O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Chelsea elimina Porto e fica no topo do Grupo G

Chelsea 2-0 Porto
Autogolo de Iván Marcano e tento de Willian apuraram o Chelsea como vencedor do Grupo G e ajudaram a remeter o Porto para a UEFA Europa League.

Highlights: Chelsea 2-0 Porto
Highlights: Chelsea 2-0 Porto

O Chelsea bateu o Porto por 2-0, com um autogolo de Iván Marcano e um remate certeio de Willian, garantindo o primeiro lugar do Grupo G e deixando pelo caminho a equipa portuguesa - que prossegue agora na UEFA Europa League.

O Porto alinhou sem ponta-de-lança, mas criou a primeira jogada de perigo aos seis minutos, com Yacine Brahimi a rematar para defesa atenta de Thibaut Courtois. A equipa de José Mourinho marcou na resposta aos 12 minutos. Marcano fez um mau corte, Diego Costa ganhou o ressalto, Iker Casillas negou o golo ao colega da selecção espanhola, mas a bola embateu em Marcano e ressaltou para a baliza do Porto, com Maicon a cortar já para além da linha de golo.

O Chelsea ficou perto de aumentar a vantagem aos 28 minutos. Oscar rematou da entrada da área, a bola voltou a desviar em Marcano e quase traiu Casillas, passando a rasar o poste direito da baliza. O jogo ficou marcado por muita luta a meio-campo, com o árbitro Cüneyt Çakır a mostrar quatro cartões amarelos no primeiro tempo. Brahimi, aos 42 minutos, e Diego Costa, aos 45, tentaram a sorte, mas o marcador ficou em 1-0 até ao descanso.

O segundo tempo começou com um forte de Willian na conclusão de um contra-ataque que testou Casillas, aos 47 minutos Jesús Corona tentou surpreender Courtois com um remate em arco, mas o gigante belga segurou com facilidade. O brasileiro do Chelsea não perdoou à segunda tentativa, pois aos 52 minutos recebeu a bola de Eden Hazard e disparou fortíssimo, sem hipóteses para Casillas.

Lopetegui lançou Aboubakar e Rúben Neves na equipa do Porto aos 57 minutos, mas Brahimi foi sempre o mais inconformado nos visitantes, aos 64 minutos falhou por pouco o baliza do Chelsea. Oscar tentou surpreender Casillas com um toque de calcanhar aos 72 minutos, mas o espanhol estava atento.

O suplente Cristian Tello também criou perigo, aos 78 minutos, mas Courtois manteve a baliza inviolada. No outro extremo Eden Hazard acertou no poste da baliza do Porto e o marcador ficou em 2-0 até ao final.

©AFP/Getty Images
©Getty Images
©Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images