Ramos realiza sonho da final com o Real

"É uma noite mágica para o Real Madrid", disse Sergio Ramos ao UEFA.com depois dos 4-0 ante o Bayern. "Agora vamos desfrutar da final", acrescentou Cristiano Ronaldo.

Sergio Ramos festeja um dos seus golos em Munique
Sergio Ramos festeja um dos seus golos em Munique ©Getty Images

Sergio Ramos disse ao UEFA.com que "é um sonho que se realiza", estar na final da UEFA Champions League pela primeira vez na sua carreira no Real Madrid CF, e que estava "nas nuvens" depois de ter ter marcado os dois primeiros golos da partida - que começaram a arrasar com as esperanças do FC Bayern München em dar a volta à eliminatória.

Cristiano Ronaldo, que também bisou, aumentando assim a sua conta pessoal para um número recorde de 16 golos numa única temporada de UEFA Champions League , revelou estar já focado na final e não em falar em feitos pessoais.

Sergio Ramos, defesa do Real Madrid
É um sonho que se realiza. Claro que ainda não ganhámos nada, mas custou-nos muito trabalho e sacrifício chegar até aqui. Já estou no Real Madrid há quase dez anos e nunca tive a felicidade de jogar uma final da Champions League pelo clube, pelo que isto é uma recompensa pelo trabalho árduo, esforço e dedicação que são precisos para derrotar os campeões da Europa num jogo fantástico.

Aconteceu tudo muito depressa. Sofrer um golo foi um rude golpe para eles, pois não estavam à espera. Treinámos as bolas paradas e sabíamos que os poderíamos atingir nesses lances, pelo que estamos muito satisfeitos por o termos conseguido.

Pessoalmente fiquei muito satisfeito por ter marcado dois golos numa meia-final que nos apura para a final da Champions League. Estou muitíssimo orgulhoso do trabalho da equipa nesta noite mágica para o Real Madrid.

Entramos em campo conscientes de que qualquer coisa pode acontecer - temos de ter presente o facto de podermos ser eliminados. Mas hoje, penso que a equipa impôs o seu estilo de jogo, o seu carácter e o seu desejo, mas respeitando sempre o adversário. Penso que estas foram as chaves do nosso triunfo aqui.

Não temos qualquer preferência no adversário para a final. Fizemos o nosso papel e agora temos que esperar para ver quem se segue.

Cristiano Ronaldo, avançado do Real Madrid
Muita gente pensou que nós vínhamos aqui e não seríamos capazes de marcar, mas no futebol tudo é possível e mostrámos hoje que somos uma equipa muito boa. Merecemos estar na final e todos, desde o treinador até todos os que trabalham connosco, merecem os parabéns pois jogámos muito bem.

Agora vamos desfrutar da final e tentar ganhar. Temos que mostrar que somos favoritos em campo. Numa final é sempre 50-50, independentemente de quem joga, pelo que vamos dar o nosso melhor e provar que somos a melhor equipa da Europa.

Como disse no começo da Champions League, temos que levar as coisas jogo a jogo, porque sabemos que quem vier na final será um adversário muito difícil. Não me interessa quem aí vem na final.

Claro que estou feliz com o recorde [de golos], mas não é algo pelo qual viva obcecado.