O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Vitória do Mónaco em Wembley segue o plano previsto

O fantástico golo de Bernardo Silva iniciou a vitória por 2-1 do Mónaco sobre o Tottenham Hotspur em Wembley. O médio português confirmou ao UEFA.com que tudo se deveu ao plano de jogo de Leonardo Jardim.

Bernardo Silva rejubila após abrir o marcador para o Mónaco
Bernardo Silva rejubila após abrir o marcador para o Mónaco ©AFP/Getty Images

As noites da UEFA Champions League no norte de Londres parecem fazer emergir o melhor do Mónaco. Desde Fevereiro de 2015, a equipa francesa visitou por duas vezes a capital inglesa para a principal competição de clubes europeia e saiu vitoriosa em ambas as ocasiões.

O triunfo mais recente ocorreu na quarta-feira à noite em Wembley, quando o líder da Ligue 1 derrotou o Tottenham Hotspur por 2-1 na abertura do Grupo E da UEFA Champions League, executando na perfeição a estratégia de contra-ataque de Leonardo Jardim e consumando a desforra da derrota para a UEFA Europa League, em White Hart Lane, em Dezembro último. 

No entanto, a inspiração para a vitória de quarta-feira veio da vitória do Mónaco, por 3-1, sobre o rival local do Tottenham, o Arsenal nos oitavos-de-final disputados no início do ano passado. “A nossa gestão mental deste jogo foi recordar a forma como derrotámos o Arsenal num grande estádio como este”, disse Jardim. 

Veja o resumo
Veja o resumo

Na verdade, o estádio de quarta-feira à noite foi ainda maior que o do Arsenal. Wembley representou um recorde de 85.011 espectadores para o Tottenham, mas que acabaram silenciados aos 15 minutos quando Bernardo Silva abriu o marcador com um golo brilhante a concluir um lance individual numa veloz transição.

“Ganhei a bola e tentei passá-la para o meu [pé] esquerdo", afirmou Silva ao UEFA.com. “Depois rematei da mesma forma que fiz muitas outras vezes.”

Pouco depois veio o golo de Thomas Lemar e, apesar do tento de cabeça de Toby Alderweireld a reduzir em cima do intervalo, a defesa organizada do Mónaco resistiu à pressão dos locais na segunda parte, que não foi além de algumas oportunidades.

“Estivemos um pouco melhor e merecemos ter vencido”, disse o médio internacional português. “Tentámos olhar para a forma como o Tottenham jogaria, ver o que tem de melhor e de pior. Estudámo-lo bem e fizemos o que o treinador pediu.”

E seguiram à risca as instruções de contra-ataque de Leonardo Jardim – ajudados por alguma imaginação de Bernardo Silva.

“Claro, queremos ir mais além no grupo”, disse o centrocampista quando questionado sobre a ambição da sua equipa para a competição deste ano. “Mas sabemos que é um grupo com equipas muito boas, com quatro equipas equilibradas que vão tentar também qualificar-se.”