O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Brugge e Porto à procura de pontos

O Brugge tem a motivação de nunca ter perdido em casa com clubes portugueses e também conta com a experiência do seu treinador para a recepção ao Porto, que procura a primeira vitória na fase de grupos.

Michel Preud'homme, treinador do Brugge, jogou em Portugal, ao serviço do Benfica
Michel Preud'homme, treinador do Brugge, jogou em Portugal, ao serviço do Benfica ©AFP/Getty Images

Club Brugge KV e FC Porto vão tentar somar a primeira vitória no Grupo G no encontro da terceira jornada marcado para o Jan Breydelstadion.

Encontros anteriores
• O Porto triunfou com um total de 5-3 quando as duas equipas se encontraram na segunda eliminatória da Taça UEFA de 1972/73.

• A equipa portuguesa venceu na primeira mão por 3-0 no Estádio das Antas, com golos de Abel Miglieti (6, 49) e Flávio Fonseca (48). O Club Brugge também marcou por três vezes na segunda mão - através de Ruud Geels (3), John Thio (45) e Nico Rijnders (65) – mas Flávio (34) e Miglieti (88) voltaram a marcar para os visitantes.

Retrospectiva do jogo

Club Brugge
• Os campeões belgas ainda procuram o primeiro ponto - e o primeiro golo - após as derrotas com Leicester City FC (0-3 em casa) e FC København (0-4 fora).

• A equipa de Michel Preud'homme perdeu quatro dos últimos cinco jogos europeus que disputou em casa (V1 D4 GM2 GS11).

• O Brugge nunca perdeu em casa nos quatro jogos disputados com equipas portuguesas (V3 E1).

• O último encontro do Club Brugge com um clube português foi com o CS Marítimo na fase de grupos da UEFA Europa League de 2012/13. O triunfo por 2-0 em casa, com golos de Carlos Bacca e Björn Vleminckx, foi o único sucesso de uma campanha em que os belgas não escaparam ao último lugar do grupo, após uma derrota por 2-1 na sexta jornada na Madeira, onde Lior Refaelov marcou para os forasteiros.

Porto
• O Porto ocupa o terceiro lugar no Grupo C depois do empate em casa com o Copenhaga (1-1) e da derrota no reduto do Leicester (0-1).

• A equipa de Nuno Espírito Santo já conseguiu esta época um resultado impressionante fora de casa, um triunfo por 3-0 no terreno da AS Roma no “play-off” da UEFA Champions League.

• O Porto perdeu os primeiros seis jogos no reduto de adversários belgas até terminar com a série negra frente ao KRC Genk, em 2010/11, no “play-off” da UEFA Europa League, ao vencer por 3-0 com golos de Radamel Falcao, Souza e Fernando Belluschi. Jelle Vossen alinhou pelos belgas e marcou um dos golos na segunda equipa na derrota por 4-2 na segunda mão em Portugal.

Ligações entre jogadores e treinadores 
• Como guarda-redes do R. Standard de Liège, Preud'homme contribuiu para a eliminação do Porto nos quartos-de-final da Taça UEFA de 1981/82 (2-0 c, 2-2 f).

• Preud'homme jogou em Portugal entre 1994 e 1999 e ajudou o Benfica a conquistar a Taça de Portugal em 1996. Posteriormente ocupou o cargo de director técnico do clube de Lisboa (1999-2000).

• O registo como jogador do Benfica frente ao Porto é de J15 V3 E4 D8.

• Preud'homme também integrava a selecção da Bélgica que somou quatro pontos frente a Portugal na qualificação para o Campeonato do Mundo de 1990 (1-1 f, 3-0 c). Ao serviço do KV Mechelen foi eliminado pelo Sporting Clube de Portugal, com um total de 3-2, na primeira eliminatória da Taça UEFA de 1990/91.

• Nuno Espírito Santo averbou dois resultados distintos na época passada quando defrontou os belgas do KAA Gent como treinador do Valencia CF na UEFA Champions League, com uma vitória por 2-1 em Espanha e uma derrota por 1-0 fora de casa.

• Laurent Depoitre foi derrotado por três vezes com o Gent no Jan Breydelstadion na época passada. O avançado defrontou por sete vezes o Club Brugge em 2015/16 (V3 D4) e marcou três golos, incluindo o único do jogo da SuperTaça da Bélgica, a 16 de Julho de 2015.

Factos do jogo

Club Brugge
• Timmy Simons e Rudy Vormer estão a um cartão amarelo de cumprir castigo.

• O Brugge ganhou quatro dos últimos seis jogos.

• José Izquierdo (virilha) e Laurens De Bock (joelho) lesionaram-se durante um treino a 1 de Outubro e devem ficar ausentes do relvado durante quatro semanas.

• Björn Engels deve falhar o resto da fase de grupos após se ter lesionado no ombro frente ao Leicester, na primeira jornada.

• Refaelov deve ser baixa até Novembro. Foi operado ao púbis a 22 de Agosto.

• Ricardo van Rhijn estreou-se a marcar pelo clube com um livre directo que valeu o triunfo por 1-0 sobre o Gent, a 2 de Outubro, no derby da Flandres.

Porto
• André Silva marcou sete golos nos seus últimos seis jogos, pelo clube e selecção.

• Diogo Jota apontou um "hat-trick", o seu primeiro a nível sénior, na goleada do Porto sobre o CD Nacional, a 1 de Outubro. Aos 19 anos, tornou-se no jogador português mais novo na história do Porto a consegui-lo.

• André Silva, na sua quarta internacionalização, marcou um "hat-trick" na goleada de Portugal sobre as Ilhas Faroé, por 6-0, a 10 de Outubro (Cristiano Ronaldo precisou de 106 jogos para conseguir o seu primeiro "hat-trick"!). Aos 20 anos, é o mais jovem autor de um "hat-trick" por Portugal, e também o mais rápido, já que demorou apenas 25 minutos. Tornou-se ainda no primeiro jogador do Porto a marcar três golos com a camisola de Portugal nos últimos 88 anos.

• André Silva também tinha facturado três dias antes, selando o resultado final no triunfo por 6-0 sobre Andorra.

• Diogo Jota marcou e assistiu no empate a três golos entre Portugal e Hungria, em Sub-21, a 6 de Outubro. Cinco dias depois, Rúben Neves marcou na vitória por 7-1 sobre o Liechtenstein, ajudando a concluir uma campanha de apuramento invicta para o EURO Sub-21 de 2017.

• Jesús Corona tem-se debatido com uma lesão na coxa, mas regressou aos treinos a 11 de Outubro. No sábado, marcou e assistiu no triunfo por 3-0 do Porto sobre o Gafanha, em jogo da Taça de Portugal.