O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Foto: Copenhaga surpreende Manchester United

Na quarta-feira, o Copenhaga recebe o Leicester, líder do Grupo G, uma década após alcançar uma das suas vitórias mais memoráveis, frente ao Manchester United.

Foto: Copenhaga surpreende Manchester United
Foto: Copenhaga surpreende Manchester United ©Getty Images

Continua a ser talvez o resultado mais famoso do Copenhaga nas competições europeias. A 1 de Novembro de 2006 defrontou o Manchester United e ganhou, com Marcus Allbäck a marcar o tento solitário. Uma década e um dia volvidos, volta a estar em acção na UEFA Champions League e frente a uma equipa inglesa, desta vez o Leicester. Ståle Solbakken, treinador do Copenhaga em 2006 e agora, espera que o desfecho se repita.

1 Marcus Allbäck
Allbäck passou por alguns dos principais campeonatos europeus mas foi no Copenhaga que alcançou maior sucesso, com dois campeonatos consecutivos e o seu primeiro golo nas competições europeias, precisamente frente aos "red devils". Retirou-se em 2009 e passou sete anos como secretário técnico da Suécia. Agora trabalha em parceria com Martin Dahlin como agente de jogadores.

2 Atiba Hutchinson
Hutchinson chegou à Europa com apenas 19 anos, mas 13 épocas volvidas continua em acção. Ganhou três campeonatos na Dinamarca e na época passada apenas falhou 58 minutos na caminhada do Beşiktaş rumo ao seu primeiro campeonato nas últimas sete temporadas.

Resumo: Leicester 1-0 Copenhaga
Resumo: Leicester 1-0 Copenhaga

3 Fredrik Berglund
Berglund teve o melhor período da carreira na Dinamarca, ao serviço de Esbjerg e Copenhaga. Retirou-se cedo, aos 31 anos, após três épocas assoladas por lesões. Actualmente é treinador de avançados no Norrby, do terceiro escalão, e técnico principal de uma equipa de futsal.

4 John O'Shea
O'Shea, terceiro jogador mais internacional pela República da Irlanda, continua em actividade aos 35 anos. Cumpriu quase 400 jogos e ganhou 15 títulos pelo Manchester United, clube que o marcou. Ao ponto de, na última jornada de 2011/12, já no Sunderland e frente à antiga equipa, ter parecido mais desiludido do que ninguém quando soube que o emblema de Old Trafford tinha deixado fugir o campeonato para o rival citadino Manchester City.

Gabriel Heinze em acção pela Roma em 2011
Gabriel Heinze em acção pela Roma em 2011©Getty Images

5 Gabriel Heinze
Heinze ficou conhecido por ser um defesa que não virava a cara à luta. Chegou a Old Trafford como campeão olímpico e marcou logo na estreia, assumindo-se como lateral-esquerdo titular. Internacional pela Argentina em 72 ocasiões, representou ainda Real Madrid e Marselha, sendo campeão por ambos na primeira época. Actualmente treina o Argentinos Juniors, da primeira divisão argentina.

6 Paul Scholes
Scholes foi um dos melhores médios da sua geração e dedicou toda a carreira ao Manchester United. Em 19 épocas ganhou 11 campeonatos, três Taças de Inglaterra e duas UEFA Champions League. Agora é comentador televisivo, colunista e um dos proprietários do Salford City, juntamente com antigos colegas nos "red devils".

Resumo da final de 2008
Resumo da final de 2008

7 Wes Brown
"O melhor defesa de raiz que este clube teve nos últimos anos", disse Alex Ferguson sobre Brown, que realizou 350 jogos durante os 20 anos passados no Manchester United e onde o ponto alto foi a vitória sobre o Chelsea na final da UEFA Champions League de 2008. Já retirado, é treinador da academia do Blackburn Rovers e orienta a equipa Sub-23.

8 Edwin van der Sar
Guarda-redes mais ilustre do futebol holandês, com 130 internacionalizações, deu nas vistas com o Ajax, onde venceu a UEFA Champions League de 1995. Chegou ao Manchester United já com 34 anos, mas ainda a tempo de se sagrar novamente campeão europeu. Terminou a carreira em 2011 e é director de marketing do Ajax desde 2013.

Outras fotos do género