O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Mais dois apurados, quarteto mantém-se na luta e Porto complica contas

Barcelona, Bayern e Zenit apuraram-se como vencedores de grupo, enquanto Arsenal, Chelsea, Gent e Dínamo Kiev conseguiram triunfos preciosos; o Porto adiou tudo para a ronda final.

Lionel Messi (à direita) esteve em destaque no primeiro jogo em que foi titular após lesão
Lionel Messi (à direita) esteve em destaque no primeiro jogo em que foi titular após lesão ©AFP/Getty Images

Clique nos links para ver vídeos com os melhores momentos (a partir das 23h00), crónicas dos jogos e reacções.

Grupos E, F, G, H após cinco jornadas...
Qualificados: Barcelona (vencedor do grupo), Bayern (vencedor do grupo), Zenit (vencedor do grupo)
Garantidos pelo menos na UEFA Europa League: Olympiacos, Arsenal, Porto, Chelsea, Dínamo Kiev, Valência, Gent
Eliminados das competições europeias: Dínamo Zagreb, Maccabi Telavive, Lyon

Grupo E
BATE 1-1 Leverkusen
Bernd Leno não conseguiu segurar um remate de Mikhail Gordeichuk aos dois minutos e o BATE ganhou uma vantagem que durou até meio da segunda parte, quando Admir Mehmedi marcou no quinto jogo europeu consecutivo e permitiu ao Leverkusen manter um ponto de vantagem sobre o BATE no terceiro lugar.

Barcelona 6-1 Roma
Os catalães já estavam qualificados devido ao resultado do jogo na Bielorrússia, mas fizeram questão de garantir o primeiro lugar, com Lionel Messi a apontar dois golos no primeiro jogo em que foi titular depois da lesão. Luis Suárez também bisou e passou a ser um dos melhores marcadores da prova com cinco golo, enquanto Gerard Piqué e Adriano também contribuíram para a goleada, este último na recarga a uma grande penalidades desperdiçada pelo compatriota Neymar. A Roma viu Edin Džeko falhar uma grande penalidade perto do final e depois apontar o golo de honra, mas sabe que um triunfo na recepção ao BATE, a 9 de Dezembro, garante o segundo lugar, independentemente do resultado do Leverkusen frente ao Barcelona.

Grupo F
Arsenal 3-0 Dínamo Zagreb
O Arsenal continua na luta depois de Mesut Özil abrir caminho para o triunfo e Alexis Sanchez bisar. Este resultado condenou o Dinamo Zagreb ao quarto lugar.

Bayern 4-0 Olympiacos
O Bayern confirmou a qualificação como vencedor do grupo graças aos golos marcados por Douglas Costa, Robert Lewandowski e Thomas Müller nos primeiros 20 minutos. Holger Badstuber foi expulso no início do segundo tempo, mas o sensacional Kingsley Coman ainda conseguiu fazer o 4-0. O Olympiacos será apurado a não ser que perca em casa com o Arsenal por outro resultado que não 1-0 ou 2-1.

©AFP/Getty Images

Grupo G
Porto 0-2 Dínamo Kiev
O Dínamo ficou a dois pontos do Porto, que partilha a liderança com o Chelsea, depois de garantir a vitória com uma grande penalidade de Andriy Yarmolenko e um golo de Derlis González. Este segundo golo garante o apuramento ao Dínamo se triunfar na recepção ao Maccabi na última jornada.

Maccabi Telavive 0-4 Chelsea
O Chelsea chegou aos dez pontos e igualou o Porto, que recebe na última ronda, depois de vencer com golos de Gary Cahill, Willian, Oscar e Kurt Zouma. O Maccabi viu Tel Ben-Haim, antigo jogador do Chelsea, ser expulso e está afastado das competições europeias.

Grupo H
Zenit 2-0 Valência
Os golos de Oleg Shatov e Artem Dzyuba, o quinto na edição deste ano, permitiram ao Zenit vencer o grupo e ser a única equipa que ganhou todos os jogos.

Lyon 1-2 Gent
O resultado do jogo disputado à tarde obrigava o Lyon a vencer para continuar a sonhar. Jordan Ferri marcou aos sete minutos para os franceses, mas Danijel Milicevic empatou numa excelente marcação de um livre e Kalifa Coulibay marcou na último pontapé de um jogo europeu no Stade de Gerland. O Gent ficou com um ponto de vantagem sobre o Valência e ficará apurado se vencer o Zenit a 9 de Dezembro ou se a equipa de Nuno Espírito Santo não conseguir bater o eliminado Lyon.