Chelsea aplica-se para golear Maccabi

Maccabi Telavive 0-4 Chelsea
A vencer por um golo e em vantagem numérica, o Chelsea revelou dificuldades antes de Willian, Oscar e Kurt Zouma construírem a goleada.

Highlights: Watch Chelsea goals in Israel
Highlights: Watch Chelsea goals in Israel
  • Gary Cahill adianta o Chelsea no marcador, após o seu primeiro cabeceamento ser defendido
  • Tal Ben Haim, actual defesa do Maccabi e ex-jogador do Chelsea, é expulso aos 41 minutos
  • Willian marca o seu sexto livre directo esta temporada; Oscar cabeceia para o terceiro golo
  • Suplente Kurt Zouma eleva para 4-0 nos descontos
  • Última jornada do Grupo G: Dínamo Kiev - Maccabi, Chelsea - FC Porto (9 de Dezembro)

O Chelsea FC assumiu a liderança do Grupo G, em iguadade com o FC Porto, ao golear por 4-0 em Haifa, casa emprestada do Maccabi Telavive, equipa que tem certo o último lugar. Assim, com o FC Dynamo Kyiv a dois pontos da dupla, tudo ficou em aberto para a última jornada.

A primeira ocasião de perigo até pertenceu aos israelitas, logo aos 2 minutos, com Dor Peretz a surgir sem marcação entre John Terry e Cesar Azpilicueta e a cabecear ligeiramente por cima. Três minutos depois, na sequência de um rápido contra-ataque, o lateral Eli Dasa surgiu solto no lado direito, mas rematou torto.

Mais eficazes foram os homens de José Mourinho, que se adiantaram no marcador à passagem dos 20 minutos, na sequência de um pontapé de canto cobrado por Willian. O central Gary Cahill ganhou nas alturas e cabeceou para uma espantosa defesa de Predrag Rajković, que desviou a bola para o poste. No entanto, Cahill voltou a ser o mais rápido na reacção e recargou com sucesso.

Diego Costa ainda tentou marcar de pontapé de bicicleta, mas a sua tentativa saiu por cima. O dianteiro hispano-brasileiro viria, minutos depois, a estar envolvido na expulsão de Tal Ben Haim, que o atingiu com uma entrada à margem das leis durante uma disputa de bola.

Com menos um elemento, o Maccabi deixou de discutir o encontro da mesma forma como o fazia, mesmo apesar de ter subido a sua linha defensiva na segunda parte e ter ficado perto do golo, quando, após um passe em profundidade de Gal Alberman, Dasa voltou a isolar-se e a rematar de ângulo apertado para espantosa defesa de Asmir Begović.

O Chelsea passou a penetrar na defesa do Maccabi com maior frequência, ao passo que o Maccabi continuava a responder com passes para as costas de Terry e Cahill. Num desses lances, Eran Zahavi rematou na passada para uma estirada de Begović, isto na resposta a um disparo de Eden Hazard que Rajković também parou com grande categoria.

A maior capacidade de concretização do Chelsea perante a defesa mais permeável da presente edição da prova tornou-se evidente nos últimos 20 minutos do encontro. Aos 73 minutos, Willian cobrou de forma exemplar um livre directo. Três minutos depois, Oscar correspondeu com um cabeceamento certeiro a um cruzamento de Baba Rahman do lado esquerdo e, já em período de descontos, Kurt Zouma saltou mais alto que toda a gente e bateu Rajković na resposta ao canto de Oscar.

©Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images