O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Porto sem problemas frente ao Maccabi

Maccabi Tel-Aviv 1-3 Porto
Golos de Cristian Tello, André André e Miguel Layún deram a vitória em Israel e colocaram os "dragões" perto dos oitavos-de-final.

0411_UCL_MD4_TELPOR_AMB
0411_UCL_MD4_TELPOR_AMB
  • Porto precisa de somar apenas um ponto nas duas últimas jornadas para selar a passagem aos oitavos-de-final
  • Maccabi continua sem qualquer ponto no Grupo F, mas marcou o seu primeiro golo, assinado por Eran Zahavi
  • Maccabi sofre a sétima derrota em 11 jogos
  • Porto estende para 13 jogos a sua série de invencibilidade na temporada 2015/16
  • Próximos jogos: Maccabi Tel-Aviv - Chelsea, Porto - Dynamo Kyiv (24 de Novembro)

O Porto foi a casa do Maccabi Tel-Aviv vencer por 3-1 e deu mais um passo importante rumo aos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

A jogar em casa e apostado em somar os primeiros pontos nesta fase de grupos, o Maccabi foi a primeira equipa a ameaçar, logo aos dois minutos, com Tal Ben Haim II a errar o alvo por pouco. Num primeiro quarto-de-hora cheio de acção, o Porto não tardou a responder. Vincent Aboubakar rematou a rasar a barra pouco depois e, instantes mais tarde, testou a atenção de Predrag Rajković, guarda-redes do Maccabi, que logo de seguida teve de se voltar a aplicar para negar o golo a Miguel Layún.

Na outra área, Ben Haim II esteve por duas vezes perto do golo, primeiro com Iker Casillas a defender para canto e, logo depois, num perigoso desvio de cabeça. Mas seria mesmo o Porto a marcar, estavam decorridos 19 minutos de jogo. Após grande passe de André André, Cristian Tello surgiu solto de marcação na esquerda e, à saída de Rajković, já de ângulo apertado, rematou para o fundo das redes. Os anfitriões acusaram o golo e quase sofreram o 2-0 minutos mais tarde, mas Aboubakar, com a baliza à sua mercê, não conseguiu aproveitar a assistência de Tello.

André André depois de fazer o 2-0
André André depois de fazer o 2-0©AFP/Getty Images

O 2-0, porém, acabou mesmo por surgir, no arranque do segundo tempo. Na sequência de um excelente lance de ataque na direita, Maxi Pereira cruzou para a área do Maccabi e André André surgiu a cabecear certeiro, antecipando-se à defesa contrária e assinando o seu segundo golo nesta fase de grupos.

A partir daí o Porto baixou a intensidade e o Maccabi aproveitou para tentar reagir. Eran Zahavi, por duas vezes, ficou perto de reduzir a desvantagem dos israelitas, mas o Porto mostrava-se perigoso sempre que saía para o contra-ataque, com Evandro a desperdiçar uma excelente oportunidade na recarga a um remate de Tello.

Num desses lances de contra-ataque, Layún trabalhou bem já na grande área adversária e, de pé direito, com um remate em arco, elevou para 3-0. Logo depois os anfitriões conseguiram, enfim, responder e marcar o seu primeiro golo no jogo e nesta fase de grupos. Maxi Pereira derrubou Zahavi já dentro da grande área "azul-e-branca" e, na conversão da consequente grande penalidade, o próprio Zahavi não perdoou. Aboubakar ainda enviou uma bola à trave nos últimos minutos, mas o resultado não sofreu mais alterações.

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images

.