O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Hulk e Shatov ajudam Zenit a derrotar Gent

Zenit 2-1 Gent
Hulk voltou a ser decisivo ao fabricar os golos de Artem Dzyuba e Oleg Shatov com que o Zenit consolidou a liderança do Grupo H.

Artem Dzyuba festeja depois de fazer o 1-0
Artem Dzyuba festeja depois de fazer o 1-0 ©AFP/Getty Images
  • Hulk faz duas assistências na segunda vitória em dois jogos do Zenit
  • Artem Dzyuba marca o seu primeiro golo na UEFA Champions League ao sétimo encontro
  • Oleg Shatov regressa de lesão para fazer o tento da vitória
  • Série de 12 jogos sem perder do Gent termina na Rússia
  • Médio Thomas Matton soma o quarto golo em três jogos pelo Gent

Hulk foi o principal responsável pela vitória sobre o Gent, fazendo as duas assistências para os golos do Zenit, com a formação de André Villas-Boas a somar o segundo triunfo consecutivo no Grupo H.

Hulk semeou o pânico na defesa contrária em São Petersburgo e começou a influenciar o resultado no minuto 35. O seu marcador, Rafinha, estava no chão quando o brasileiro colocou a bola na cabeça de Artem Dzyuba para o primeiro do Zenit. Thomas Matton empatou, mas, pouco depois, Hulk voltava a fazer a diferença, ao fazer um passe com conta, peso e medida para Oleg Shatov marcar o tento da vitória.

O guarda-redes Mikhail Kerzhakov, irmão mais novo do antigo avançado russo Aleksandr Kerzhakov, não poderia sonhar com uma estreia mais calma na UEFA Champions League. O Zenit impunha o seu jogo, obrigando os visitantes a jogar atrás. O Gent nunca conseguiu sacudir a pressão.

Foram as mãos de Matz Sels que impediram um belo livre de Ezequiel Garay de inaugurar o marcador, mas muito do volume ofensivo dos anfitriões nascia das arrancadas demolidoras de Hulk. Dzyuba não conseguiu finalizar com êxito a meio da primeira parte, mas seria da sua cabeça que surgiria o primeiro golo.

Hulk escapa-se a Kenneth Saief
Hulk escapa-se a Kenneth Saief©AFP/Getty Images

O Gent procurava reagir, mas as suas saídas para o ataque acabavam sempre cortadas por Axel Witsel. O médio belga não conseguiu, no entanto, parar uma iniciativa do Gent no começo da segunda parte, com Matton a finalizar com êxito após centro de Sven Kums.

Depois de forçar o Lyon a um empate na primeira jornada, apesar de ter terminado com nove jogadores, o Gent seria desta feita batido pela inspiração de Hulk. Aos 67 minutos de jogo, o No7 do Zenit lançou Shatov, que regressava de lesão, para este picar a bola por cima de Sels e dar os três pontos à equipa que contou com Danny e Luís Neto.