Juve resiste frente ao Monchengladbach

Borussia Mönchengladbach 1-1 Juventus
Golo de Stephan Lichtsteiner e uma bela prestação defensiva valeram um empate à Juve.

0311_UCL_MD4_MONJUV_HL_AMB_2
0311_UCL_MD4_MONJUV_HL_AMB_2
  • Juventus termina com as aspirações do M'Gladbach em chegar aos oitavos-de-final após exibição de raça na segunda parte
  • Juve joga os últimos 37 minutos com dez elementos após expulsão de Hernanes
  • Stephan Lichtsteiner marca no regresso após cirurgia ao coração há um mês
  • Defesa norte-americano Fabian Johnson estreia-se a marcar na UEFA Champions League
  • Próximos jogos: Borussia Mönchengladbach - Sevilla, Juventus - Manchester City (25 de Novembro)

Stephan Lichtsteiner marcou no seu regresso aos relvados após uma cirurgia ao coração, permitindo a uma Juventus entretanto reduzida a dez elementos empatar no terreno do Borussia Mönchengladbach, resultado que terminou com as esperanças de apuramento dos germânicos para os oitavos-de-final.

Incentivado pelos seus ruidosos adeptos, o Mönchengladbach teve um bom arranque sem, no entanto, colocar em perigo as redes de Gianluigi Buffon. No entanto, os germânicos quase inauguraram o marcador de forma espectacular, quando Mahmoud Dahoud rematou fortíssimo de longa distância e a bola foi devolvida pela trave, com Buffon pregado ao solo.

Mas o veterano guardião iria ao fundo das suas redes recolher a bola apenas cinco minutos volvidos. Giorgio Chiellini não conseguiu interceptar um cruzamento rasteiro para a zona frontal, com a bola a ser recolhida por Raffael, que logo serviu Fabian Johnson para um certeiro remate cruzado. Com dificuldades para dominar as operações, a Juventus começou a discutir o encontro e empataram a contenda a cinco minutos do intervalo.

Paul Pogba fez um belo passe para as costas da defesa do Borussia, onde surgiu Lichtsteiner a rematar à meia-volta, sem deixar a bola bater no chão, fazendo-a entrar junto ao poste mais distante e obtendo, assim, o seu primeiro golo em 52 jogos para as competições de clubes da UEFA.

A equipa de Massimiliano Allegri iniciou a segunda parte tal como terminara a primeira, com Leonardo Bonucci e Álvaro Morata a ficarem ambos perto do golo com poderosos cabeceamentos. No entanto, as esperanças dos visitantes numa reviravolta no marcador conheceram um rude golpe quando Hernanes viu o cartão vermelho por uma entrada tardia às pernas de Álvaro Domínguez.

Parecendo imparável mesmo face aos contratempos, a Juventus continuou a carregar e quase chegou à vantagem quando um livre directo de Pogba foi desviado para as malhas laterais por Dahoud. A equipa de Allegri pareceu, todavia, cansada e Buffon foi obrigado a uma notável defesa para negar o golo a Lars Stindl à queima-roupa.

Com o tempo a escassear, o guarda-redes de 37 anos fez nova defesa brilhante, para sacudir um remate traiçoeiro de Thorgan Hazard para a trave e negar à equipa de André Schubert os três pontos que lhe permitiriam manter vivas as aspirações para os oitavos-de-final. Agora, os objectivos passam pela UEFA Europa League.

Paul Pogba: maturidade de veterano em corpo de jovem
Paul Pogba: maturidade de veterano em corpo de jovem©AFP/Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images

.