Messi chega aos 700 golos: E agora?

Lionel Messi juntou-se a Cristiano Ronaldo e chegou aos 700 golos na carreira, oportunidade para o UEFA.com olhar para os números e avaliar o que se pode seguir.

Lionel Messi chegou aos 700 golos como sénior
Lionel Messi chegou aos 700 golos como sénior ©AFP/Getty Images

Lionel Messi chegou em grande estilo aos 700 golos na carreira nesta terça-feira, convertendo um penálti "à Panenka" durante o empate (2-2) cedido em casa pelo Barcelona ante o Atlético Madrid.

O avançado argentino revelou-se incapaz de evitar uma escorregadela que poderá sair bem cara ao conjunto catalão na luta pelo título espanhol, mas o seu 29º golo em 2019/20 permitiu-lhe atingir um novo marco pessoal. O UEFA.com analisa os números e avalia aquilo a que o astro de 33 anos pode aspirar a seguir.

Distribuição dos golos de Messi
114:
UEFA Champions League
3: Supertaça Europeia
5: Campeonato do Mundo de Clubes

441: Liga espanhola
53: Taça de Espanha
14: Supertaça espanhola

70: Argentina

Total: 700 golos

Competições de clubes da UEFA

UEFA Champions League

A corrida entre Messi e Cristiano Ronaldo pela liderança da lista de melhores marcadores de sempre da mais prestigiada prova de clubes do mundo é um dos grandes despiques do futebol moderno. Com 128 golos (129 se contabilizarmos pré-eliminatórias), é Ronaldo quem está agora na frente. Messi vem atrás com 114, mas, sendo dois anos e 139 dias mais novo que Ronaldo, poderá vir a ter mais um par de anos para eclipsar o registo do português.

3: Supertaça Europeia

Arie Haan, goleador da SuperTaça Europeia
Arie Haan, goleador da SuperTaça Europeia©Getty Images

Messi é um dos melhores marcadores da história da prova, a par de Oleh Blokhin, Radamel Falcao, Arie Haan, Terry McDermott, Gerd Müller e Rob Rensenbrink. Tendo marcado mais dois golos pelo Ajax na edição de 1972, ainda não organizada pela UEFA, Messi precisa de mais três golos para se poder afirmar em definitivo como melhor marcador de sempre desta competição.

5: Campeonato do Mundo de Clubes

Messi é um dos três jogadores que já marcaram por cinco vezes nesta competição, a par de César Delgado (Monterrey) e do seu actual colega no Barcelona, Luis Suárez. Ronaldo lidera com sete tentos, um a mais que Gareth Bale.

Liga espanhola

Lionel Messi é o melhor marcador de sempre da Liga espanhola
Lionel Messi é o melhor marcador de sempre da Liga espanhola©Getty Images

Messi é o melhor marcador de todos os tempos do escalão principal do futebol espanhol, tendo ultrapassado o máximo de Telmo Zarra em Novembro de 2014. Messi tem agora 441 golos, 130 à frente de Cristiano Ronaldo, que perseguia o argentino antes da sua saída para Itália em 2018. Os adeptos de Ronaldo gostam de salientar que o internacional português apresenta uma melhor média de golos na Liga espanhola quando comparado com Messi: 1.07 contra 0.92.

Taça de Espanha

Telmo Zarra brilhou pelo Athletic Club
Telmo Zarra brilhou pelo Athletic Club©Athletic Club

Se o recorde de  Zarra na Liga espanhola já foi quebrado por Messi, é pouco provável que o registo do antigo avançado do Athletic Bilbao venha a ser quebrado pelo argentino: Zarra apontou 81 golos na prova, Messi, com 53 tentos, é apenas quinto na lista de melhores marcadores de sempre da competição.

Supertaça espanhola

Para já, este recorde está garantido. Os 14 golos de Messi são já o máximo da prova e no segundo lugar surge ainda o já retirado Raúl González, com sete golos.

Argentina

Gabriel Batistuta, melhor marcador de sempre da selecção da Argentina
Gabriel Batistuta, melhor marcador de sempre da selecção da Argentina©Getty Images

Messi ultrapassou Gabriel Batistuta (56) como o melhor marcador de sempre da Argentina, em 2016. A sua actual marca de 70 golos chega para o colocar no 15º posto da lista de melhores marcadores de sempre a nível de selecções. Ali Daei, do Irão, apontou 109 golos com a camisola da selecção principal do seu país, mais dez que Ronaldo.

Total na carreira

Josef Bican ao serviço do Slavia Praha
Josef Bican ao serviço do Slavia Praha©SK Slavia Praha

Ainda que seja um número impressionante, atingir os 700 golos como sénior não é, de todo, um feito único. Ronaldo ultrapassou essa marca em Outubro e Messi tornou-se o sétimo jogador a conseguir esse feito. O melhor marcador de todos os tempos é geralmente aceite como tendo sido o lendário avançado checo-austríaco Josef Bican, autor de qualquer coisa como 805 golos. Já Romário e Pelé terminaram ambos as carreiras com registos na casa dos 700 golos.