O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Benfica vence, Porto empata e Messi lesiona-se

O Benfica venceu e o Porto empatou, enquanto Robert Lewandowski e o Bayern somam e seguem. Já o Barcelona também venceu, mas perdeu Lionel Messi, lesionado.

Benfica vence, Porto empata e Messi lesiona-se
Benfica vence, Porto empata e Messi lesiona-se ©AFP/Getty Images

Grupo A
Olimpik 2-3 Shakhtar
O Shakhtar esteve duas vezes em desvantagem mas acabou por vencer. Num jogo em que as duas equipas terminaram com dez jogadores, grandes penalidades de Alex Teixeira e Darijo Srna fizeram o empate, antes de o brasileiro decidir o jogo aos 90 minutos.

Nantes 1-4 Paris
O Paris consolidou a liderança da Ligue 1 mas teve de dar a volta a uma desvantagem. Zlatan Ibrahimović empatou no início da segunda parte, ficando a um golo de Pauleta, melhor marcador da história do clube (109), enquanto Edinson Cavani, Ángel Di María e Serge Aurier selaram o resultado final.

Halmstad 0-0 Malmö 
O campeão Malmö, actual quarto classificado, continua a seis pontos do trio da frente, após o empate com o Halmstad, que luta pela manutenção.

Real Madrid 0-0 Málaga
O Real Madrid perdeu a liderança da Liga, ficando atrás de Villarreal e Barcelona, após ser frustrado pelos visitantes, que ficaram sem Nordin Amrabat, expulso a 13 minutos do fim. Por diversas vezes Cristiano Ronaldo esteve perto de marcar o 500ª golo da sua carreira, com o Real Madrid a dominar em vão. Jesé saiu de maca, lesionado.

Jesé é substituído no Real Madrid, devido a lesão
Jesé é substituído no Real Madrid, devido a lesão©AFP/Getty Images

Grupo B
Manchester United
3-0 Sunderland
O United aproveitou da melhor forma a derrota do Manchester City e destronou o vizinho da liderança da Premier League. Memphis Depay inaugurou o marcador nos descontos da primeira parte, cabendo a Wayne Rooney e Juan Mata fixarem o resultado final.

Wolfsburgo 1-1 Hannover
Depois de desperdiçar uma vantagem frente ao Bayern, o Wolfsburgo fez o mesmo diante do Hannover, último da tabela, de nada valendo o golo de Bas Dost, mantendo assi o quarto posto. Luiz Gustavo falhou a partida devido a uma lesão no joelho e está em dúvida para defrontar o United.

CSKA 1-1 Lokomotiv
O CSKA continua invicto na Premier League russa mas foi anulado pelo rival moscovita, num empate com golos de penalty, apontados por Seydou Doumbia (16 minutos) e Baye Oumar Niasse (21). No entanto, o líder CSKA mantém os cinco pontos de vantagem sobre o Lokomotiv.

PSV 2-1 NEC
Jürgen Locadia marcou a 14 minutos do fim e deu a vitória ao PSV, que continua a cinco pontos do líder Ajax, isto depois de o golo inaugural de Luuk de Jong ter sido cancelado por Christian Santos.

Grupo C
Irtysh 2-1 Astana
A esperança de o Astana renovar o título sofreu um rude golpe, já que a segunda derrota consecutiva deixou-o ainda a quatro pontos do Kairat Almaty. Ao intervalo, o Astana já perdia por 2-0, com o golo de Nemanja Maksimović a revelar-se insuficiente.

Galatasaray 2-1 Gaziantepspor
O Galatasaray recuperou de desvantagem para vencer, com o golo madrugador de Muhammet Demir a ser rapidamente cancelado por Lukas Podolski, antes de Umut Bulut se estrear a marcar esta época.

Villarreal 1-0 Atlético
Léo Baptistão, jogador emprestado pelo "Atleti", marcou o único golo do desafio, aos 14 minutos, que colocou o Villarreal na liderança, algo que o Atlético, que contou com Tiago no "onze", teria conseguido em caso de vitória, mas ao invés é quinto classificado, a quatro pontos de distância.

Benfica 3-0 Paços de Ferreira
Jonas fez o seu sétimo golo em seis jogos da Liga esta época, graças a um bis no triunfo confortável do Benfica. Pelo meio, o jovem Gonçalo Guedes, de 18 anos, estreou-se a marcar pela equipa principal dos "encarnados", que estão agora a dois pontos da dupla de líderes, composta por Porto e Sporting CP.

Jonas e Gonçalo Guedes marcaram os golos do Benfica
Jonas e Gonçalo Guedes marcaram os golos do Benfica©AFP/Getty Images

Grupo D
Estugarda 1-3 Mönchengladbach
O Mönchengladbach somou a segunda vitória seguida no espaço de três dias e deixou a zona de despromoção. Aos 20 minutos já ganhava por 2-0, com um golo de Granit Xhaka e um autogolo de Christian Gentner. Apesar de Daniel Ginczek ter reduzido, Raffael dissipou as dúvidas à beira do fim.

Tottenham 4-1 Manchester City
Kevin de Bruyne colocou o Manchester City a vencer aos 25 minutos, mas a partir daí tudo descambou para os visitantes, cuja derrota ditou a perda da liderança. Eric Dier empatou perto do intervalo e na etapa complementar Toby Alderweireld, Harry Kane e Erik Lamela infligiram ao City a segunda derrota seguida na Premier League. O City perdeu Yaya Touré por lesão.

O Nápoles levou a melhor sobre a Juventus
O Nápoles levou a melhor sobre a Juventus©AFP/Getty Images

 Nápoles 2-1 Juventus
A série de quatro jogos da Juve sem perder terminou frente ao Nápoles, 12º classificado. Lorenzo Insigne e Gonzalo Higuaín colocaram o marcador em 2-0, e apesar de Mario Lemina ter reduzido logo de seguida, o resultado não mais se alterou.

Sevilha 3-2 Rayo Vallecano
O Sevilha somou a primeira vitória na Liga e deixou o último lugar. A vencer por 2-0 ao intervalo, com golos de Kevin Gameiro e Steven N'Zonzi, permitiu o empate, mas o suplente Yevhen Konoplyanka decidiu o encontro, já depois da expulsão de Antonio Amaya.

Grupo E
Barcelona 2-1 Las Palmas
O Barcelona recuperou da derrota com o Celta Vigo, já que Luis Suárez bisou e deu um triunfo que permitiu ultrapassar o Real Madrid no segundo lugar, a um ponto do Villarreal. No entanto, Lionel Messi lesionou-se no joelho logo aos quatro minutos e, após uma ida ao hospital, o clube revelou que deve ficar ausente dos relvados entre sete a oito semanas.

Bremen 0-3 Leverkusen
O Leverkusen subiu ao quinto lugar depois de golos de Admir Mehmedi, Julian Brandt e Kevin Kampl terem garantido a segunda vitória fora esta época.

Minsk 1-2 BATE (disputado na sexta-feira)
O BATE deu um passo importante rumo ao décimo título bielorrusso consecutivo após operar uma reviravolta, com golos de Igor Stasevich e Nikolai Signevich no espaço de quatro minutos.

Roma 5-1 Carpi
Kostas Manolas, Miralem Pjanić, Gervinho, Mohamed Salah e Lucas Digne fizeram os golos, mas as lesões de Seydou Keita, Edin Džeko e Francesco Totti atormentam a Roma, com o trio a ser submetido a exames no domingo.

Grupo F
Mainz 0-3 Bayern 
Robert Lewandowski voltou a brilhar, com mais dois golos na sétima vitória seguida do Bayern nesta edição do campeonato, com Kingsley Coman a marcar o terceiro. Lewandowski tornou-se no primeiro estrangeiro a marcar mais rapidamente 100 golos na Bundesliga, enquanto as sete vitórias e diferença de 20 golos do Bayern no início de época são também um recorde da liga.

Dínamo Zagreb 4-1 Osijek (disputado na sexta-feira)
Armin Hodžić bisou na primeira parte, com a equipa da casa a aumentar para 45 o número de jogos sem perder, todas as competições incluídas. Ángelo Henríquez e Mario Musa também contribuíram para o 4-0 final.

Alexis Sánchez marcou um
Alexis Sánchez marcou um©Getty Images

 Leicester City 2-5 Arsenal
O Arsenal alcançou os quatro primeiros lugares com uma exibição fantástica, apesar de ter ficado em desvantagem logo aos 13 minutos. Theo Walcott rapidamente empatou e Alexis Sánchez apontou um "hat-trick", cabendo a Olivier Giroud concluir a goleada.

Olympiacos 5-1 Giannina
O Olympiacos, de Marco Silva, já tem cinco vitórias na Super Liga grega, mercê dos tentos de Pajtim Kasami, Kostas Fortounis, Alberto Botía, Themis Tzimopoulos (na própria baliza) e Jimmy Durmaz. Foi a 13ª vitória seguida do Olympiacos em casa no campeonato.

Grupo G
Maccabi Haifa 0-2 Maccabi Tel-Aviv
O Maccabi Tel-Aviv ficou a dois pontos do líder Maccabi Petach-Tikva após bater o último classificado, com golos de Eden Ben Basat e Dor Peretz nos últimos oito minutos.

Dínamo Kiev 2-0 Hoverla
Com Antunes e Miguel Veloso de início, o Dínamo mantém os três pontos de vantagem sobre o Shakhtar na frente do campeonato ucraniano, após Artem Kravets e Oleh Gusev marcarem, aumentando a invencibilidade no campeonato para 37 jogos.

Moreirense 2-2 Porto (disputado na sexta-feira)
O Porto teve de se contentar com um empate após desperdiçar uma vantagem em duas ocasiões. Maicon e Jesús Manuel Corona adiantaram os visitantes no marcador, mas o conjunto da casa respondeu na segunda parte, com André Fontes a fazer o último golo. No entanto, o Sporting CP empatou com o Boavista, o que significa que o Porto continua no topo, acompanhado pelos "leões".

Newcastle 2-2 Chelsea
O Chelsea marcou dois golos nos últimos 11 minutos e evitou uma derrota que o deixaria dois pontos acima dos lugares de despromoção. Ayoze Perez e Georginio Wijnaldum tinham dado alguma esperança ao Newcastle, ainda sem vitórias, mas Ramires reduziu e Willian empatou aos 86 minutos.

Grupo H
Bordéus 3-1 Lyon
O Lyon está agora a oito pontos do Paris, após a derrota no reduto do Bordéus, que chegou ao intervalo a vencer por 3-0. O melhor que os visitantes conseguiram foi reduzir, por intermédio de Claudio Beauvue.

Valência 1-0 Granada (disputado na sexta-feira)
Shkodran Mustafi marcou o único golo com que a equipa de Nuno Espírito Santo alcançou a sua primeira vitória caseira esta temporada, concluindo de cabeça o cruzamento de Zakaria Bakkali, aos 24 minutos. João Cancelo e Rúben Vezo foram titulares.

Spartak 2-2 Zenit
O Zenit de André Villas-Boas não aproveitou o empate entre os dois primeiros classificados e fez o mesmo frente ao Spartak, continuando a oito pontos do topo, sendo que esteve duas vezes em vantagem, valendo-lhe os golos de Hulk e Artem Dzyuba, este a três minutos do fim. Danny capitaneou a turma de São Petersburgo e fez a assistência para o segundo golo da sua equipa.

Waasland 1-3 Gent
O Gent parecia bem encaminhado para somar a primeira vitória fora, graças ao golo de Stefan Mitrović, e isso acabou por acontecer, com Thomas Matton e Laurent Depoitre a dilatarem a diferença.