Real Madrid segura primeiro lugar com Ronaldo inspirado

Shakhtar 3-4 Real Madrid
Com dois golos e duas assistências de Cristiano Ronaldo, os "merengues" selaram o primeiro lugar no Grupo A, apesar da reacção tardia dos anfitriões.

2511_UCL_SHKRMA_AMB
2511_UCL_SHKRMA_AMB
  • Real Madrid confirma primeiro lugar do Grupo A com vitória em Lviv
  • Madrilenos chegam ao 4-0, mas Shakhtar ameaça recuperação com três golos nos últimos 13 minutos
  • Cristiano Ronaldo bisa e eleva o seu registo para 84 golos na UEFA Champions League
  • Shakhtar ruma à UEFA Europa League desde que, na sexta jornada, faça o mesmo resultado que o Malmö
  • Jogos da última jornada do Grupo A: Paris - Shakhtar, Real Madrid - Malmö (8 de Dezembro)

O Real Madrid foi à Ucrânia vencer o Shakhtar Donnetsk por 4-3 e garantiu o primeiro lugar no Grupo A. Cristiano Ronaldo inaugurou o marcador na primeira parte, fez depois as assistências para os golos de Luka Modrić e Dani Carvajal e acabou por apontar o quarto golo da sua equipa. O Shakhtar reagiu no quarto-de-hora final e, com dois golos de Alex Teixeira e um de Dentinho, ainda ameaçou uma sensacional recuperação.

Apostado em limpar a imagem deixada no fim-de-semana ante o rival Barcelona, o Real Madrid entrou bem no jogo e Ronaldo deixou um primeiro aviso logo aos dois minutos, rematando de pé esquerdo ligeiramente por cima, após boa jogada do ataque madrileno, e inaugurou mesmo o marcador à passagem do minuto 18. Passe sensacional de Modrić para Gareth Bale que perante a saída de Andriy Pyatov tocou a bola sobre o guardião ucraniano, colocando-a à boca da baliza, onde Cristiano encostou de cabeça para o 1-0, fazendo o seu sexto golo na presente fase de grupos.

O Shakthar mostrava-se incapaz de reagir e, perto da meia-hora, Ronaldo quase bisou, após boa jogada de Bale na esquerda. No minuto seguinte o Real Madrid sofreu um contratempo, com Raphaël Varane, lesionado, a ter de dar lugar a Danilo. Aos poucos os homens da casa começaram a trocar melhor a bola e, já perto do intervalo, valeu Mateo Kovačić a interceptar um perigoso remate de Alex Teixeira.

Os anfitriões entraram no segundo tempo apostados em pressionar mais à frente, mas tal permitiu que o Real Madrid encontrasse mais espaços para os seus ataques rápidos e marcasse por duas vezes num curto espaço de tempo. Aos 50 minutos, Casemiro desmarcou Ronaldo com um passe longo e este assistiu Modrić para o 2-0. Três minutos mais tarde, já depois de Ronaldo ter visto Pyatov negar-lhe novo golo, Carvajal fez mesmo o 3-0, com um remate colocadíssimo de pé esquerdo, novamente após assistência de Ronaldo.

Olexandr Gladkiy ficou, de seguida, perto de reduzir para a turma da casa, mas foi o Real a chegar ao quarto golo, a 20 minutos do fim, assinado por Ronaldo, que à segunda, após assistência de Bale, bisou na partida. Já dentro do último quarto de hora surgiu, então, a reacção do Shakthar. Alex Teixeira não perdoou na transformação de uma grande penalidade cometida por Casemiro sobre Taíson, Dentinho reduziu para 4-2 na sequência de um canto e, perto do fim, Alex Teixeira bisou no encontro, nuns minutos finais de muito sofrimento para os visitantes. Foram os primeiros golos sofridos pelo Real nesta fase de grupos.

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images