O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Ronaldo aguarda quinta final com expectativa

Cristiano Ronaldo fala ao UEFA.com sobre a Juventus, adversária na final de sábado, o que significa ter marcado 100 golos na UEFA Champions League e trabalhar com Zinédine Zidane.

Ronaldo aguarda quinta final com expectativa
Ronaldo aguarda quinta final com expectativa ©Getty Images

UEFA.com: Como foi a sua 14ª época na UEFA Champions League? E como aguarda a sua terceira final nas últimas quatro temporadas?

Cristiano Ronaldo: É sempre especial disputar uma final da Champions League. Até agora já o consegui quatro vezes e esta será a quinta, por isso vai ser um momento muito especial. Vamos defrontar uma grande equipa. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil, mas somos o Real Madrid, por isso é que temos boas hipóteses de ganhar. Obviamente espero que isso aconteça pois seria extraordinário.

UEFA.com: Qual acha ser o ponto-forte da Juventus, sua adversária na final da UEFA Champions League? 

Resumo: Ronaldo contra Buffon

Ronaldo: É uma excelente equipa. Não é por acaso que chegou à final da Champions League. Sem dúvida que vai ser um adversário difícil de enfrentar e que vai ser um jogo duro. Numa final, há sempre 50 por cento de hipóteses para cada equipa.

É uma equipa que não dá espaço ao oponente, tal como o Atlético Madrid. Possui uma defesa muito sólida, mas por muito bons que eles sejam, há sempre um ponto fraco a explorar em qualquer defesa. E é isso que temos de tentar descobrir, aproveitar o pouco espaço que a Juventus nos possa dar e aproveitar isso para marcar.

Vai ser um desafio semelhante às duas finais anteriores, frente ao Atlético. Ambas as equipas vão tentar aproveitar os erros do adversário. Aquela que cometer menos erros provavelmente vai ganhar. Espero que essa equipa seja o Real Madrid. 

UEFA.com: Até que ponto está a desfrutar do seu futebol nesta fase da carreira?

Ronaldo ambiciona mais glória

Ronaldo: Estou a tentar desfrutá-lo o máximo que possa e enquanto me sentir bem fisicamente. Obviamente que a equipa me tem ajudado muito. Isot é o que adoro fazer.

Penso que a minha posição em campo vai continuar a ser sempre a mesma. Claro que o que mais quero é ter liberdade no ataque, e é essa oportunidade que o Zinédine Zidane me tem dado actuando como No9. Não estou fixo. Jogo nas alas, desloco-me para o meio. Em suma, apareço onde penso que posso ser útil.

Nos últimos anos, costumava chegar cansado à recta final do campeonato e da Champions League, por isso esta temporada falhei alguns jogos por opção. No entanto, continuo a ser o jogador da equipa com mais minutos. Disputei bastantes jogos, mas claro que me sinto muito melhor nesta fase final do que em épocas anteriores. 

UEFA.com: Esta época o Real Madrid teve 20 ou 21 jogadores regulares. Isso tem sido importante para o desempenho da equipa até ao momento?

Ronaldo: Na minha opinião, sim. Penso que Zidane tem gerido o plantel de forma muito inteligente. Não é fácil, pois todos os jogadores querem jogar o máximo possível. Ele tem sido capaz de utilizar todos os jogadores e também tem conseguido dar algum descanso a jogadores que habitualmente são titulares.

Quando Zidane chegou a meio da época passada, tivemos expectativas moderadas. Ninguém lhe colocou demasiada pressão sob os ombros pois estávamos muito longe do líder do campeonato. Esta época ele começou em pé de igualdade e tem-nos mostrado o óptimo treinador em que se está a tornar. Já o admirava como jogador, e agora admiro-o ainda mais como treinador por ser uma pessoa muito positiva. Um trabalhador incansável e muito respeitoso para com os jogadores. Não tenho dúvidas de que o sucesso que a equipa já teve se deve a Zidane e ao excelente trabalho que tem efectuado. Todos os jogadores estão satisfeitos com ele.

UEFA.com: Significa muito para si ter sido o primeiro jogador a marcar 100 golos na UEFA Champions League?

Ronaldo gosta de quebrar recordes
Ronaldo gosta de quebrar recordes©Getty Images

Ronaldo: Sim. era um feito que queria alcançar. Sempre acreditei que seria o primeiro jogador na história da Champions League a marcar 100 golos. E consegui. Foi um objectivo que traçei no início da temporada e agora, graças a Deus, cumpri esse desejo.

Estou ciente de que aquilo que fiz no futebol já deixou, e vai continuar a deixar, uma marca na história da modalidade. Não foi por acaso que quebrei tantos recordes. Não se trata de uma obsessão, mas não nego que gosto de os quebrar. É para isso que eles existem. Isso motiva-me a treinar e jogar cada vez melhor. Tenho essa ambição de melhorar sempre e estar ao mais alto nível possível. 

UEFA.com: Está entusiasmado por o Real Madrid poder ser a primeira equipa a revalidar o título na era da UEFA Champions League? 

Ronaldo: É um objectivo que cada jogador do Real Madrid quer alcançar. Queremos ficar na história e sabemos que se ganharmos esta edição da competição, seremos a primeira equipa a ser bicampeã na história da Champions League. É mais uma meta que queremos alcançar, uma ambição e um sonho que temos. Vamos esperar que tudo corra bem!