Gladbach - Barcelona: "onzes" prováveis, onde ver, guia de forma

"Vamos enfrentar uma equipa de topo, mas privada do melhor jogador do Mundo", disse André Schubert, algo desiludido por Lionel Messi não defrontar o Mönchengladbach pelo Barcelona.

Treino do Mönchengladbach antes da visita do Barcelona
Treino do Mönchengladbach antes da visita do Barcelona ©Getty Images
  • Barcelona sem Lionel Messi devido a lesão numa virilha
  • "Adorávamos defrontá-lo", diz André Schubert, treinador do Gladbach
  • Gladbach soma 11 vitórias seguidas em casa em todas as competições
  • Marc-André ter Stegen, guarda-redes do Barcelona, regressa ao país de irigem e ao anterior clube
  • Luis Enrique: "Teremos de jogar muito bem para obter um bom resultado

"Onzes" prováveis
Gladbach: Sommer; Elvedi, Christensen, Jantschke; Kramer, Dahoud; Johnson, Wendt; Stindl; Hazard, Raffael.
Ausentes: Domínguez (costas), Doucoure (falta de condição física), Strobl (coxa), Drmic (joelho)

Barcelona: Ter Stegen; Roberto, Piqué, Mascherano, Alba; Rakitić, Busquets, Iniesta; Turan/Rafinha, Neymar, Suárez.
Ausentes: Messi (virilha), Umtiti (joelho)

Onde ver
Os adeptos podem consultar aqui os parceiros de transmissão da UEFA Champions League locais.

André Schubert, treinador do Gladbach
André Schubert, treinador do Gladbach©AFP/Getty Images

André Schubert, treinador do Gladbach
Preparamos este jogo como qualquer outro, mas tenho de admitir que vamos enfrentar um adversário muito especial. Há sentimentos contraditórios sobre a ausência de Messi. Adoraríamos defrontá-lo. Vamos ter pela frente uma equipa de classe mundial, mas que estará privada do melhor jogador do Mundo. Marc-André ter Stegen [antigo jogador do Gladbach] é um dos melhores guarda-redes da actualidade a jogar com os pés, mas também contamos com um guardião excepcional, como é o caso de Yann Sommer, que é um elemento muito importante para a equipa.

Luis Enrique, treinador do Barcelona
O Borussia é uma equipa difícil e teremos de estar bem posicionados em campo, pois pressionam muito alto. São perigosos sem bola e sabem o que fzer quando a têm. No ataque posuem jogadores de qualidade e rápidos, sendo uma equipa que marca muitos golos mas também sofre vários. Temos de anular as suas virtudes, caso contrário teremos dificuldades.

O nosso objectivo é sermos sempre fortes, seja em casa ou fora e independentemente da força do adversário. Este em particular é muito forte em casa, perdendo um pouco de força quando actua como visitante. Teremos de jogar muito bem se os quisermos vencer.

Resultados do fim-de-semana
Gladbach 2-0 Ingolstadt (Stindl 42, Wendt 76)
O golo de Oscar Wendt confirmou a 11ª vitória caseira seguida do Mönchengladbach, todas as competições incluídas.

Sporting Gijón 0-5 Barcelona (Suárez 29, Rafinha 32, Neymar 81 88, Arda Turan 85)
Mesmo sem Messi, lesionado, o Barcelona não teve problemas para ganhar, com três dos golos a acontecerem após a expulsão de Alberto Lora, capitão do Gijón, aos 74 minutos.

Resumo: Barcelona 7-0 Celtic
Resumo: Barcelona 7-0 Celtic

Guia de forma (todas as competições, mais recente em primeiro)
Gladbach: VEVDDV
Barcelona: VEVVDV

Opinião do repórter: Matt Howarth (@UEFAcomMattH)
Mesmo o adepto mais fervoroso do Borussia terá de admitir que a equipa de Schubert não tem estado ao seu melhor nível ultimamente. O golo de Fabian Johnson aos 85 minutos, que deu o empate a um diante do Leipzig, a meio da semana, aconteceu no primeiro remate dos visitantes à baliza. Já este fim-de-semana, a equipa revelou dificuldades para derrotar o aflito Ingolstadt. A ausência de Messi pode ajudar, mas o Gladbach vai precisar de melhorar se quiser ter hipóteses de somar o(s) primeiro(s) ponto(s).

Sabia que?
Paco Alcácer marcou três golos a Sommer na goleada por 5-0 do Valência ao Basileia, nos quartos-de-final da UEFA Europa League 2013/14, um resultado que inverteu o desaire por 3-0 da primeira mão.