O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Retrospectiva do Porto - Bayern

O Porto pode não ser favorito neste embate dos quartos-de-final, mas a história mostra que já estragou os planos do Bayern no passado e num jogo crucial.

Julen Lopetegui quer inspirar o Porto a repetir o feito de 1987 ante o Bayern
Julen Lopetegui quer inspirar o Porto a repetir o feito de 1987 ante o Bayern ©AFP/Getty Images

O FC Porto espera recriar uma das mais memoráveis noites da sua história quando receber o FC Bayern München na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League.

• O Bayern nunca perdeu em Portugal e entra em campo como favorito, mas o Porto já surpreendeu antes o emblema alemão quando ganhou a final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987.

• O Porto atingiu pela primeira vez em seis anos os quartos-de-final da UEFA Champions League, graças a uma vitória total por 5-1 sobre o FC Basel 1893, mas os números do triunfo do Bayern nos oitavos-de-final sobre o FC Shakhtar Donetsk foram ainda mais amplos – 7-0 no total, com todos os golos marcados em Munique.

Encontros anteriores
• Este é o terceiro confronto entre os dois clubes nos quartos-de-final da Taça dos Campeões Europeus e o Bayern prevaleceu nas duas ocasiões anteriores.

• Em 1999/2000, as duas equipas empataram 1-1 na primeira mão, em Portugal, a 4 de Abril de 2000, e a segunda parecia encaminhar-se para o prolongamento quando Mário Jardel fez o 1-1 para o Porto, aos 90 minutos. Contudo, houve tempo ainda para Thomas Linke garantir o 3-2 no total da eliminatória favorável aos bávaros, comandados por Ottmar Hitzfeld.

• Nos quartos-de-final de 1990/91, o Porto empatou 1-1 na primeira mão, em Munique, mas o Bayern ganhou na segunda, no Porto, por 2-0, graças a tentos de Christian Ziege (18) e Manfred Bender (71).

• A única vitória do Porto sobre o Bayern aconteceu em Viena, no mais importante embate entre os dois emblemas – a final de 1987 da Taça dos Campeões Europeus. A perder devido a um golo de Ludwig Kögl (25), a equipa de Artur Jorge deu a volta ao marcador com tentos de Rabah Madjer (77) e Juary (80).

• As equipas dessa final a 27 de Maio de 1987 foram:
Porto: Młynarczyk, João Pinto, Celso, Eduardo Luís, Inácio (António Frasco 66), Quim (Juary 46), Jaime Magalhães, Sousa, André, Madjer, Futre.
Bayern: Pfaff, Winklhofer, Nachtweih, Eder, Pflüger, Flick (Lunde 82), Matthäus, Brehme, Hoeness, Rummenigge, Kögl.

Retrospectiva

Porto
• O Porto procura a primeira presença nas meias-finais desde 2003/04, quando ergueu o troféu sob o comando de José Mourinho.

• A última presença dos "dragões" nos quartos-de-final aconteceu em 2008/09, quando perdeu com o Manchester United FC. As duas únicas vitórias do Porto em seis presenças anteriores quartos-de-final aconteceram nas épocas em que se sagrou campeão europeu.

• Os comandados de Julen Lopetegui venceram quatro e empataram um dos cinco jogos em casa na competição desta época, "play-off" incluído.

• O registo do Porto em casa frente a adversários alemães é de 7V 3E 3D.

• O registo do bicampeão europeu em embates a duas mãos com adversários da Bundesliga é de 10J 2V 8D.

• Na época passada, o Porto registou o primeiro sucesso frente a um adversário alemão nos últimos 37 anos, ao eliminar o Eintracht Frankfurt nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, tendo-se apurado graças aos golos apontados fora.

Bayern
• Cinco vezes campeão europeu, o Bayern procura a quarta presença consecutiva nas meias-finais.

• O registo dos bávaros nos quartos-de-final é de 16V 9D.

• Os pupilos de Josep Guardiola ganharam seis dos últimos dez jogos fora na UEFA Champions League – incluindo o triunfo por 7-1 na visita à AS Roma, na fase de grupos da presente temporada.

• O registo do Bayern em Portugal é de 5V 6E 0D e a derrota na final de 1987 frente ao Porto é a única diante de adversários lusitanos em 22 jogos. Além disso, não perde há oito partidas com formações da Liga portuguesa em eliminatórias a duas mãos.

• A mais recente visita do Bayern a Portugal, em concreto a Lisboa, terminou com uma vitória por 5-0 no terreno do Sporting Clube de Portugal, nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2008/09. Franck Ribéry bisou, enquanto Bastian Schweinsteiger e Thomas Müller marcaram no triunfo do Bayern por 7-1 na segunda mão.

Ligações entre treinadores e jogadores
• Lopetegui e Guardiola foram colegas de equipa no FC Barcelona de 1994 a 1997 e também fizeram parte da selecção de Espanha presente no Campeonato do Mundo de 1994.

• Os dois treinadores encontraram-se cinco vezes como jogadores em partidas da Liga espanhola e venceram um jogo cada. Ao serviço do CD Logroñés (1991–94), Lopetegui enfrentou três vezes o Barcelona de Guardiola, todas em casa, tendo empatado em duas ocasiões e perdido um jogo. Com o Rayo Vallecano de Madrid (1997–2002), Lopetegui ganhou uma vez (fora) e empatou outra (casa) frente a Guardiola.

• Guardiola tem um registo 100 por cento vitorioso frente ao Porto como jogador e treinador. Ajudou o Barça a bater o Porto por 3-0 num único jogo das meias-finais de 1993/94 da UEFA Champions League e esteve nas vitórias em casa (4-2) e fora (2-0) na segunda fase de grupos de 1999/00. Como treinador dos "blaugrana" levou a equipa à vitória por 2-0 na SuperTaça Europeia da UEFA de 2011, num jogo em que Helton actuou pelos "dragões".

• Cristian Tello despontou no Barcelona sob o comando de Guardiola, em 2011/12, altura em que foi colega de equipa de Thiago Alcântara. Defrontou Xabi Alonso em quatro dos cinco clássicos jogados ante o Real Madrid CF.

• Tello e Thiago fizeram parte da selecção de Espanha que Lopetegui orientou no Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2013 e que bateu a Alemanha de Sebastian Rode na prova. No ano anterior, Lopetegui comandara a Espanha, na qual se incluíam Juan Bernat e Óliver Torres, rumo à conquista do Campeonato da Europa de Sub-19 da UEFA.

• Casemiro foi colega de equipa de Alonso no Real (2012–14).

• Jackson Martínez e Ricardo Quaresma marcaram a Pepe Reina quando o Porto venceu o SSC Napoli nos oitavos-de-final da UEFA Europa League da época passada.

• Nos oitavos-de-final de 2007/08, Manuel Neuer defendeu duas tentativas no desempate por grandes penalidades no Estádio do Dragão e ajudou o FC Schalke 04 a eliminar o Porto. Rafinha também fazia parte dessa equipa do Schalke e marcou a sua tentativa perante Helton. Quaresma é o outro sobrevivente dessa equipa do Porto.

• Arjen Robben marcou a Helton e ajudou o Chelsea FC a derrotar o Porto por 2-1 na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2006/07. Quaresma fez o golo dos portistas num desaire que os afastou, com um resultado total de 3-2.

• Bruno Martins Indi, tal como Robben, esteve na selecção da Holanda que goleou a Espanha de Alonso por 5-1 no Campeonato do Mundo de 2014.

• Robben sofreu nos descontos a grande penalidade com que a Holanda bateu o México, no qual actuaram Diego Reyes e Hector Herrera, nos oitavos-de-final do Mundial do ano passado.

• Yacine Brahimi fez parte da selecção da Argélia que perdeu por 2-1 na mesma fase da prova frente à Alemanha, que incluía Neuer, Jérôme Boateng, Philipp Lahm, Schweinsteiger, Götze e Thomas Müller. Müller marcou um "hat-trick" na goleada germânica de 4-0 sobre Portugal na fase de grupos.

Factos do jogo

Porto
• Alex Sandro, Danilo, Maicon e Óliver estão a um cartão amarelo da suspensão; Iván Marcano cumpre um jogo de castigo.

• O Porto perdeu por 2-1 no terreno do CS Marítimo nas meias-finais da Taça da Liga portuguesa, a 2 de Abril. Duas das quatro derrotas sofridas pelos "dragões" nesta temporada no conjunto de todas as provas foram infligidas pela equipa da Madeira.

• Tello sofreu uma lesão muscular na derradeira sessão de treino antes da vitória por 5-0 do Porto sobre o Estoril Praia, a 6 de Abril. O espanhol deverá ficar afastado dos relvados até ao final do presente mês.

• Quaresma marcou dois golos e fez duas assistências nesse encontro com o Estoril, para além de ter inaugurado o marcador, na marcação de uma grande penalidade, no triunfo do Porto no terreno do Rio Ave FC, por 3-1, no sábado. Danilo e Hernâni marcaram os restantes golos dos "dragões".

• Jackson não joga desde 6 de Março, altura em que se lesionou numa virilha frente ao SC Braga.

• O Porto anunciou a 31 de Março que Danilo vai rumar ao Real Madrid no Verão, numa transferência avaliada em 31,5 milhões de euros e contrato válido por seis anos.

Bayern
• Xabi Alonso está disponível depois de ter cumprido um jogo de castigo; Boateng está a um cartão amarelo da suspensão.

• O Bayern sofreu a segunda derrota da época na Bundesliga ao perder por 2-0 em casa do VfL Borussia Mönchengladbach, a 22 de Março.

• Robert Lewandowski marcou frente ao seu anterior clube na vitória por 1-0 do Bayern no terreno do Borussia Dortmund, a 4 de Abril.

• Esse triunfo foi o 50º do Bayern na Bundesliga em 61 jogos sob as ordens de Guardiola – o treinador que mais depressa chegou à meia centena de triunfos na história da prova.

• Lewandowski marcou mais dois golos no triunfo de sábado sobre o Eintracht Frankfurt, por 3-0; conta agora com nove nos últimos oito jogos disputados na Bundesliga.

• A 8 de Abril, o Bayern carimbou a passagem às meias-finais da Taça da Alemanha pela sexta temporada consecutiva ao bater o Bayer 04 Leverkusen por 5-3 no desempate por penalties, após nulo ao fim de 120 minutos. Actual detentora do troféu, a formação da Baviera recebe o Dortmund nas meias-finais, a 28 de Abril.

• David Alaba falhou um penalty e marcou um golo na vitória por 5-0 da Áustria sobre o Liechtenstein a 27 de Março, em jogo de apuramento para o UEFA EURO 2016. Quatro dias depois lesionou-se no joelho esquerdo, numa partida amigável com a Bósnia e Herzegovina, e deverá ficar afastado dos relvados durante sete semanas.

• Robben (ausente desde 22 de Março devido a lesão num músculo abdominal) e Ribéry (de fora desde 11 de Março devido a problemas num tornozelo) continuam sem jogar.

• Schweinsteiger (tornozelo) saiu a coxear em Dortmund, enquanto Medhi Benatia foi substituído diante do Leverkusen devido a um problema numa coxa. Tom Starke sofreu uma lesão num tornozelo a 5 de Abril.

• Lahm (de fora desde 18 de Novembro a contas com um problema num tornozelo) regressou à acção como suplente utilizado na vitória por 4-0 em casa do SV Werder Bremen, a 14 de Março, enquanto Thiago Alcántara (de fora desde 29 de Março de 2014 devido a uma lesão num joelho) regressou aos relvados frente ao Dortmund. Javi Martínez (de fora desde 13 de Agosto devido a problemas num joelho) já voltou a fazer treino ligeiro.