Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Barcelona - Atlético Madrid: cinco pontos em destaque

Barcelona e Atlético de Madrid empataram 1-1 na quarta-feira, com Lionel Messi a sair lesionado. Joe Walker destaca os temas de maior interesse em redor do jogo mais importante da Liga espanhola até ao momento.

Barcelona - Atlético Madrid: cinco pontos em destaque
Barcelona - Atlético Madrid: cinco pontos em destaque ©Getty Images

1. Griezmann: o jogador completo 
Antoine Griezmann aparece na constituição da equipa como avançado, mas é muito mais do que um mero goleador. Esteve incansável a recuar no terreno para pressionar o meio-campo do Barcelona e até chegou a lançar contra-ataques a partir da sua área quando estava em auxilio à defesa. Foi uma exibição de classe e abnegada de um jogador que parece ocupar todos os metros quadrados de terreno.

2. Basta um minuto 
O Camp Nou susteve a respiração quando Lionel Messi teve de sair de campo aos 59 minutos com muitas queixas na virilha. O Barcelona estava a ganhar por 1-0 e Diego Simeone aproveitou a pausa no encontro para fazer uma dupla substituição. Fernando Torres e Ángel Correa entraram à procura do empate e só precisarem de 60 segundos para fazerem a jogada do golo dos visitantes. Um minuto é muito tempo no futebol...

©AFP/Getty Images

3. Lesões preocupam para a UEFA Champions League
O Barcelona confirmou que Messi vai ficar três semanas afastado dos relvados, pelo que vai falhar a deslocação de quarta-feira ao reduto do Mönchengladbach na UEFA Champions League. Com a recepção ao antigo treinador Josep Guardiola e ao Manchester City a menos de um mês, Luis Enrique vai ter de esperar ansiosamente. O treinador dos catalães espera também que Sergio Busquets, que teve de sair aos 50 minutos por indisposição, tenha uma rápida recuperação.

4. Barça sem receio de mudar
Quando o Plano A não estava a funcionar frente à bem organizada defesa do Atlético, os gigantes catalães não tiveram receio em mudar para um plano B com futebol mais directo. Andrés Iniesta fez um cruzamento perfeito para Ivan Rakitić inaugurar o marcador no primeiro tempo, enquanto Gerard Piqué cabeceou ao lado, de posição muito semelhante, nos minutos finais. Como se o poderio do ataque já não fosse suficientemente assustador, este é mais um motivo de preocupação para as defesas adversárias.

5. Iniesta continua a ser o chefe
O Atlético Madrid pode muito bem ter os futuros médios da selecção de Espanha, Koke e Saúl Ñíguez, mas Iniesta mostrou que, por agora, continua a ser mestre, com uma exibição de gala. Para além da assistência maravilhosa, organizou o jogo e esteve na origem da maioria das jogadas de ataque da sua equipa.

Ivan Rakitić inaugura o marcador a cruzamento de Iniesta
Ivan Rakitić inaugura o marcador a cruzamento de Iniesta©Getty Images
Ángel Correa comemora com Antoine Griezmann depois de fazer o empate
Ángel Correa comemora com Antoine Griezmann depois de fazer o empate©AFP/Getty Images
Gerard Piqué reage depois de falhar uma oportunidade nos minutos finais
Gerard Piqué reage depois de falhar uma oportunidade nos minutos finais©AFP/Getty Images
Topo