Ronaldo histórico inspira Real Madrid rumo às meias-finais

O "hat-trick" de Cristiano Ronaldo fê-lo chegar aos 100 golos na UEFA Champions League e ajudou o Real Madrid a afastar o Bayern, após prolongamento, rumo às meias-finais.

See Ronaldo hat-trick and rest of Madrid-Bayern drama

O Bayern reagiu à derrota na primeira mão dos quartos-de-final e forçou o Real Madrid a disputar o prolongamento, mas teve pela frente um inspirado Cristiano Ronaldo, cujos três golos fizeram-no atingir a marca histórica de 100 golos na UEFA Champions League e serviram de inspiração ao triunfo dos espanhóis por 4-2 rumo às meias-finais.

Os alemães entraram determinados em anular a desvantagem da primeira mão e ficara perto de marcar aos nove minutos. Thiago Alcántara surgiu na área a corresponder a um cruzamento de David Alaba, mas Marcelo evitou o golo com o corpo e Arjen Robben acertou nas malhas laterais na recarga.

O Real Madrid equilibrou as operações, Karim Benzema ameaçou de cabeça aos 23 minutos e logo a seguir foi Dani Carvajal que obrigou Manuel Neuer a uma bela defesa com um disparo de fora da área. Sergio Ramos subiu ao ataque aos 28 minutos e com o guarda-redes alemão desenquadrado foi Jérôme Boateng que evitou o golo sobre a linha de baliza. A nove minutos do intervalo Luka Modrić desmarcou Cristiano Ronaldo, mas o português perdeu ângulo de remate de Neuer manteve o nulo até aos descanso.

Isco criou a primeira oportunidade da segunda parte para a equipa de Zinedine Zidane, mas a resposta do Bayern foi letal. Robben cabeceou para a baliza e Marcelo salvou mais uma vez os anfitriões sobre a sobre linha de golo. Os alemães ganharam vantagem aos 53 minutos, Casemiro derrubou Robben na área e o árbitro Viktor Kassai assinalou grande penalidade. Robert Lewandowski não desperdiçou a oportunidade de deixar a eliminatória ao rubro. 

Logo a seguir a equipa de Carlo Ancelotti podia ter passado para a frente, mas Arturo Vidal não conseguiu dar a melhor direcção a um remate de primeira na pequena área. O Real equilibrou os acontecimentos e empatou aos 76 minutos, quando Casemiro descobriu Ronaldo na área e o português bateu Neuer com um cabeceamento colocado. Tudo parecia decidido, mas o Bayern não atirou a toalha e empatou a eliminatória dois minutos depois quando beneficiou de um auto-golo de Sergio Ramos. 

A forte pressão dos visitantes esmoreceu aos 84 minutos, quando Vidal viu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Os "merengues" pressionaram muito nos minutos finais, criando diversas jogadas de perigo, mas o prolongamento foio inevitável.

Cristiano Ronaldo disparou forte para boa defesa de Neuer na primeira situação de perigo da meia-hora suplementar, mas Douglas Costa respondeu com um remate ameaçador na outra área aos 98 minutos. No último minuto da primeira parte, Sergio Ramos cruzou para a área, Ronaldo parou a bola no peito e bateu Neuer. 

Bayern quebrou e o Real aproveitou. Marcelo fintou vários adversários aos 109 minutos e ofereceu o 3-2 a Ronaldo. Tudo estava decidido, mas restou ainda tempo para o suplente Marco Asensio estabelecer o resultado final em 4-2 aos 112 minutos.

Figura: Cristiano Ronaldo
O português fez um "hat-trick" frente ao Bayern, apontou cinco dos seis golos do Real na eliminatória e voltou a ser o grande protagonista ao ser o primeiro jogador a atingir os 100 golos na UEFA Champions League.

Momento: Expulsão de Vidal
O segundo cartão amarelo do chileno obrigou os alemães a um esforço suplementar que produziu efeitos devastadores no prolongamento.

Topo