Como se portaram as equipas antes da quarta jornada

No resumo do fim-de-semana, Cristiano Ronaldo e Tiago marcaram, Alex Teixeira continua em grande, o Chelsea de José Mourinho voltou a perder, o Porto não jogou e o Benfica goleou.

Cristiano Ronaldo marcou um dos golos do triunfo do Real Madrid sobre o Las Palmas
Cristiano Ronaldo marcou um dos golos do triunfo do Real Madrid sobre o Las Palmas ©Getty Images

Grupo A
Rennes 0-1 Paris Saint-Germain
Ángel Di María fez a 15 minutos do fim o único golo da partida, marcando após assistência de Lucas para deixar o Paris com dez pontos de vantagem no topo da classificação antes dos jogos do fim-de-semana.

Real Madrid 3-1 Las Palmas
O invicto Real Madrid somou a terceira vitória consecutiva na Liga espanhola, batendo o Las Palmas. Todos os golos aconteceram na primeira parte, com Isco e Cristiano Ronaldo a colocar os locais a vencer por 2-0. Hernán reduziu a diferença mas, dois minutos antes do intervalo, Jesé selou o triunfo para os “merengues”.

Malmö 0-2 Norrköping
O deposto campeão sueco terminou a Allsvenskan 2015 em quinto lugar após perder com o Norrköping, que sucedeu ao Malmö como campeão. Os golos de Emir Kujovic e Arnor Ingvi Traustason permitiram aos visitantes bater na corrida ao título o IFK Göteborg.

Zorya Luhansk 1-7 Shakhtar Donetsk
Alex Teixeira aumentou o seu total de golos para 18 em 12 partidas, no sétimo triunfo consecutivo na Liga ucraniana, frente ao quarto classificado Zorya. Fred (39) abriu as hostilidades antes dos dois golos na segunda parte de Taras Stepanenko (47, 90), Alex Teixeira (58, 70) e do Eduardo (75, 86).  Giorgi Arabidze, de 17 anos, estreou-se na liga.

Julian Draxler festeja o seu primeiro golo pelo Wolfsburgo
Julian Draxler festeja o seu primeiro golo pelo Wolfsburgo©AFP/Getty Images

Grupo B 

Wolfsburgo 2-1 Bayer Leverkusen
Com Vieirinha a titular, o Wolfsburgo está no terceiro lugar após bater o também participante na UEFA Champions League, Leverkusen. Julien Draxler fez o tento da vitória a 13 minutos do fim. Nicklas Bendtner havia colocado os locais a vencer mas Javier Hernández empatou antes do  intervalo. Draxler marcou quarto minutos após sair do banco, deixando os “lobos” quatro pontos acima dos “werkself”.

Crystal Palace 0-0 Manchester United 
A equipa de Louis van Gaal somou o segundo empate seguido sem golos ao não conseguirem marcar ao Crystal Palace, no sul de Londres. O resultado deixa os “Red devils” no quarto lugar, a quatro pontos dos líderes Manchester City e Arsenal.

CSKA Moskva 2-0 Ufa
O imbatível CSKA continua o seu ritmo implacável no topo na classificação na Rússia, vencendo o modesto Ufa para manter a distância sobre o Lokomotiv Moskva. Um penalty de Sergei Ignashevich pôs a “equipa do exército” a vencer aos 21 minutos, antes de Zoran Tošić fixar o marcador, a 28 minutos do fim, dando à equipa de Leonid Slutski a 11º vitória em 14 jogos.

De Graafschap 3-6 PSV Eindhoven 
Poucos previram tantos problemas para o campeão holandês frente ao último classificado da Eredivisie, sobretudo depois dos visitantes estarem a ganhar por 3-0 nos primeiros 31 minutos, com Davy Pröpper a bisar. Contudo, aos 64 minutos o resultado estava em 3-3, mas o PSV acabou por recuperar a vantagem de três golos; o quinto golo em três jogos de Gastón Pereiro selou o triunfo.

Tiago celebra com Gabi
Tiago celebra com Gabi©AFP/Getty Images

Grupo C

Deportivo La Coruña 1-1 Atlético Madrid
Os visitantes dominaram na primeira parte e foram recompensados quando Tiago deixou a equipa a vencer, num remate do limite da área, mas Lucas fez aos 77 minutos o empate para os da casa.

Tondela 0-4 Benfica
O Benfica venceu tranquilamente, com os três golos na primeira parte a derrotarem o aflito Tondela. O oitavo golo de Jonas em outros tantos jogos deu o mote logo ao quarto minuto de jogo, com um autogolo e outro tento de Gonçalo Guedes a definirem a partida antes do descanso. Perto do fim, Mehdi Carcela-González fechou a contagem.

Galatasaray 4-0 Eskişehirspor
O Galatasaray soma agora oito jogos oficiais seguidos sem perder após a vitória confortável de quinta-feira. Selçuk İnan marcou ao nono minute antes de Burak Yılmaz bisar na fase final da primeira parte, o segundo de penalty. Bilal Kisa, marcou a cinco minutos do fim.

Astana 1-0 Irytsh Pavlodar 
Depois de uma semana em que derrotou o rival Kairat Almaty e depois do Atyrau para se tornar líder a duas jornadas do fim, o Astana bateu o Irtysh graças a um golo de Tanat Nuserbayev, aos 57 minutos. Chegam ao derradeiro jogo com um ponto a mais que o Kairat, sendo campeão caso vença o Aktobe.

Grupo D
Juventus
 2-1 Torino
Os “bianconeri” levaram a melhor no derby de Turim graças ao golo da vitória de Juan Cuadrado, aos 93 minutos. Parecia que os pontos seriam para dividir quando o golo inaugural de Paul Pogba foi anulado pelo tento de Cesare Bovo, mas o extremo colombiano deu sequência a um centro rasteiro para marcar no segundo poste, dando o triunfo à sua equipa sobre os “granata”.

Manchester City 2-1 Norwich City
Foi de forma emocionante que o líder da Premier League conseguiu perto do fim os três pontos, vencendo fruto de um penalty cobrado por Yaya Touré, aos 89 minutos. A vencer graças a uma cabeçada de Nicolás Otamendi, o City viu-se empatado quando um erro de Joe Hart permitiu a Cameron Jerome fazer o empate a sete minutos do fim. Todavia, uma mão na bola permitiu a Touré marcar de penalty a um minuto do fim, após o que, nos descontos, Aleksandar Kolarov falhou outra grande penalidade.

Villarreal 2-1 Sevilha 
A série de quatro jogos sem perder na Liga espanhola do Sevilha cessou na visita ao Villarreal. Fernando Llorente marcou aos 76 minutos para os visitantes mas foi mera consolação após Mario Gaspar e Cédric Bakambu marcarem para o “submarino amarelo”.

Hertha Berlin 1-4 Borussia Mönchengladbach
O Mönchengladbach, na sua notável recuperação na Bundesliga, ascendeu ao quarto lugar após somar a sexta vitória consecutiva. Oscar Wendt, o recuperado Raffael e um penalty marcado por Granit Xhaka colocaram o resultado em 3-0 antes de Alexander Baumjohann reduzir, surgindo depois Håvard Nordtveit a fixar o marcador.

Luis Suárez silencia os adeptos do Getafe
Luis Suárez silencia os adeptos do Getafe©Getty Images

Grupo E 

Getafe 0-2 Barcelona 
Luis Suárez (oito golos em sete jogos) e Neymar (seis em cinco) marcaram em cada uma das partes para que o Barcelona mantivesse a distância para o Real Madrid na liderança da Liga. A dupla marcou os últimos 14 golos para o campeonato. Andrés Iniesta regressou após um mês de ausência devido a um problema muscular.

Wolfsburgo 2-1 Bayer Leverkusen
O Wolfsburgo atingiu o topo da classificação após bater o Leverekusen, que também compete na UEFA Champions League – e que está no sétimo lugar – com Julien Draxler a fazer o golo após sair do banco. Nicklas Bendtner havia colocado os locais a vencer mas Javier Hernández empatou antes do intervalo, após o que internacional alemão marcou a 13 minutos do fim.

Dinamo Brest 0-1 BATE Borisov
Já campeão bielorrusso, o BATE não facilitou na viagem até Brest, de onde saiu com uma vitória graças a golo da vitória, aos 71 minutos, de Mikhail Gordeichuk. O desfecho garantiu ao campeão ter completado a liga sem derrotas a jogar fora.

Internazionale Milano 1-0 Roma 
Um golo sensacional de Gary Medel, depois da meia-hora, ajudou o Inter a ultrapassar a Roma no topo da Serie A. As oportunidades continuaram a surgir para ambas as equipas mas as esperanças de uma reviravolta dos “giallorossi” cessaram quando Miralem Pjanić foi expulso a 17 minutos do fim. É a primeira vez que a Roma não marca em 25 partidas de todas as competições.

Grupo F
Eintracht Frankfurt 0-0 Bayern München
A série de 10 vitórias consecutivas do Bayern no início desta época chegou ao fim ao empatar frente a uma estóica equipa da casa, com Robert Lewandowski a ver um golo anulado perto do fim devido a fora de jogo.

Veria 0-3 Olympiacos 
Com Hernâni como suplente utilizado, a equipa de Marco Silva manteve o registo 100 por cento vitorioso na liga grega, somando o nono triunfo consecutivo ao vencer por 2-0 em Veria. Ideye Brown e Jimmy Durmaz marcaram na segunda parte assegurando uma vantagem de oito pontos sobre o Panathinaikos, que empatou 0-0 com o AEK.

Swansea City 0-3 Arsenal 
O Arsenal manteve a igualdade de pontos com o líder Manchester City, após a quinta vitória consecutiva na liga ter sido conseguida em estilo frente ao Swansea, onde Éder foi suplente utilizado. Olivier Giroud colocou os visitantes a vencer aos 49 minutos – o golo 2.000 dos “gunners” sob o comando de Arsène Wenger – antes de Laurent Koscielny e Joel Campbell garantirem mais três pontos.

Split 1-0 Dinamo Zagreb
Tendo somado 13 triunfos consecutivos no arranque da liga, o Dinamo Zagreb somou a segunda derrota consecutiva fruto de um golo na primeira parte de Petar Franjić.

Grupo G
União da Madeira - Porto 
O Porto deveria ter enfrentado no sábado o União no sábado, mas o jogo acabou adiado por causa das condições climatéricas que impediram o avião de aterrar na ilha da Madeira.

Dynamo Kyiv 2-0 Metalist Kharkiv
O Dínamo manteve a distância para o Shakhtar após um triunfo complicado sobre um Metalist em dificuldades. Com Antunes a titular e Miguel Veloso no banco, Serhiy Sydorchuk pôs os locais a vencer aos 34 minutos após o que triunfo ficou selado aos 74 minutos, numa finalização de Júnior Moraes, fazendo a equipa regressar às vitórias após a derrota por 3-0 com os “pitmen” na última partida da liga.

Chelsea 1-3 Liverpool 
A equipa de José Mourinho somou a terceira derrota em quarto jogos para a liga ao ser batida em casa pelo Liverpool, apesar de Ramires ter aberto o marcador no quarto minuto. Coutinho empatou antes do intervalo e após o descanso colocou os ”reds” a vencer, com o suplente Christian Benteke a marcar também num remate rasteiro, deixado os “blues” com 11 pontos em outros tantos jogos.

Hapoel Tel-Aviv 0-1 Maccabi Tel-Aviv 
O segundo golo de Carlos Garcia em quatro jogos valeu ao Maccabi vencer o derby (o defesa espanhol havia marcado um golo apenas nos anteriores 54 jogos) com a equipa de Slaviša Jokanović a retomar o rumo das vitórias.

Grupo H
Zenit 0-0 Mordovia
Os campeões russos voltaram a perder terreno para o CSKA ao não conseguir marcar ao penúltimo classificado, Mordovia, em casa, deixando a equipa de André Villas-Boas – que fez alinhar Danny e deixou Luís Neto no banco – no terceiro posto, a dez pontos do líder.

Valência 3-0 Levante 
Os locais mantiveram a sua série de derrota seguida de vitória na Liga, que atingiu o sexto jogou de durabilidade, ao derrotarem o Levante graças a três golos na segunda parte. Com João Cancelo, Ruben Vezo e André Gomes de início, a equipa de Nuno Espírito Santo ficou a vencer aos 64 minutos num penalty marcado por Paco Alcácer, antes de Sofiane Feghouli e Zakaria Bakkali marcarem os primeiros golos na prova e fazerem o clube “che” ascender ao sextos posto.

Leuven 0-2 Gent 
O Gent manteve a invencibilidade na Liga belga, com os “búfalos” a somar a quarta vitória consecutiva fora com um triunfo em Leuven. Kalifa Coulibaly marcou logo ao terceiro minute para por a equipa de Hein Vanhaezebrouck a vencer enquanto um remate de Brecht Dejaegere, no segundo minuto da segunda parte, fez o gente ultrapassar o Oostende no topo da classificação, antes do perseguidor jogar no domingo.

Troyes 0-1 Lyon 
Claudio Beauvue marcou de penalty aos 78 minutos para dar a vitória ao Lyon – onde Anthony Lopes foi titular - sobre uma equipa do Troyes reduzida a dez homens durante 50 minutos. O resultado termina uma série de cinco jogos fora sem vencer dos visitantes que mantiveram os dez pontos de distância do Paris.