Percurso de Frank de Boer na Champions League

O UEFA.com recorda o percurso de 20 anos na UEFA Champions League do treinador do Ajax, Frank de Boer, desde o brilho da estreia, o primeiro golo e o triunfo em 1995.

O percurso de Frank de Boer na Champions League
O percurso de Frank de Boer na Champions League

Estreia na UEFA Champions League
Ajax 2-0 AC Milan, 14/09/94
"Enquanto jovem jogador faz-nos sentir que é fundamentalmente disto que se trata, disputar este tipo de jogos. É a coisa mais bela. Houve alguns nervos saudáveis, mas nada de extraordinário. Como se estivesse a pensar: 'quero experimentar isto como jogador'."

Primeiro golo na UEFA Champions League
Ajax 3-0 HNK Hajduk Split, 15/03/95

"Foi um canto e tínhamos treinado bastante estes lances. Sempre fizemos uma espécie de bloqueio com os jogadores e assim tinha sempre mais espaço do que os outros. Foi um momento fantástico, não apenas porque foi a primeira vez que marcava na Champions League, mas também porque foi importante."

Primeira final da UEFA Champions League
Ajax 1-0 AC Milan, 24/05/95
"Como disse antes sobre jogar na Champions League, senti que era para isto que nos esforçávamos. Conquistar o título como jogador deu-me um intenso sentimento de felicidade... um que queria sentir desde criança. Erguer a taça das orelhas grandes foi uma sensação indescritível."

Última final da UEFA Champions League
Ajax 1-1 Juventus (Juve vence 4-2 nos penalties), 22/05/96
"Tínhamos muitas lesões e apresentámos uma equipa completamente diferente em relação ao ano anterior. Lesionei-me num tornozelo duas semanas antes e acabara de recuperar. No final, uma vez que tínhamos muita experiência, acabámos por chegar às grandes penalidades, mas eles no fundo queriam ganhar o troféu ainda mais do que nós."

Estreia como treinador UEFA Champions League
AC Milan 0-2 Ajax, 08/12/10
"Quase não pude estar nervoso, pois não consegui colocar a minha marca na equipa. A minha primeira sessão de treino foi mesmo em San Siro, um dia antes da partida. Apenas lhes disse a forma como vejo as coisas. Falámos sobre isso, sobre jogadores individualmente, mas é como equipa que fazemos a diferença."