O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Desempenho dos participantes no "play-off"

Houve frustração para Sporting, Dínamo, Valência e Mónaco, mas vitória concludente do APOEL: o UEFA.com resume os resultados das equipas do "play-off".

Desempenho dos participantes no "play-off"
Desempenho dos participantes no "play-off" ©AFP/Getty Images

JOGOS DE TERÇA-FEIRA
Mónaco (1-3) Valência:

Toulouse - MónacoO Mónaco de Leonardo Jardim, que apenas apresentou Bernardo Silva, empatou pela segunda jornada consecutiva na Ligue 1, antes do jogo com o Paris Saint-Germain, no próximo fim-de-semana. Thomas Lemar marcou a meio da segunda parte para cancelar o golo de Tongo Doumbia, logo aos 20 minutos.

Rayo Vallecano - Valência
O Valência de Nuno Espírito Santo, que apostou em João Cancelo e Rúben Vezo como titulares, abriu a sua campanha na Liga espanhola com um empate a zero na capital.

Malmö(2-3) Celtic:

Häcken 1-0 Malmö
A série de seis jogos sem perder do Malmö na Primeira Divisão sueca chegou ao fim, já que a derrota com o Häcken o deixou a quatro pontos do líder Gotemburgo, que joga no domingo. Martin Ericsson apontou o golo dos anfitriões, a 12 minutos do fim.

Dundee United 1-3 Celtic
A equipa de Ronny Deila continua sem perder no campeonato, após somar a quarta vitória em cinco jogos, com Leigh Griffiths a inaugurar o marcador, elevando a sua conta pessoal para 16 golos em 20 jogos.

Shakhtar Donetsk (1-0) Rapid Viena:

Arsenal Kyiv 0-3 Shakhtar
O Shakhtar apurou-se para os oitavos-de-final da Taça da Ucrânia com um triunfo convincente frente ao adversário do terceiro escalão, com Maksim Malyshev a marcar o primeiro golo da partida, aos 22 minutos, seguindo-se remates certeiros de Eduardo e Serhiy Gryn, que se estreou a marcar pelo Shakhtar.

Rapid Viena 3-0 GrödigO Rapid regressou às vitórias após perder os primeiros pontos nesta edição do campeonato devido ao empate com o Sturm Graz, no domingo. A equipa de Zoran Barisic conta com seis vitórias em seis jogos da Bundesliga austríaca, graças a golos de Mario Sonnleitner, Deni Alar e Philipp Schobesberger na segunda parte.

Maccabi Tel-Aviv (2-2) FC Basel:

Maccabi Telavive 3-2 Bnei SakhninApós bisar a meio da semana frente ao Basileia, Eren Zahavi voltou a ser o herói do Maccabi, ao bisar novamente, desta vez para ajudar o campeão israelita a iniciar a defesa do título com um triunfo mínimo no Estádio Bloomfield.

Lugano 1-3 Basileia
O Basileia marcou três golos pelo quinto jogo seguido no campeonato, passando a somar 18 pontos em 18 possíveis. A vantagem madrugadora dos anfitriões durou apenas dois minutos, antes da grande penalidade de Davide Callà, médio que selou o resultado final, depois de Mohamed Elneny ter operado a reviravolta.

Dinamo Zagreb (2-1) Skënderbeu:

Istra 1961 - Dinamo Zagreb
O conjunto de Zoran Mamić, que contou com Eduardo entre os postes, registou o quarto empate em sete jogos nesta edição da Primeira Liga croata, com Ante Ćorić a facturar a 11 minutos do intervalo. Damir Zlomislić tinha colocado o Istra na frente do marcador.

Skënderbeu: não jogou

JOGOS DE QUARTA-FEIRA
Club Brugge (1-3) Manchester United:

Zulte Waregem 2-0 Club Brugge
O início decepcionante do Brugge no campeonato prosseguiu, com a segunda derrota em três jogos fora (2-0), passando a somar apenas sete pontos em cinco jogos.

Manchester United 0-0 Newcastle
Os "red devils" completaram o terceiro jogo consecutivo sem sofrer golos, algo que acontece pela primeira vez desde 2005/06, mas não conseguiu quebrar a resistência do Newcastle em Old Trafford. À beira do fim, Chris Smalling rematou de cabeça ao poste.

Bayer Leverkusen (1-2) Lázio:

Hannover 0-1 Leverkusen
Hakan Çalhanoğlu converteu um dos seus tradicionais livres para derrotar o Hannover e manter o registo 100 por cento vencedor da equipa de Roger Schmidt na Bundesliga. Assim, a partir da noite deste sábado, o Leverkusen é a única equipa em igualdade com o Bayern München na liderança do campeonato.

Lázio - Bolonha
Lucas Biglia e  Ricardo Kishna – na sua estreia, após ter sido contratado ao Ajax este Verão – marcaram nos primeiros 23 minutos e lançaram a Lázio rumo à vitória no seu primeiro compromisso da época.

CSKA Moskva (1-2) Sporting CP:

CSKA Moskva 2-1 Rostov
O Rostov foi a mais recente vítima, com o CSKA a manter o início perfeito na Premier League russa, apesar de ter estado em desvantagem logo aos dez minutos. No entanto, Ahmed Musa empatou aos 66 minutos, antes de um autogolo tardio ter mantido o bom momento dos "militares".

Andre Carrillo (esquerda) marcou mas o Sporting foi incapaz de bater o Paços
Andre Carrillo (esquerda) marcou mas o Sporting foi incapaz de bater o Paços©AFP/Getty Images

Sporting CP - Paços de FerreiraO Sporting não conseguiu ganhar em casa para o campeonato pela primeira vez desde Fevereiro, com Pelé a valer aos visitantes um ponto, na conversão de um penalty – João Pereira foi expulso devido à falta cometida – a dez minutos do fim. André Carrillo tinha marcado para os anfitriões aos 41 minutos.

Partizan (0-1) BATE Borisov:

Borac Čačak - Partizan
Golos de Nikola Trujić, Gregor Balažic e Saša Lukić foram suficientes para o campeão sérvia alcançar os três pontos – a quarta vitória em seis jogos de campeonato esta temporada.

BATE 7-1 Neman
O BATE recuperou de recentes resultados decepcionantes com uma vitória concludente. Depois de uma derrota e um empate a zero nos dois jogos anteriores, um bis tardio de Vitali Rodionov conferiu outro brilho na goleada sobre o Neman.

APOEL (0-1) Astana:

Ermis - APOEL
O campeão cipriota, orientado por Domingos Paciência começou a sua campanha em grande estilo, com uma goleada na visita ao Ermis. Luís Leal bisou e Tomás De Vincenti, Semir Štilić e Constantinos Charalambides também facturaram, num triunfo que contou com a participação de Mário Sérgio e Nuno Morais, e serviu para enviar uma mensagem esclarecedora aos candidatos na luta pelo título.

Astana: não jogou