O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão do Paris - Barcelona

Paris e Barcelona protagonizaram um jogo emocionante em Setembro, com vários golos, um deles "digno de PlayStation" e Laurent Blanc sonha com exibição idêntica.

Laurent Blanc em conversa com a comunicação social na véspera da primeira mão
Laurent Blanc em conversa com a comunicação social na véspera da primeira mão ©AFP/Getty Images

• Laurent Blanc diz que o triunfo por 3-2 frente ao Barcelona, em Setembro, é a referência para o Paris
 Luis Enrique reconhece que o Barcelona "tem tido muitas dificuldades diante do Paris recentemente"
• Incluindo o último jogo da época passada, o Paris não perde em casa há 24 encontros
• Zlatan Ibrahimović é um de três castigados no Paris, que também tem jogadores lesionados
• Barcelona participa nos quartos-de-final pela oitava época consecutiva

Equipas prováveis
Paris: Sirigu; Van der Wiel, Marquinhos, Thiago Silva, Maxwell; Rabiot, Cabaye, Matuidi; Lavezzi, Cavani, Pastore.
De fora: Ibrahimović (castigado), Verratti (castigado), Aurier (castigado), (coxa), Thiago Motta (coxa)
Em dúvida: David Luiz (coxa)

Barcelona: Ter Stegen; Adriano/Bartra, Piqué, Mathieu/Busquets, Alba; Rakitić, Mascherano, Iniesta; Suárez, Messi, Neymar.
Ausentes: Alves (castigado), Vermaelen (coxa)

Laurent Blanc, treinador do Paris
O nosso primeiro jogo da época diante do Barcelona [na segunda jornada] é um ponto de referência para nós. Somos uma de poucas equipas que marcaram três golos ao Barça. Realizámos um grande jogo – as duas equipas, aliás. Vamos precisar de repetir esse feito pois vamos defrontar uma das melhores formações europeias. Precisamos de não sofrer golos; e sabemos a importância de marcar fora.

Claro que é mais fácil falar do que fazer – a maior parte dos adversários do Barça começam a partida com o objectivo de não sofrer golos ... mas eles marcam sempre! Durante o nosso encontro anterior marcámos um golo fantástico; depois eles fizeram um digno de PlayStation.

Clássicos entre Barcelona e Paris
Clássicos entre Barcelona e Paris

O Thiago Motta já voltou a correr mas precisará de um milagre para alinhar num jogo que vai ser muito exigente. O mesmo se aplica ao Lucas [virilha], que deverá ser opção a qualquer momento: apesar das ausências por castigo e lesão, não nos podemos dar ao luxo de correr riscos. Avizinham-se alguns jogos importantes, não só na Champions League.

Não creio que a filosofia do Barça tenha mudado muito: continua a ser uma equipa forte com uma forma de jogar baseada na posse da bola e obrigando o adversário a estar recuado no terreno. Apesar de nós também gostarmos de ter a bola em nosso poder, provavelmente teremos de estar um pouco mais recuados, manter a solidez e dar pouco espaço. Quando recuperarmos a bola, precisamos que Edinson [Cavani] e [Ezequiel] Lavezzi sejam rápidos no contra-ataque.

O que penso sobre Messi? O mesmo que qualquer outro apaixonado por futebol. Há já algum tempo que é um dos melhores jogadores do Mundo. Pode marcar 50 ou 60 golos por época ... quando marca 40, dizem que está em baixo de forma. Como o vamos parar? A nossa resposta precisa de ser colectiva. Teremos de jogar muito bem e manter a solidez. Depois teremos de ser rápidos e aproveitar ao máximo os lances de bola parada.

Luis Suárez sobre a vida no Barcelona
Luis Suárez sobre a vida no Barcelona

Luis Enrique, treinador do Barcelona
O Paris tem várias ausências de peso, há que ser sincero. Mas é preciso não esquecer que nos ganharam sem Zlatan [Ibrahimović], e nós ganhámos no jogo seguinte, já com ele disponível. Por isso nunca se sabe se as ausências vão ter influência ou não.

Basicamente somos as mesmas equipas que no início da temporada, apenas um pouco mais velhas... . Realizámos um bom jogo em Setembro, apesar de termos perdido – tivemos muitas oportunidades. Mas sem dúvida que vamos precisar de melhorar defensivamente.

Evoluímos acostumados a jogar aqui. Nos últimos anos tivemos a oportunidade de vir até Paris várias vezes. Eles têm uma boa equipa e voltaram a mostrar as suas qualidades ao eliminar o Chelsea.

Este embate vai ser aberto, pois as duas equipas são semelhantes. O Paris é capaz de construir jogo desde trás, jogar no contra-ataque – esta equipa possui várias facetas e muitas ameaças. Deveremos assistir a um jogo interessante. Penso que vão ser marcados muitos golos, mas como é óbvio espero marcar mais do que o Paris. Não vai ser uma tarefa fácil; tivemos muitas dificuldades frente a eles recentemente.

Resultados do fim-de-semana
SC Bastia 0-4 Paris (Ibrahimović 21pen 41, Cavani 80 90+2)
Sevilla FC 2-2 Barcelona (Banega 38, Gameiro 84; Messi 14, Neymar 31)

Guia de forma (todas as competições)
Paris: EDVVVV
Barcelona: VVVVVE

Estatística
• Paris e Barcelona defrontaram-se duas vezes nesta fase da competição – qual foi o desfecho dessas partidas? Confira a nossa retrospectiva alargada do jogo.