Manchester City apurou-se pela segudna vez na sua história para os quartos-de-final da UEFA Champions League, mas os festejos do apuramento foram moderados pela primeira derrota caseira desde Dezembro de 2016.

Veja os melhores momentos deste jogo da segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2017/18.
Veja os melhores momentos deste jogo da segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2017/18.

O Manchester City está nos quartos-de-final da UEFA Champions League pela segunda vez na sua história, mas viu chegar ao fim a sua série de 15 meses de invencibilidade caseira ao perder por 2-1 na recepção ao Basileia, na segunda mão dos oitavos-de-final.

Apesar das muitas mudanças introduzidas por Josep Guardiola no "onze" - em relação ao jogo da primeira mão apenas o português Bernardo Silva manteve a titularidade - o Basileia parecia caminhar para mais uma noite complicada quando o regressado Gabriel Jesus, a passe de Bernardo Silva, marcou logo aos oito minutos o golo inaugural da partida. Mas a verdade é que o desenrolar do encontro acabou por ser bem diferente.

O empate surgiu pouco depois, por intermédio de Mohamed Elyounoussi, e apesar de o City ir dispondo de muito mais tempo de posse de bola, era a turma helvética que ia criando as melhores situações de golo. E, a 19 minutos do apito final, Michael Lang aproveitou uma dessas situações para rematar para o fundo das redes e oferecer ao Basileia uma vitória que restaura algum do orgulho ferido no jogo da primeira mão.

Para o City, porém, o trabalho tinha sido feito há três semanas. A turma de Manchester fica agora à espera do que o sorteio ditará para esta que será apenas a sua segunda presença em quartos-de-final da UEFA Champions League. As muitas alterações introduzidas por Guardiola na equipa levaram, contudo, a que a equipa sofresse a sua primeira derrota caseira no conjunto de todas as competições desde Dezembro dDe 2016. Já o Basileia despede-se desta UEFA Champions League de cabeça erguida.

Jogador-chave: Mohamed Elyounoussi (Basileia)

O internacional norueguês marcou pela segunda vez nos últimos três jogos na UEFA Champions League e fez ainda a assistência para o golo de Lang. Incansável durante todo o jogo, foi a principal figura de um Basileia onde vários jogadores se exibiram em excelente plano.

Estatísticas e curiosidades

Conteúdos relacionados