Benfica e Porto apurados, Ronaldo e Bayern fazem história

Benfica e Porto seguiram em frente na Taça de Portugal, ao passo que Cristiano Ronaldo e o Bayern fizeram história. Manchester City e Paris continuam imparáveis.

Thomas Müller comemora o golo da vitória do Bayern frente ao Bremen
Thomas Müller comemora o golo da vitória do Bayern frente ao Bremen ©Getty Images

Grupo A
Bastia 0-2 Paris Saint-Germain (SAT 4pm)
Foram precisos 72 minutos para o Paris quebrar a resistência adversária, devendo o triunfo, e a liderança invicta da Ligue 1, ao bis de Zlatan Ibrahimović.

Real Madrid 3-0 Levante
O Real Madrid subiu ao topo da Liga, numa tarde em que Cristiano Ronaldo marcou o seu 324º golo pelo clube, ultrapassando Raúl González. O avançado português assistiu Marcelo para o primeiro da partida, fez o 2-0 e mais tarde combinou com Lucas Vázquez, que assistiu Jesé para o último golo.

Malmö 3-0 Kalmar
Markus Rosenberg bisou nos últimos 22 minutos e ajudou o campeão cessante a vencer. Pelo meio, Jo Inge Berget também marcou.

Dynamo Kyiv 0-3 Shakhtar Donetsk
A série de 38 jogos sem perder do Dínamo na Premier League chegou ao fim, frente ao rival na luta pelo título. Marlos e Alex Teixeira (2) selaram um triunfo categórico que colocou o Shakhtar em igualdade com o Dínamo na liderança.

©Getty Images

Grupo B
CSKA Mosvka 3-2 Ural 
O líder regressou à acção interna com um triunfo sobre o Ural. Kirill Panchenko, no lugar do habitual titular Alan Dzagoev, marcou logo aos dois minutos, e apesar de os visitantes terem empatado, golos de Seydou Doumbia e Pontus Wernbloom deram os três pontos, antes de novo golo do Ural.

Everton 0-3 Manchester United
O Manchester United venceu tranquilamente e ficou a dois pontos do líder Manchester City. O remate oportunista de Morgan Schneiderlin e o cabeceamento de Ander Herrera colocaram o resultado em 2-0 ao intervalo. Na etapa complementar, Wayne Rooney selou o resultado final.

©Getty Images

Wolfsburg 4-2 Hoffenheim
O Wolfsburgo está nos quatro primeiros lugares, em parte graças ao primeiro "hat-trick" de Max Kruse na Bundesliga. Kruse e Bas Dost deram um excelente início os anfitriões, só que Jeremy Toljan e Jonathan Schmid fizeram o empate, antes de Kruse decidir o desafio.

PSV Eindhoven 1-1 Excelsior
Nigel Hasselbaink empatou em tempo de compensação e impediu o seu antigo clube de subir ao segundo lugar. O golo de Davy Pröpper aos 62 minutos parecia manter os anfitriões a dois pontos do líder Ajax, num dia em que Luuk de Jong regressou de lesão.

Grupo C
Vianense 1-2 Benfica (Taça de Portugal)
Jardel marcou em tempo de compensação para dar o apuramento a um Benfica de segunda linha frente ao adversário do terceiro escalão. Antes, o Benfica tinha chegado ao intervalo em vantagem, graças a Mehdi Carcela-González, mas o remate fabuloso de Mohamed Coulibaly, junto ao ângulo, fez o empate a 12 minutos do fim. Ainda assim, as "águias" prevaleceram.

Galatasaray 4-1 Gençlerbirliği
O Galatasaray suplantou uma desvantagem de 1-0 ao intervalo para vencer e terminar o dia na liderança do campeonato turco, entretanto perdida para o Beşiktaş. Bilal Kisa, Aurélien Chedjou e Yasin Öztekin operaram a reviravolta, antes de Burak Yılmaz, de regresso após lesão, fazer o 4-1 final

Real Sociedad 0-2 Atlético Madrid
O Atlético registou a sua primeira vitória nos últimos três jogos da Liga espanhola, com Antoine Griezmann a inaugurar bem cedo o marcador, com o seu quarto golo nesta edição da prova. Yannick Carrasco fez o 2-0 em tempo de compensação, já depois de dois adversários terem sido expulsos, com a equipa de Diego Simeone a ficar a dois pontos da liderança.

Astana 2-1 Ordabasy 
O Astana ficou a cinco pontos do líder Kairat Almaty, com um autogolo de Serhiy Malyi e um tento de Roger Cañas a darem a vitória, num dia em que o Kairat empatou. As duas equipas defrontam-se no próximo domingo, num jogo decisivo para a conquista do campeonato.

Grupo D
Internazionale Milano 0-0 Juventus 
Nenhuma das equipas foi capaz de marcar no "Derby d'Italia", com a Juventus a prosseguir o mau início de época. Sami Khedira esteve perto de marcar, com um remate ao poste, mas o resultado deixa a Juve no 14º lugar, com apenas duas vitórias em oito jogos.

©Getty Images

Eintracht Frankfurt 1-5 Borussia Mönchengladbach
O Mönchengladbach somou a quarta vitória seguida desde que André Schubert assumiu o comando técnico da equipa. O golo inaugural de Raffael, aos 16 minutos, foi cancelado pelo penalty de Alexander Meier, mas os visitantes marcaram quatro golos sem resposta na segunda parte. Mahmoud Dahoud e Raffael facturaram, antes do suplente André Hahn bisar nos últimos oito minutos.

Manchester City 5-1 Bournemouth
O Manchester City goleou pela segunda jornada consecutiva e continua no topo da Premier League, em parte graças ao "hat-trick" de Raheem Sterling. O jovem inglês inaugurou o marcador e Wilfried Bony fez o 2-0. Apesar de Glenn Murray ter reduzido a diferença, mais dois golos de Sterling colocaram o marcador em 4-1 ao intervalo, cabendo a Bony encerrar as contas.

Eibar 1-1 Sevilla
O Sevilha perdeu terreno em relação aos lugares cimeiros, precisando de um golo de Kevin Gameiro, aos 71 minutos, para resgatar um ponto frente ao Eibar, que abriu a contagem bem cedo, por intermédio de Borja González.

Grupo E
Vitebsk 0-2 BATE Borisov
O BATE garantiu a conquista do seu décimo campeonato bielorrusso, graças a um triunfo tranquilo sobre o aflito Vitebsk. Aleksei Rios e Dmitri Mozolevski marcaram nos primeiros 31 minutos e permitiram aos visitantes manterem o registo invicto.

Barcelona 5-2 Rayo Vallecano
Neymar marcou quatro golos pelo Barcelona e garantiu que continua empatado com o Real Madrid no topo da Liga espanhola. Javi Guerro colocou o Rayo Vallecano na frente do marcador, mas ao intervalo já Neymar tinha dado vantagem ao Barcelona. Na segunda parte Luis Suárez e Neymar facturaram, antes de os visitantes reduzirem.

Hamburg 0-0 Bayer Leverkusen
O Leverkusen desceu para o oitavo lugar devido a uma exibição inspirada de René Adler, guarda-redes do Hamburgo, que frustrou um visitante largamente dominador.

©Getty Images

Roma 3-1 Empoli
O destaque do desafio vai para Daniele De Rossi, que marcou no seu 500º jogo pela Roma. Antes, o livre de Miralem Pjanić tinha colocado a Roma em vantagem, cabendo a Mohamed Salah apontar o 3-0, antes de Marcel Büchel fazer o tento de honra.

Grupo F
Watford 0-3 Arsenal
O Arsenal continua a dois pontos do topo da Premier League, apesar de ter precisado de 62 minutos para quebrar a resistência do Watford. Alexis Sánchez marcou o primeiro, Olivier Giroud entrou em campo e rapidamente fez o segundo e Aaron Ramsey encerrou a contagem.

©AFP/Getty Images

Werder Bremen 0-1 Bayern München 
O Bayern tornou-se na primeira equipa a vencer os nove primeiros jogos da Bundesliga, após a arrancada de Thiago Alcántara ter culminado com a assistência para Thomas Müller marcar, aos 23 minutos, restabelecendo a vantagem de sete pontos do líder.

Dinamo Zagreb 4-1 NK Zagreb
O remate certeiro de Gabrijel Boban no primeiro minuto surpreendeu o líder, mas Junior Fernandes bisou antes do intervalo, antes de Armin Hodžić e Ángelo Henríquez decidirem a partida para os anfitriões, na segunda parte.

Olympiacos 4-0 AEK Athens
Com a goleada no derby, o Olympiacos conta por vitórias os sete jogos realizados no campeonato. Alberto Botía marcou o único golo da primeira parte, mas Ideye Brown e Kostas Fortounis (bis) construíram um resultado dilatado.

Grupo G
Varzim 0-2 Porto (Taça de Portugal)
Golos de Cristian Tello e André André ajudaram o Porto a vencer o adversário do segundo escalão e a apurar-se para a fase seguinte da prova.

Maccabi Petach-Tikva 1-2 Maccabi Tel-Aviv
Os visitantes isolaram-se na liderança, com quatro pontos de vantagem, depois de vencerem o segundo classificado. O golo inaugural de Carlos García para o emblema de Telavive foi cancelado por Guy Malemed, mas o penalty de Eran Zahavi, a dez minutos do fim, decidiu a contenda.

Dynamo Kyiv 0-3 Shakhtar Donetsk 
O Shakhtar colocou um ponto final na série de 38 jogos sem perder do Dínamo na Premier League ucraniana, sendo que tinha ganho os quatro jogos caseiros anteriores sem sofrer golos. Marlos e Alex Teixeira deram o triunfo e a liderança partilhada à equipa de Mircea Lucescu

Chelsea 2-0 Aston Villa
O Chelsea deixou a parte de baixo da tabela ao bater o aflito Aston Villa. Diego Costa esteve em evidência, ao inaugurar o marcador e, depois, ao fazer o remate que Alan Hutton desviou para a própria baliza.

Grupo H
Kuban Krasnodar 2-2 Zenit
O Zenit está agora a dez pontos do CSKA, depois de uma partida em que começou praticamente a perder. Artem Dzyuba empatou antes do intervalo e Oleg Shatov fez o 2-1, só que Lorenzo Melgarejo deu um ponto aos anfitriões.

©AFP/Getty Images

 Monaco 1-1 Lyon
O Lyon foi frustrado no Stade Louis II, apesar de ter somado um ponto. Mario Pašalić colocou os anfitriões na frente, aos 39 minutos, mas depois disso o Lyon dominou e jogou durante 24 minutos contra dez jogadores. Apesar dos 15 remates à baliza, Rafael foi o único a acertar no alvo.

Valencia 3-0 Málaga 
O Valência subiu ao oitavo lugar graças a uma exibição imperial. Tudo começou com um autogolo de Charles e prosseguiu com um tento de André Gomes, aos 33 minutos, na sequência de uma bela jogada individual. À beira do intervalo, Jaume Domènech defendeu o penalty de Duda, e no segundo período Dani Parejo converteu um castigo máximo para selar o resultado final.

Mouscron-Péruwelz 1-2 Gent
O Gent recuperou de desvantagem para alcançar a sua segunda vitória fora, mantendo a invencibilidade no campeonato esta temporada. Noë Dussenne deu aos anfitriões uma vantagem madrugadora, mas Laurent Depoitre empatou a meio da segunda parte e o penalty de Sven Kums consumou a reviravolta.