O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Valência consciente do valor do Gent

Nuno Espírito Santo salienta que o duplo embate do Valência com o Gent será decisivo para as contas do Grupo H e garante que a sua equipa não irá subestimar os belgas.

O treinador do Valência, Nuno Espírito Santo, fala com os seus jogadores durante o treino desta segunda-feira
O treinador do Valência, Nuno Espírito Santo, fala com os seus jogadores durante o treino desta segunda-feira ©AFP/Getty Images
  • Valência recebe Gent depois de ter vencido em Lyon na segunda jornada
  • Nuno Espírito Santo, treinador do Valência: "Estes dois jogos vão ser decisivos"
  • Gent perdeu apenas uma vez – na segunda jornada desta fase de grupos – nos 15 jogos que disputou esta época no conjunto de todas as competições
  • Treinador do Gent, Hein Vanhaezebrouck, reconhece que a sua equipa não deverá conseguir jogar no seu estilo habitual, baseado na posse de bola
  • Valência opta por fazer descansar Álvaro Negredo, Rodrigo De Paul e Rúben Vezo

Equipas prováveis
Valência: Doménech; Cancelo, Santos, Mustafi, Gayà; Fuego, Parejo, Gomes, Feghouli; Piatti, Alcácer.
De fora: Abdennour (tendão da coxa), Ryan (joelho), Diego Alves (joelho), Álvaro Negredo (poupado), Rodrigo De Paul (poupado), Rúben Vezo (poupado)

Gent: Sels; Asare, Johansson, Mitrović, Nielsen; Neto, Kums; Simon, Milicevic, Matton; Depoitre.
De fora: Gershon (joelho), Arias (castigado)

Nuno Espírito Santo, treinador do Valência
Respeitamos sempre os nossos adversários e nunca os subestimamos. O Gent tem bons jogadores e uma equipa muito compacta. Apresenta-se sempre muito bem organizado na defesa e sei que nos vão pressionar bastante. A nossa vitória em Lyon [na segunda jornada] foi muito importante, mas estes dois próximos jogos serão ainda mais decisivos para o futuro do grupo. Temos o destino nas nossas mãos.

Hein Vanhaezebrouck, treinador do Gent
O Valência pratica um futebol baseado na técnica dos seus jogadores, que gostam, todos eles, de ter a bola. Sabemos que será muito complicado, mas nada é impossível. Jogar perante 55 mil espectadores vai ser especial. Na Bélgica estamos habituados a ser a equipa que tem mais tempo de posse de bola, mas aqui será o Valência quem terá mais. Porém, o importante é ganhar, não é ter mais posse de bola.

Recorde os melhores momentos da derrota do Valência na final de 2001
Recorde os melhores momentos da derrota do Valência na final de 2001

Resultados do fim-de-semana
Valência 3-0 Málaga (Charles og 19, André Gomes 33, Parejo 88pen)
O Valência subiu à primeira metade da tabela da Liga espanhola com uma exibição segura na recepção ao Málaga. Os pupilos de Nuno Espírito Santo ganharam vantagem através de um autogolo de Charles, que desviou para o fundo da própria baliza um livre batido por Pablo Piatti; depois, aos 33 minutos, o português André Gomes ampliou a vantagem na sequência de uma excelente jogada individual. Tudo se complicou ainda mais para os visitantes quando Jaume Doménech defendeu um penalty cobrado por outro português, Duda. Perto do fim, aos 88 minutos, foi a vez do Valência beneficiar de uma grande penalidade, a castigar falta sobre o jovem de 19 anos Danilo Barbosa, vindo do banco pouco antes, a qual Daniel Parejo converteu.

Mouscron-Péruwelz 1-2 Gent (Dussenne 7; Depoitre 69, Kums 78pen)
O Gent recuperou, sexta-feira, de um golo de desvantagem para somar a sua segunda vitória da temporada fora de portas e manter, ao mesmo tempo, a invencibilidade na presente edição da Liga belga. Noë Dussenne colocou a equipa da casa na frente ainda bem cedo no encontro, mas Laurent Depoitre restabeleceu a igualdade a meio do segundo tempo, antes de Sven Kums marcar, de penalty, aos 78 minutos, o golo da vitória dos visitantes.

Guia de forma (todas as competições, resultados mais recentes primeiro)
Valência: VDVVDE
Gent: VVDVVV

Sabia que?
Os dois clubes já mediram forças nas provas europeias no passado, na Taça Intertoto de 2005, com o Valência a vencer por 2-0 a partida da segunda mão, no Mestalla, graças a golos de David Villa e Patrick Kluivert, depois de um nulo na Bélgica; fique a conhecer este e outros factos na nossa extensa retrospectiva do encontro (em inglês).

Guia da cidade de Valência
Guia da cidade de Valência