Reacção do Anderlecht trava Arsenal

Arsenal FC 3-3 RSC Anderlecht
Os ingleses tiveram três golos de vantagem, mas Anthony Vanden Borre bisou antes de Aleksandar Mitrović empatar no último minuto.

Reacção do Anderlecht trava Arsenal
Reacção do Anderlecht trava Arsenal ©AFP/Getty Images

Aleksandar Mitrović empata no último minuto num jogo em que o Arsenal esteve a vencer por 3-0
Golos de Mikel Arteta e Alexis Sánchez na primeira parte deixam o Arsenal em vantagem
Alex Oxlade-Chamberlain faz o terceiro, mas Anthony Vanden Borre responde com dois golos
Resultado significa que o Anderlecht ainda pode apanhar o Arsenal no segundo lugar do Grupo D
Próximos jogos: Arsenal - Dortmund, Anderlecht - Galatasaray (26 de Novembro)

O suplente Aleksandar Mitrović empatou com um cabeceamento no último minuto e manteve o sonho do RSC Anderlecht na UEFA Champions League, isto depois de o Arsenal FC ter estado a vencer por 3-0 e com o apuramento garantido no Grupo D para os oitavos-de-final.

O Arsenal controlou a posse de bola no primeiro tempo, mas não teve tarefa fácil. O Anderlecht, que há duas semanas esteve perto de vencer o Arsenal e só sofreu dois golos nos minutos finais, voltou a criar perigo em contra-ataque.

Um remate de Dennis Praet, aos oito minutos, foi desviado por Per Mertesacker, nove minutos depois foi Wojciech Szczęsny, de regresso após castigo, que teve de sair da baliza para defender o remate de Sacha Kljestan. O jogo estava aberto, com o perigo a rondar ambas as balizas. O Arsenal também ameaçava, Alexis Sánchez acertou no ferro com um forte remate aos 21 minutos e o primeiro golo dos anfitriões surgiu logo a seguir.

Sánchez mostrou que está num bom momento de forma, desmarcou Welbeck com um passe para a área e o internacional inglês foi derrubado por Mbemba. Mikel Arteta inaugurou o marcador na conversão da grande penalidade.

Quatro minutos mais tarde, o Arsenal tinha aumentado a vantagem, com Sánchez a bater Silvio Proto com um remate rasteiro de primeira, depois de ter visto a bola devolvida pela barreira na marcação de um livre. Foi o sexto golo do avançado chileno em cinco jogos e o 11º na época de estreia pelo clube inglês.

As dificuldades do Anderlecht aumentaram no início do segundo tempo, quando Mbemba saiu lesionado e o Arsenal aumentou a pressão. Alex Oxlade-Chamberlain fez o 3-0 aos 58 minutos, quando avançou pela esquerda e rematou cruzado, levando a bola a entrar junto ao poste mais distante. Sob chuva intensa, o Anderlecht conseguiu encontrar ânimo para responder.

Três minutos depois, os visitantes reduziram, quando Anthony Vanden Borre emendou um cruzamento rasteiro do suplente Andy Kawaya. O defesa bisou na conversão de uma grande penalidade, aos 73 minutos, que puniu um derrube de Nacho Monreal a Aleksandar Mitrović.

Frank Acheampong desperdiçou uma das várias oportunidades para empatar e, aos 90 minutos, Mitrović correspondeu com um cabeceamento em mergulho a um bom cruzamento de Andy Najar. O Anderlecht ainda pode ultrapassar o Arsenal, precisa vencer os dois jogos que faltam e que os londrinos sofram dois desaires.