O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Melhor Leicester para consumo europeu

"Foi como na época passada", explicou o capitão Wes Morgan depois de o Leicester somar a terceira vitória no Grupo G graças a uma atitude muito semelhante à que permitiu a conquista do título inglês em 2015/16.

Kasper Schmeichel e Wes Morgan comemoram o triunfo do Leicester sobre o Copenhaga
Kasper Schmeichel e Wes Morgan comemoram o triunfo do Leicester sobre o Copenhaga ©Getty Images

Claudio Ranieri expressou na véspera deste jogo o desejo de ver o Leicester City mostrar a sua verdadeira face ou, como o treinador explicou, "a sua força, amor pelo futebol, pela equipa e por Leicester."

As palavras de Ranieri surgiram em resposta às questões levantadas na semana passada após mais um desaire, frente ao Chelsea na Premier League, que a sua equipa campeã tinha perdido o seu rumo. Na terça-feira os jogadores corresponderam à vontade do treinador e lutaram muito frente ao Copenhaga, conseguindo um triunfo que os deixou muito perto da qualificação para os oitavos-de-final da UEFA Champions League.

A maneira como somaram o terceiro triunfo consecutivo no Grupo G fez recordar a conquista do título na época passada e, de acordo com o capitão Wes Morgan, é a prova que o seu espírito continua intacto.

"Foi como na época passada", explicou Morgan. "O sucesso neste jogo é um reflexo da grande atitude e do espírito combativo que mostrámos ao longo de toda a época passada. Jogámos bem, mas o segredo foi a atitude determinada e a forma como ganhámos os duelos individuais. O Leicester é isto."

Ingredientes da vitória

Resumo: Leicester 1-0 Copenhaga
Resumo: Leicester 1-0 Copenhaga

Morgan personificou essa atitude ao superar uma dor nas costas e ao completar os 90 minutos, mas a determinação dos ingleses foi visível um pouco por todo o campo, do golo decisivo de Riyad Mahrez, passando por Jamie Vardy a lutar por todas as bolas, até à defesa de Kasper Schmeichel que segurou a vitória.

Concentração europeia
Depois de protagonizar um dos grandes contos de fadas de futebol do século XXI, seria natural se os jogadores do Leicester se questionassem: “E agora?” A resposta é a Europa, onde mostraram a concentração necessária para não sofrer golos nas três primeiras jornadas.

Kasper Schmeichel nega o golo a Andreas Cornelius
Kasper Schmeichel nega o golo a Andreas Cornelius©AFP/Getty Images

O médio Danny Drinkwater afirmou: "Sabíamos que seria difícil, sabíamos que teríamos que lutar muito neste jogo. Tínhamos um plano de jogo e seguimo-lo, foi por isso que conquistámos os três pontos".

Golo moralizador
A defesa de Schmeichel foi fundamental, mas outro momento decisivo foi o golo de Mahrez contra a corrente do jogo, um tónico para uma equipa que precisava de moralização. "Foi muito importante", destacou o influente Drinkwater. "Lutámos muito e conseguimos o golo. Trabalhámos muito na defesa e tentámos sempre sair para o contra-ataque."

Será que estamos perante mais um conto de fadas? "Temos trabalhado muito e está a acontecer", concluiu Drinkwater